Governo de Minas: Alberto Pinto Coelho e Aldo Rebelo vistoriam obras para a Copa do Mundo em BH

Vice-governador e ministro do Esporte visitam estádio do Mineirão nesta quarta-feira

vice-governador Alberto Pinto Coelho e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, visitam, na manhã desta quarta-feira (18), o estádio do Mineirão, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, para acompanhamento das obras para a realização da Copa das Confederações, em 2013, e da Copa do Mundo da Fifa, em 2014. O secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, o prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, além de deputados estaduais e federais, também acompanham a vistoria.

Em breve mais informações.

Siga, em tempo real, o noticiário do Governo de Minas pelo Twitter.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/alberto-pinto-coelho-e-aldo-rebelo-vistoriam-obras-para-a-copa-do-mundo-em-bh/

Governo de Minas: Vice-governador visita o Independência e destaca importância do estádio para o futebol

Jogo do América vai marcar a inauguração, confirmada para 25 de abril próximo

Henriques Chendes
Secretário Sergio Barroso e vice-governador Alberto Pinto Coelho durante visita ao Independência
Secretário Sergio Barroso e vice-governador Alberto Pinto Coelho durante visita ao Independência

O vice-governador Alberto Pinto Coellho, presidente do Comitê Gestor da Copa, visitou nesta quarta-feira (11) o estádio Independência, que tem data de inauguração marcada para 25 de abril, com um jogo que vai marcar o centenário do América Futebol Clube. Ele foi recebido pelo secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso, e pelo diretor-presidente do Escritório de Prioridades Estratégicas (EPE), Tadeu Barreto.

“O estádio Independência tem padrão internacional e é motivo de orgulho para todos os mineiros. Estou impressionado com o que vi, neste campo que já foi palco de jogos da Copa do Mundo de 1950”, afirmou o vice-governador.

Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer o gramado, o vestiário e as arquibancadas do estádio. Para Sergio Barroso, com a entrega do Independência, o Governo de Minas reafirma o compromisso com o profissionalismo do futebol mineiro. “Esse é um dos estádios mais modernos do Brasil e vai trazer as famílias de volta para os campos de futebol”.

Novo Independência

O novo Independência terá a capacidade de público ampliada de 10 para 25 mil pessoas, todos os assentos cobertos com material que reduz a emissão de som para a área externa; 422 vagas para estacionamento; duas torres de serviço que abrigam a administração, posto médico, central de vídeo monitoramento, central de comando do estádio, áreas de hospitalidade e áreas de segurança pública; dois elevadores e uma plataforma, além de rampas que asseguram acesso a todos os níveis; sistema moderno de iluminação que evita sombras nas transmissões de jogos noturnos; grama com sistemas de drenagem e de irrigação recomendados pela Fifa; acesso facilitado por estação do metrô a 600 metros e, em dias de eventos, haverá mais ônibus e táxis no entorno do estádio; os vestiários contarão com  auditório para entrevistas coletivas; haverá duas lojas e 32 bares e lanchonetes espalhados nos diferentes setores do estádio; para a imprensa estarão disponíveis 16 cabines (rádio e TV) e 72 postos de trabalho (imprensa escrita); os camarotes ocuparão um espaço flexível com capacidade para aproximadamente 2.225 pessoas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/vice-governador-visita-o-independencia-e-destaca-importancia-do-estadio-para-o-futebol/

Gestão Anastasia: Mineirão segue à risca cronograma de obras para a Copa das Confederações

Nova arena será palco de três disputas do evento esportivo, que será realizado de 15 a 30 de junho nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Rio de Janeiro

Sylvio Coutinho
Cerca de 50% das obras de modernização do estádio foram concluídas
Cerca de 50% das obras de modernização do estádio foram concluídas

Minas Gerais segue à risca o cronograma das obras do Mineirão a 500 dias para a realização da Copa das Confederações Fifa de 2013. Cerca de 50% das obras de modernização do estádio foram concluídas. A nova arena será palco de três disputas do evento esportivo, que será realizado de 15 a 30 de junho nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Fortaleza e Rio de Janeiro. Recife e Salvador aguardam ainda aprovação da Fifa e do Comitê Organizador Local (COL). “A Copa das Confederações será uma grande oportunidade para mostrar ao mundo o novo Mineirão, com suas instalações modernas e confortáveis, um gramado que atende aos altos padrões do futebol internacional, com uso de energia solar, reaproveitamento de água de chuva e espaços que atendem às normas de acessibilidade. Será inesquecível para quem viver essa experiência, seja trabalhando ou como visitante”, diz o secretário de Estado Extraordinário da Copa, Sergio Barroso.

No dia 15 de junho de 2013, o Estádio Nacional de Brasília receberá a partida inaugural do “Festival de Campeões”. Os vencedores dos títulos continentais de cada uma das seis confederações, a atual campeã mundial Espanha e o Brasil, como país-sede, se enfrentarão até a grande decisão do dia 30 de junho, no Maracanã.

Além de Brasil e Espanha, três países conquistaram os títulos de suas confederações em 2011 e já garantiram vaga: o México, campeão da Copa Ouro da CONCACAF; o Japão, que venceu a Copa Asiática de Seleções e o Uruguai, vencedor da Copa América. Os demais participantes serão os campeões da Copa Africana de Nações de 2013, da Copa das Nações da Oceania de 2012 e da UEFA Euro 2012. As oito equipes serão divididas em dois grupos durante o sorteio final, que será realizado em São Paulo no dia 1º de dezembro.

Obra hoje

Para este mês, está previsto o início da montagem das arquibancadas inferiores em pré-moldado e chegada das treliças da nova cobertura. Em janeiro, houve avanço no trabalho de montagem de estruturas pré-moldadas, execução das fundações internas, estruturas de apoio das novas arquibancadas inferiores, revestimentos internos em argamassa de cimento e areia. Também foi instalada uma das quatro gruas no interior do estádio. O equipamento poderá transportar materiais depositados fora do campo, como estruturas metálicas da nova cobertura e pré-moldadas de concreto da futura arquibancada inferior. Duas delas apresentam alcance de “braço” de 75 metros, enquanto o das outras duas será de 52,6 e 48,4 metros. O novo estádio vai receber seis partidas da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014.