Governo de Minas: Sete inicia nova etapa de preparação dos trabalhadores mineiros

 

O seminário do Programa Travessia Renda vai preparar os professores para iniciar as ações de qualificação profissional

O professor de matemática Grauton Amaral trabalha com educação há oito anos e é a primeira vez que ele vê os jovens de sua cidade animados para conhecer mais sobre a construção civil. “Iniciamos o cadastramento de jovens que se interessem em fazer um curso de alvenaria ou de eletricista. Foi surpreendente a vontade e a procura. Hoje vemos que 40 vagas será pouco para nossa cidade”, comemora o professor da cidade de Mata Verde no Norte de Minas. Estes e outros depoimentos estão sendo apresentados no Seminário de Alinhamento das Ações do Programa Travessia Renda, realizado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), nesta quinta-feira (10), na cidade de Janaúba, Norte de Minas. A iniciativa reuniu os professores e instrutores que vão iniciar os cursos de qualificação profissional do Travessia Renda em 40 cidades do Norte de Minas.

Durante a abertura, o secretário da SETE, Carlos Pimenta, destacou as ações sociais do Governo de Minas. “As obras que mais marcam a vida das pessoas são as obras sociais e o Governador Anastasia está fazendo isto muito bem. O Travessia, que é um grande programa coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), tem feito um belo trabalho e nós, da Secretaria de Trabalho, estamos atuando com o Travessia Renda, em um eixo primordial para este governo que é a geração de renda para as famílias. Queremos que os cidadãos tenham a oportunidade de ter uma formação e ganhar sua própria renda”, enfatizou o secretário.

Representando os municípios beneficiados, o prefeito de Janaúba, José Benedito, agradeceu os benefícios que têm chegado à Janaúba e região. “Nós somos testemunhas da presença do Governo de Minas nesta região. Hoje o Norte de Minas tem se transformado a cada dia e sabemos que o emprego é o principal fator”.

As discussões continuam nesta sexta-feira (11), e já na segunda-feira (14), as aulas já devem começar em todos os municípios que recebem as ações do Travessia Renda.

Compromisso

Na quarta-feira (2), o governador em exercício, Dinis Pinheiro, e o secretário Carlos Pimenta, assinaram o Termo de Compromisso do Travessia Renda, no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte. Para este ano, a meta do Governo de Minas é qualificar 3.200 trabalhadores nestes municípios. A contribuição para execução do programa será de R$ 8,6 milhões.

Inclusão social e produtiva

O Travessia Renda faz parte do Programa Travessia, lançado em 2008 com o objetivo de promover a inclusão social e produtiva da população pobre do Estado. Por meio do programa são desenvolvidas ações simultâneas e articuladas entre várias secretarias e órgãos públicos estaduais nas áreas de saúde, educação, saneamento, emprego e renda. Os cursos de qualificação, promovidos pelo Governo de Minas em parceria com a iniciativa privada, buscam atender a demanda dos municípios participantes do projeto.

Além do Travessia Renda, fazem parte do Programa Travessia os projetos “Porta a Porta”, responsável por identificar as reais necessidades da população pobre do Estado; o “Travessia Social”, que desenvolve ações para minimizar as privações sociais das famílias; o “Com Licença Vou à Luta”, que promove a inclusão social e econômica de mulheres com mais de 40 anos desempregadas e de baixa escolaridade e o “Banco Travessia”, que visa incentivar o retorno e a inserção de pessoas aos estudos, com abertura de uma poupança para cada pessoa que retomar às salas de aula. Uma família pode receber até R$ 5 mil. Em 2012, serão repassados R$ 140 mil para as dez agências do Banco Travessia já em funcionamento.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/sete-inicia-nova-etapa-de-preparacao-dos-trabalhadores-mineiros/

Governador Antonio Anastasia dá posse a novos secretários

Anastasia destaca que a missão do governo é a prestação de serviços públicos de qualidade
Gil Leonardi/Imprensa MG
O governador deu posse aos novos secretários no Palácio Tiradentes
O governador deu posse aos novos secretários no Palácio Tiradentes

O governador Antonio Anastasia deu posse nesta quinta-feira (9) aos novos secretários de Estado de Desenvolvimento Social e extraordinário de Regularização Fundiária. O deputado Wander Borges deixou a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), sendo substituído pelo deputado estadual Cássio Soares, para assumir a Secretaria Extraordinária de Regularização Fundiária (SEERF).

Em seu discurso o governador exaltou a atuação de Wander Borges à frente da Sedese. “O secretário Wander implantou projetos fundamentais que tratam da inclusão, projetos importantes, pioneiros no Brasil, extremamente destacados. Eu queria agradecer seu esforço junto com a sua equipe e cumprimentar a toda a equipe da Sedese em todo o Estado, que vem realizando um trabalho referência no Brasil. Por isso, solicitei ao secretário Wander que leve esse seu conhecimento para uma área também complexa, que é a regularização fundiária”, afirmou Anastasia.

Ao secretário Cássio Soares, o governador desejou êxito à frente da pasta de Desenvolvimento Social.  “Quero cumprimentar ao deputado Cássio pela sua formação, pelo seu preparo intelectual, pela sua habilidade e, sobretudo, pela sua disposição. A Secretaria de Desenvolvimento Social está muito azeitada, mercê do belo trabalho do secretário Wander e da equipe, e tenho certeza que o secretário Cássio vai dar continuidade a esse trabalho, trazendo também, o que é fundamental, a sua própria marca, o que é próprio da nossa humanidade. Vai aperfeiçoar, vai avançar e nós teremos, com certeza, um ponto extremamente positivo nas questões sociais”, disse.

Na presença do vice-governador Alberto Pinto Coelho e da maioria dos secretários de Estado, que estiveram presentes à cerimônia, o governador lembrou o fim último da missão do Governo, a prestação de serviços públicos de qualidade. “Secretário Cássio vai perceber agora que estamos dentro de um Governo que é totalmente integrado e harmônico, que funciona como uma boa engrenagem. É natural que, como todo governo, ainda mais no segundo Estado da Federação em população e em riqueza, nós tenhamos problemas complexos. Isso faz parte do nosso cotidiano. Por isso, o desafio de superação desses entraves, desses óbices para podermos cada vez melhor prestar um serviço público de qualidade”, afirmou.

Em entrevista Anastasia reafirmou que as mudanças no secretariado são rotineiras, parte da administração pública, e que a competência para quaisquer mudanças é sua. “Volto a dizer a mesma coisa, as mudanças do Governo elas são normais, cotidianas. Ora secretário, ora adjunto, ora subsecretário, outros cargos, é o cotidiano do Governo. Quando houver necessidade ou quando o secretário também solicitar a saída, nós fazemos as substituições”, lembrou.

Os secretários

Cássio Soares é deputado estadual, filiado ao PSD. Na Assembleia Legislativa, foi vice-líder do bloco Transparência e Resultado de apoio ao Governo do Estado e integrou as comissões de Constituição e Justiça e Segurança Pública, além de ter sido suplente da comissão de Fiscalização Financeira e Orçamentária.

Cássio é formado em Economia pelo Centro Universitário Unifacef de Franca (SP). Cursou também o Programa de Desenvolvimento de Gestores Públicos na Fundação Dom Cabral, em Belo Horizonte. Começou atuar na política em Passos, em grupos de jovens, clubes de serviços e voluntariados e movimentos sociais.

Em 2005, trabalhou como assessor parlamentar na Câmara Municipal de Passos. Em 2007, assumiu a chefia de gabinete do secretário de Defesa Social, Maurício Campos Júnior. Em 2009, assumiu cargo de subsecretário de Inovação e Logística da Secretaria de Estado de Defesa Social, cargo no qual permaneceu até 2010, quando se desincompatibilizou para se candidatar a deputado.

Wander Borges, filiado ao PSB, também é deputado estadual. É contador e administrador, pós-graduado em Auditoria e Controle Externo, técnico mecânico, técnico metalúrgico e ex-funcionário do Banco Credireal. É inspetor licenciado do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG).

Iniciou na vida pública como vereador mais votado em Sabará (1993/1996). Em 1996, foi eleito prefeito do município e reeleito, em 2000, com 94,37% dos votos, sendo o prefeito com maior percentual de votos no Estado e o segundo do Brasil. Durante o seu mandato na prefeitura de Sabará, ocupou a presidência da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (Granbel).

Wander Borges exerceu os cargos de subsecretário de Estado do Trabalho e Ação Social no primeiro mandato do governador Aécio Neves e de presidente do Conselho Estadual de Assistência Social. Em 2006, elegeu-se para o primeiro mandato como deputado estadual, sendo reeleito em 2010.

Fonte: Agência Minas