Governo de Minas: projeto apoiado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte oferece curso gratuito de paraquedismo

As aulas serão realizadas até o final do ano e a primeira turma será este mês

O projeto “Paraquedismo nas Gerais”, desenvolvido pelo Clube de Paraquedismo Paladinos do Espaço e amparado pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, sob a responsabilidade da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ), oferece vagas gratuitas para formação de paraquedistas. As inscrições para a próxima turma, com aulas nos dias 19 e 20 maio, já estão abertas e informações podem ser obtidas através do e-mail é clubedeparaquedismo@gmail.com.  Os interessados também podem solicitar, por e-mail, o calendário de cursos que serão realizados até o final ano.

O curso é voltado a todas as pessoas maiores de 18 anos, ou entre 15 e 17 anos, desde com autorização dos pais. Para participar é necessário a apresentação de um atestado médico informando aptidão à atividade física. As turmas contam com 20 pessoas e têm, em média, entre seis a dez vagas destinadas ao projeto, que já qualificou 25 alunos. A previsão é que até o final do ano, 100 pessoas sejam beneficiadas com o curso gratuito de paraquedismo.

Aulas

São dois dias de curso, sendo o primeiro dia de aula teórica, com cinco horas / aula e no segundo dia com aula prática. Com uma hora de treinamento no avião, que acontece no aeroporto de Conselheiro Lafaiete os alunos aprendem procedimentos em caso emergência, posições de saída, identificação na área, possíveis obstáculos e direção do vento para facilitar navegação. “Fazemos decolagens com dois paraquedistas em cada vôo e depois analisamos os procedimentos do salto”, explica o presidente do Clube Paladinos, Ricardo Coutinho.

Após participarem de aulas teórica e prática, os alunos podem solicitar a licença esportiva na federação responsável, com ônus para o aluno, que lhe dará o direito a saltar.

Política Desportiva

O projeto “Paraquedismo nas Gerais” tem por finalidade a criação de uma estrutura itinerante da prática do paraquedismo para atender aos atletas dispersos no Estado, a divulgação da modalidade como forma de prática esportiva de lazer, o apoio a criação e a reativação de clubes esportivos e  ampliação do número de praticantes. Além do curso, o Clube de Paraquedismo Paladinos do Espaço também desenvolve ações no interior, como a realizada no dia 19 de abril, em São João do Manhuaçu, quando aconteceram saltos de divulgação no Estádio JK. “Tudo isso foi possível com os recursos provenientes do incentivo fiscal voltado ao esporte”, disse Coutinho. Além disso, ele afirma que o benefício permitiu a compra de três paraquedas e a formação de mais dois profissionais, sendo um instrutor e um piloto de salto duplo. “Ainda há poucos profissionais na área e essa capacitação irá ampliar a divulgação do esporte e contribuir com o acesso de deficientes à pratica do paraquedismo”, completa o presidente.

O secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Braulio Braz, informa que mais de R$ 1 milhão em incentivos fiscais estão disponíveis para as entidades que desejam receber investimentos para projetos esportivos apoiados pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, como por exemplo, o do Clube de Paraquedismo Paladinos e da Federação Mineira de Xadrez. “É importante que as instituições esportivas se mobilizem e encaminhem projetos para receber o recurso. Estamos acompanhando as atividades desenvolvidas pelos beneficiários da Lei de Incentivo e percebemos a relevância dessas ações para a sociedade e para o fortalecimento do esporte”, conclui Coutinho.

O secretário Braulio Braz explica que os recursos são provenientes de incentivos fiscais concedidos para empresas inscritas na dívida ativa do ICMS e é voltado a instituições de direito civil sem fins lucrativos que estejam em pleno e regular funcionamento e que possuam titulação de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) ou tenham sido declaradas de utilidade pública por lei municipal, estadual ou federal.

Os projetos desportivos poderão ser enviados à Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ) durante todo o ano. Os interessados podem acessar o link Lei Estadual de Incentivo ao Esporte ou ligar para a Diretoria de Desenvolvimento de Programas e Projetos nos telefones: (31) 3915-4686 ou (31) 3915-4688,  para outras informações.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/projeto-apoiado-pela-lei-estadual-de-incentivo-ao-esporte-oferece-curso-gratuito-de-paraquedismo/

Anúncios

Governo de Minas: inscrições abertas para o Festival Paradesportivo Regional de Juiz de Fora

Evento busca incentivar jovens de 12 a 19 anos com deficiência a praticar esportes

A Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ) abriu, nesta quarta-feira (02), as inscrições para o Festival Paradesportivo Regional de Juiz de Fora, na Região da Zona da Mata. As inscrições são gratuitas, para atletas e profissionais, e terminam no dia 18 de maio.

O evento será realizado entre os dias 24 e 26 de maio. O festival tem por objetivo informar e capacitar os profissionais para as modalidades paraolímpicas, bem como e dar oportunidade para jovens vivenciarem a prática desportiva. Poderão participar da competição profissionais de áreas como as de educação física e fisioterapia e estudantes com deficiência física, intelectual, visual ou paralisia cerebral, com idade de 12 a 19 anos, obrigatoriamente matriculados nas escolas da rede pública, particular e/ou especial de ensino.

As modalidades oferecidas são as mesmas desenvolvidas nas Paralimpíadas Escolares: atletismo, bocha, goalball, futebol de cinco, futebol de sete, judô, natação, vôlei sentado e tênis de mesa e de quadra. Durante o festival, professores na área do paradesporto de Minas Gerais serão responsáveis pelas oficinas práticas das modalidades. Eles também irão coordenar a participação dos jovens para, posteriormente, selecionar, a partir dos resultados alcançados, os que participarão da Etapa Estadual dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG), em outubro de 2012.

O festival já foi promovido em Ipatinga e Timóteo, na Região do Vale do Aço. Outra etapa está prevista para junho, em Montes Claros, no Norte do Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/inscricoes-abertas-para-o-festival-paradesportivo-regional-de-juiz-de-fora/

Gestão Anastasia: apoio do Governo de Minas assegura bom desempenho da Seleção Mineira de Xadrez

Com recursos da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, equipe conta com treinamento on-line

SEEJ / Divulgação

Recursos da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte – benefício concedido pelo Governo de Minas – estão assegurando a participação da Seleção Mineira de Xadrez em competições nacionais e internacionais. Formada por 16 atletas, a equipe mineira conta com o apoio financeiro da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ), por meio da Lei de Incentivo, criada para alavancar as atividades desportivas e a formação de novos atletas em Minas Gerais.

Segundo a presidente da Federação Mineira de Xadrez, Luciene Sepúlveda, os enxadristas da Seleção Mineira dispõem, agora, de recursos para participação em diversas competições. Com o incentivo, eles pagam a inscrição dos atletas nos torneios, o transporte, a alimentação e hospedagem. Por meio do benefício, a federação recebeu, em agosto de 2011, recursos da ordem de R$ 120 mil, provenientes de incentivos fiscais concedidos para empresas inscritas na dívida ativa do ICMS, e, como contrapartida, investiu outros R$ 14 mil.

“Diante disso, alcançamos vitórias expressivas, como a de Frederico Gazel, que conquistou o torneio de Blitz do 11º Aberto Internacional da República Tcheca de Xadrez”, afirmou Luciene Sepúlveda. Ela explica que antes de receber os recursos, “pouquíssimos atletas podiam competir nacionalmente e internacionalmente”. “Com o apoio do Governo de Minas, por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, nossa realidade mudou. Hoje contamos com treinadores como os grandes mestres Darcy Lima e Everaldo Matssuura, e o mestre internacional Roberto Molina, além de outros professores competentes para treinar nossa equipe”, destaca.

Os atletas mineiros contam, ainda, com aulas on-line. Os treinamentos dos enxadristas e dos professores acontecem uma vez por semana. “Os enxadristas entram em um site e disputam partidas virtuais com pessoas do mundo todo. Depois disso, eles encaminham o relatório da partida ao seu treinador, que faz uma análise das jogadas e apresenta o que ele fez de certo e o que poderá ser melhorado”, explica Luciene. A próxima etapa de treinamentos serão as aulas presenciais, que acontecerão nos dias  26 e 27 de maio, em Belo Horizonte, e em São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas. Ao todo, serão 18 horas/aula.

Equipe

A Seleção Mineira de Xadrez é formada pelos atletas Frederico Gazel, Lucas Crespo de Oliveira, Arthur Gontijo Chiari, Fernanda Rodrigues dos Santos, Igor Silva Mota, Gabriela Marques, Amanda Cordeiro e Gênesis Martins Borges, todos de Belo Horizonte, e Gerson Peres Batista, Erlon Cesar Braghini, João Paulo Marques, de São Sebastião do Paraíso, Ezequias Pereira, de Machado, Mariana Teixeira, de Formiga, Marina de Aguiar e Lucas rocha, de Nova Resende, e Ana Clara Gonçalves, de Itaúna. Para integrar a equipe, esses enxadristas participaram de uma seletiva, realizada no ano passado, e foram os melhores em suas categorias.

Envio de projetos

O Diretor de Desenvolvimento de Programas e Projetos da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude, Antônio Eduardo Viana Miranda, informa que mais de R$ 1 milhão estão disponíveis a entidades que desejam receber investimentos para projetos esportivos aprovados nos termos da Lei de Incentivo.

Podem pleitear recursos instituições de direito civil sem fins lucrativos que estejam em pleno e regular funcionamento e que possuam titulação de Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) ou tenham sido declaradas de utilidade pública por lei municipal, estadual ou federal. Os projetos podem ter duração inferior ou superior a um ano.

Os projetos desportivos poderão ser enviados à Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ) durante todo o ano. Os interessados podem acessar o link Lei Estadual de Incentivo ao Esporte ou ligar para a Diretoria de Desenvolvimento de Programas e Projetos nos telefones (31) 3915-4686 e (31) 3915-4688 para outras informações.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/apoio-do-governo-de-minas-assegura-bom-desempenho-da-selecao-mineira-de-xadrez/

Gestão Anastasia: Minas Olímpica Jogos de Minas 2012 começa nesta sexta-feira

A mais tradicional competição do esporte especializado de Minas Gerais vai começar

Nesta sexta-feira (27) tem início a etapa microrregional A do Programa Minas Olímpica Jogos de Minas, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ). A competição é uma nova versão dos Jogos do Interior de Minas (JIMI), promovido durante 28 anos.

O objetivo da mudança é tornar o evento mais dinâmico, competitivo, e buscar o desenvolvimento do esporte de rendimento no Estado; fortalecer a prática esportiva, promovendo a cidadania e disseminando os benefícios do desporto entre a sociedade, e oportunizar o intercâmbio e o maior contato entre as equipes do interior e os clubes de Belo Horizonte, que neste ano participam da competição.

Além da presença de representantes da capital, outra novidade dos Jogos de Minas é que a competição será realizada em apenas duas etapas: microrregional e estadual.

Do dia 27 até 1º de maio, será realizada a etapa microrregional em cinco sedes: Itaúna (Centro), Ipatinga (Nordeste), Montes Claros (Norte), Passos (Sul) e Cataguases (Sudeste). As microrregionais B, em outras seis sedes, e a microrregional Triângulo A, em Uberaba, serão realizadas entre 5 e 10 de junho. Belo Horizonte terá uma etapa microrregional própria, ainda sem data definida, que apontará os classificados para a etapa estadual.

Microrregionais A

Nessa fase dos jogos acontecem as competições de basquetebol, futsal, handebol e voleibol, nos naipes masculino e feminino. Serão 52 municípios envolvidos nas disputas das microrregionais A, totalizando 265 partidas programadas. As finais acontecem na terça-feira. O campeão de cada modalidade estará classificado para a etapa estadual.

O Minas Olímpica Jogos de Minas é uma ação do Governo do Estado de Minas Gerais, em parceria com as Federações Esportivas Mineiras, as Prefeituras Municipais envolvidas. Acesse o site www.jogosdeminas.esportes.mg.gov.br e confira as tabelas, programações das cerimônias de abertura e o boletim diário dos Jogos de Minas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/minas-olimpica-jogos-de-minas-2012-comeca-nesta-sexta-feira/

Gestão Anastasia: Centro de Treinamento Esportivo da UFMG recebe equipamentos para prática de atletismo

Entre o material recebido estão equipamentos e acessórios como colchões, barreiras, dardos e discos

Filipe Diniz/Seej
Colchões, barreiras, dardos e discos chegaram ao CTE nesta quarta-feira (25)
Colchões, barreiras, dardos e discos chegaram ao CTE nesta quarta-feira (25)

Construído em parceria pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej), e pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), por intermédio da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, o Centro de Treinamento Esportivo (CTE) recebeu, nesta quarta-feira (25), materiais esportivos destinados à prática do atletismo.

Entre o material recebido estão equipamentos e acessórios como colchões, barreiras, dardos e discos, necessários para treinamento e estudos de alto rendimento na modalidade. Os equipamentos foram adquiridos na Europa, com recursos da Secretaria Nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte.

O diretor do CTE, professor Leszek Szmuchrowski, conta que o material, certificado pela Federação Internacional de Atletismo, é o que há de melhor no segmento. “Os equipamentos são de nível profissional e da melhor qualidade possível”, afirma.

O Centro de Treinamento Esportivo – um complexo de treinamento e pesquisa em esportes que será referência no país – será instalado em área de 13.800 m², na parte baixa do Centro Esportivo Universitário (CEU). O centro contará com pista de atletismo, parque aquático e ginásio poliesportivo, além de laboratórios de pesquisa aplicados ao esporte. O custo estimado da obra é de aproximadamente R$ 70 milhões.

“O Governo de Minas, por meio da Seej, está empenhado neste grande projeto, que visa potencializar os atletas de alto rendimento e a formação de novos competidores. Até agora, o Estado já disponibilizou recursos de 7 milhões de reais na elaboração do projeto do CTE e na construção da pista de atletismo. Outros 43 milhões estão sendo investidos no parque aquático, previsto para ser inaugurado no final de 2013. Essa obra traduz a opção do Governo do Estado pelo investimento no desportista de Minas Gerais e na juventude mineira”, destaca o secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Braulio Braz.

A inauguração da pista de atletismo, segundo Leszek Szmuchrowski, está prevista para este primeiro semestre. Ele ressalta que a pista foi aprovada para receber a certificação Classe 1, a máxima concedida pela Federação Internacional de Atletismo (Iaaf), por ser das mais modernas do mundo e atender às exigências de atletas de alto rendimento de todas as provas de atletismo: corridas, saltos e lançamentos. O revestimento da pista, similar à que será utilizada este ano nos Jogos Olímpicos de Londres, tem superfície sintética e conta com oito raias. Além das oito raias oficiais, a pista contará com uma raia adicional para treinamento e uma pista inclinada para aperfeiçoamento dos atletas.

O parque aquático coberto, com inauguração prevista para dezembro de 2013, terá piscina com 65 metros de comprimento e borda móvel, inédita no país, que permite dois tanques com dimensões variáveis – piscina olímpica mais piscina de treinamento ou duas piscinas semiolímpicas, por exemplo. O parque aquático será destinado à prática de natação, polo aquático e nado sincronizado.

O pavilhão poliesportivo possuirá estrutura para treinamento de esportes coletivos – vôlei, basquete, handebol –, ginástica artística e olímpica e lutas esportivas, como judô, taekwondo, entre outras.

O projeto prevê ainda a montagem de um centro de medicina esportiva, sala de musculação, lanchonete, vestiários e almoxarifado.

Novos talentos

O diretor do Centro de Treinamento Esportivo (CTE) explica que o objetivo principal do complexo é a formação de novos talentos, tanto em nível estadual como nacional e até mundial. “O centro deverá mudar a perspectiva desportiva em Minas Gerais e no Brasil, favorecendo a cultura do esporte”, diz Leszek Szmuchrowski.

O CTE poderá ser utilizado por equipes, seleções, federações e entidades esportivas, tanto nacionais quanto estrangeiras, para o treinamento de atletas profissionais ou em formação, além da recepção de grandes eventos esportivos. O complexo será, inclusive, um dos centros no Brasil a serem oferecidos à comunidade olímpica internacional em 2016, quando o Rio de Janeiro irá sediar as Olimpíadas. Além disso, todo o espaço atenderá o esporte paralímpico.

Leszek Szmuchrowski destaca que, após a inauguração da primeira etapa do centro – a pista de atletismo –, poderão ser iniciadas as ações para captação de novos talentos. E os planos de Leszek Szmuchrowski são ambiciosos. “Há tempo suficiente para preparar atletas para as Olimpíadas de 2016 em algumas provas de atletismo, como o salto em altura”, salienta.

Pesquisa

O Centro de Treinamento Esportivo poderá ser equiparado aosaosaa mais avançados do mundo em termos de pesquisa. O complexo irá integrar os cursos de educação física, fisioterapia, medicina, odontologia, enfermagem e nutrição. No curso de fisioterapia, o foco será o estudo em prevenção de lesões esportivas e inovação no tratamento dessas lesões, como aplicação dos procedimentos para recuperação biológica, especialmente em pessoas com deficiências. Já a preocupação da educação física será principalmente com a busca de talentos e treinamento dos atletas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/centro-de-treinamento-esportivo-da-ufmg-recebe-equipamentos-para-pratica-de-atletismo/

Governo de Minas: Secretaria de Esporte e Juventude lança programa de capacitação

Iniciativa busca qualificar jovens para atuar no setor de gastronomia

Felipe Diniz / SEEJ
Parceiros destacaram a importância do investimento em capacitação de jovens para o mercado de trabalho
Parceiros destacaram a importância do investimento em capacitação de jovens para o mercado de trabalho

Vinte jovens deram início, nesta segunda-feira (23), a mais uma edição do programa Chefs do Amanhã da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ). O objetivo é qualificar profissionais, com idade entre 18 e 29 anos, em auxiliar de cozinha. Na edição deste ano, serão 60 jovens capacitados, divididos em três turmas, com carga horária de 200 horas/aula. Desde o início do programa, em 2008, mais de 1.300 jovens foram formados em culinária saudável.

O programa é realizado por meio da Subsecretaria da Juventude da SEEJ, em parceria com vários órgãos do Governo de Minas, como o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), por meio da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam) e do Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), além do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Durante o lançamento do programa, o subsecretário da Juventude, Gabriel Azevedo, destacou que a marca da atual gestão do Governo de Minas é o da empregabilidade e do trabalho em rede para servir ao cidadão. “Agregamos parceiros e tornamos o programa mais robusto, com vistas à profissionalização e ao ingresso ao mercado de trabalho. O projeto é oportunidade de inclusão social, educação e sustentabilidade”, explicou o subsecretário.

Para a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves, mais do que qualificar jovens, a proposta é oferecer um ambiente com atrativos que os façam gostar do curso. “Espero que os jovens que frequentem esse espaço encontrem aqui felicidade, responsabilidade e solidariedade”, ressaltou a presidente.

Oportunidade

Nas aulas, os jovens aprenderão sobre elaboração de pratos básicos utilizando técnicas específicas das áreas de legumeria, açougue e cozinha quente, bem como conceitos e boas práticas de logística, higiene e manipulação. Juntamente com o curso de auxiliar de cozinha, serão oferecidos aos alunos que mais se destacarem cursos complementares nas áreas de pães, roscas e biscoitos; pizzas; preparo de bolos e tortas; quitandas tradicionais mineiras; salgados e canapés; bombons e trufas.

O diretor-geral do Senac, José Carlos Cirilo da Silva, disse que, após formados, os jovens serão inscritos no Banco de Oportunidades da entidade – um espaço onde os empresários de várias regiões buscam por mão-de-obra qualificada. “Hoje, a demanda na área gastronômica é latente, principalmente devido aos grandes eventos internacionais que se aproximam, como as copas das Confederações e do Mundo. Os donos de bares, hotéis e restaurantes estão à procura de gente preparada e é isso que estamos propondo. Esses jovens sairão do curso aptos a trabalharem”. De acordo com o Senac, a média salarial de um auxiliar de cozinha, atualmente, é de 800 reais.

O curso será realizado de segunda a sexta-feira, de 13h às 17h, no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR). Os alunos receberão gratuitamente transporte e alimentação, além do certificado. A previsão é a de que as aulas terminem em 5 de junho.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-esporte-e-juventude-lanca-programa-de-capacitacao/

Governo Anastasia: Observatório do Esporte de Minas Gerais já está disponível

Observatório do Esporte pode ser acessado no endereço http://observatorio.esportes.mg.gov.br

A Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ) lançou o Observatório do Esporte de Minas Gerais, site especializado destinado a produzir e disponibilizar informações e serviços de interesse para a comunidade esportiva do Estado. Composto por quatro eixos temáticos de conteúdo, artigos especializados e blogs, o Observatório do Esporte de Minas Gerais pode ser acessado no endereço http://observatorio.esportes.mg.gov.br.

O Observatório do Esporte acompanhará ações esportivas em Minas Gerais, no Brasil e no mundo. Visando oferecer conteúdo de qualidade para seus usuários, o Observatório busca projetos esportivos de maior sucesso, casos de administração esportiva que valham ser conhecidos e oferecerá espaço para que assuntos de interesse da comunidade esportiva do Estado sejam abordados, dentro de uma linha editorial do site que respeitará a multiplicidade de pontos de vista.

Uma de suas principais funcionalidades é o mapa interativo, por meio do qual os usuários poderão localizar os eventos e os espaços esportivos cadastrados de todo o Estado. Integrado ao Google Maps, o mapa interativo do Observatório do Esporte localiza os locais de prática esportiva e de realização dos eventos, apresentando uma agenda ampla e confiável do esporte mineiro. A ferramenta permite ainda que sejam feitas pesquisas por locais, datas e modalidades esportivas de interesse, dando aos usuários acesso a um serviço de informações de utilidade pública.

Além disso, o site oferece espaço para a formação de comunidades de interesse, nas quais os usuários cadastrados terão liberdade de propor temas de debates, fóruns e compartilhar material uns com os outros, a depender de seus objetivos e afinidades.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/observatorio-do-esporte-de-minas-gerais-ja-esta-disponivel/

Governo de Minas: Presidente do Comitê Olímpico de Portugal aprova Centro de Treinamento Esportivo

Avaliação foi feita após visita do dirigente às obras de construção do complexo esportivo

Divulgação/Seej MG
José Vicente Moura e Braulio Braz durante visita às obras do CTE
José Vicente Moura e Braulio Braz durante visita às obras do CTE

O Centro de Treinamento Esportivo (CTE), que está sendo construído em Belo Horizonte pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), foi bem avaliado pelo presidente do Comitê Olímpico de Portugal, José Vicente Moura, após visita do dirigente às obras do complexo esportivo. “É uma obra excelente, muito bem construída, que vai permitir melhorar significativamente o esporte de rendimento não só de Minas Gerais, mas do Brasil”.

A visita, que contou com a presença do secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Braulio Braz, do secretário-adjunto, Rogério Romero, e do presidente do Conselho Estadual de Desportos (CED) e presidente do Conselho Regional de Educação Física da 6ª Região, Claudio Augusto Boschi, faz parte do projeto da Seej de divulgação dos centros de treinamento esportivos e clubes de Minas Gerais incluídos no guia oficial de locais de treinamento para os Jogos Olímpicos de 2016 no Rio de Janeiro. “A divulgação nacional e internacional de nossos centros de treinamento é uma orientação de governo que a Seej seguirá à risca”, explicou Braulio Braz.

Visitas

No último dia 20 de março, o CTE recebeu a visita do delegado do Comitê Olímpico Nacional Italiano, Alfredo Apicella, e da consulesa italiana, Maria Pia Calisti. Seis dias após, o complexo esportivo foi visitado pelo professor de Ciências do Desporto da Universidade de Vic (Barcelona) e diretor de Projetos de Futebol do Futbol Club Barcelona, Carles Romagosa Vidal. As visitas vêm sendo acompanhadas pelo diretor da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Minas Gerais (EEFFTO/UFMG), Emerson Silami.

CTE

O Centro de Treinamento Esportivo (CTE), que está sendo construído desde dezembro de 2010, está localizado na avenida Alfredo Camarate, no Centro Esportivo Universitário (CEU) da UFMG, na região da Pampulha, em Belo Horizonte.

O complexo é composto por salas para a administração, parque aquático, vestiários, estação de tratamento e aquecimento de água e depósitos de apoio ao parque, pista de atletismo e instalações para todas as modalidades esportivas, salas de musculação, hidroterapia e fisioterapia, consultórios médicos e odontológicos e sala para nutricionista.

As obras receberam investimento integral do Governo de Minas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/presidente-do-comite-olimpico-de-portugal-aprova-centro-de-treinamento-esportivo/

Governo de Minas: Paraatletas de doze países se encontram em BH para campeonato de tênis

A competiçãon é promovida pela ONG Tênis para Todos, uma das entidades parceiras da Seej

Filipe Diniz/Seej
Adair José Salvador Siqueira, 24 anos, joga tênis na ONG há oito meses
Adair José Salvador Siqueira, 24 anos, joga tênis na ONG há oito meses

Cinquenta e dois paraatletas do Brasil, Argentina, Austrália, Canadá, Chile, Colômbia, Espanha, França, Inglaterra, Japão, Suécia e Uruguai participam, até domingo (1º), da sétima edição do TH Minas Weelchair Tennis Open. A competição, realizada na Avenida Otacílio Negrão de Lima, 7030, em Belo Horizonte, é promovida pela ONG Tênis para Todos, uma das entidades parceiras da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) na execução do programa Minas Olímpica Oficina de Esportes.

Um dos beneficiados pelo programa Oficina de Esporte que competem no torneio é Adair José Salvador Siqueira, 24 anos, que há sete perdeu as duas pernas num acidente e encontrou no esporte uma oportunidade de superação. Por cinco anos ele praticou basquete e há oito meses joga tênis na ONG Tênis para Todos. “Tenho uma vida bem independente, moro sozinho, cozinho, lavo e vou para os treinos de segunda-feira a sábado, das 9h às 16h. Pego por dia quatro ônibus mais o metrô para treinar e o esporte é a minha vida, meu refúgio”, disse o paraatleta.

Rafael Medeiros, de 21 anos, é o outro exemplo de força de vontade. A mãe, Marina Medeiros Gomes, conta que aos dois anos de idade Rafael perdeu a mobilidade das pernas. “Meu filho dormiu andando e acordou paralítico. Era como se estivesse num buraco, lá no fundo, fiquei desesperada”, relata a mãe, que descobriu que um cisto na coluna havia imobilizado o garoto. Daí pra frente Rafael passou por mais de vinte cirurgias, sendo a última em 2010, quando mais uma vez teve que ser operado. “Meu filho ficou entre a vida e a morte e só um milagre poderia salvá-lo e isso aconteceu”.

Há cinco anos Rafael conheceu o tênis em cadeira de rodas e não parou mais. Hoje ele é o segundo no ranking nacional e 44º no internacional. “Quando conheci o tênis foi amor a primeira vista e não consigo me imaginar sem praticá-lo. Estou batalhando pra conquistar uma vaga para as Paraolimpíadas de Londres e chegar pelo menos a uma final”, declara o jovem que conta com apoio integral da mãe. “Apoio e procuro estar aonde ele está. Meu filho é a minha via é o meu herói”.

O diretor técnico e de planejamento e gestão da ONG, Gerson Carlos de Souza, explica que este campeonato em cadeira de roda é o mais importante do segmento sulamericano. “O TH Minas Weelchair Tennis Open é o único torneio da América do Sul que pontua no Internacional Tennis Federation (ITF) na categoria de juniores e isso contribui para elevar o ranking dos jogadores”, destacou o diretor.

A competição acontece nas modalidades feminino, masculino e juniores- voltado a atletas entre 12 e 18 anos, e é divida nas chaves principal e secundária, com jogos no simples e no duplo. Em relação ao tênis convencional, a prova praticada por cadeirantes têm como principal diferencial a validade do quique duplo nas jogadas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/paraatletas-de-doze-paises-se-encontram-em-bh-para-campeonato-de-tenis/

Governo de Minas: entidades devem ficar atentas para buscarem recursos da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte

Estado dispõe de recursos para projetos esportivos apoiados pela Lei de Incentivo ao Esporte

As entidades de direito civil sem fins lucrativos, que estejam em pleno e regular funcionamento e que tenham titulação de organização da sociedade civil de interesse público (Oscip) ou tenham sido declaradas de utilidade pública por lei municipal, estadual ou federal, podem protocolar projetos esportivos a serem beneficiados pela Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, junto à Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (Seej) durante todo o ano. A secretaria dispõe atualmente, para investimento em projetos esportivos apoiados pela Lei de Incentivo ao Esporte, de recursos que totalizam R$ 1.008.766,31.

Atualmente, está em andamento o projeto Equipe Mineira de Xadrez, apresentado pela Federação Mineira de Xadrez (FMX), que tem por objetivo desenvolver o desporto de rendimento, formando equipes mineiras masculina e feminina sub 10 a sub 18 e absoluto, com um total de 16 atletas. A equipe representará Minas Gerais nos torneios nacionais e internacionais, projetando o rating internacional dos atletas participantes.

Também se encontra em andamento o projeto Paraquedismo nas Gerais, apresentado pelo Clube de Paraquedismo Paladinos do Espaço, que tem por finalidade a criação de uma estrutura itinerante da prática do paraquedismo, para atender os paraquedistas de todo o Estado; a ampliação do número praticantes do paraquedismo; a divulgação do paraquedismo como forma de prática esportiva de lazer; e o apoio a criação ou reativação de clubes esportivos.

Os interessados em apresentar projetos podem acessar o link http://www.esportes.mg.gov.br/esportes/lei-de-incentivo-ao-esporte ou ligar para Diretoria de Desenvolvimento de Programas e Projetos da Seej: (31) 3915-4686 ou 3915-4688.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/entidades-devem-ficar-atentas-para-buscarem-recursos-da-lei-estadual-de-incentivo-ao-esporte/