Gestão Anastasia: Santo Antônio do Monte recebe unidade do Sine do Governo de Minas

A unidade se soma a outras 131 já existentes no Estado

Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (SETE), em parceria com a Prefeitura Santo Antônio do Monte, no Centro-Oeste de Minas, inaugurou nesta terça-feira (24) uma unidade de atendimento ao trabalhador do Sine na cidade, conhecida como a “Cidade dos Fogos”, pela presença de 91 fábricas de foguetes.

A unidade, que se soma a outras 131 já existentes no Estado, vai prestar os serviços de intermediação de mão de obra, emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social, habilitação e postagem do seguro-desemprego, oferta de cursos de competências básicas para o trabalho e cursos de qualificação profissional.

“O trabalhador de Santo Antônio do Monte agora não precisa mais sair da sua cidade para solicitar o seguro-desemprego. Não precisa mais bater à porta de cada empresa a procura de um trabalho. Temos aqui um excelente espaço, com profissionais capacitados, que prestará toda a assistência aos santo-antonienses, com a oferta de vagas, oferta de cursos de qualificação e a prestação de tantos outros serviços. E continuamos firmes na meta do governador Antonio Anastasia para oferecer emprego digno e de qualidade a todos os mineiros”, afirma o secretário Adjunto de Estado de Trabalho e Emprego, Hélio Rabelo.

Para a coordenadora da unidade, Liliane Rosa Paulino, a expectativa é de que sejam colocados mais de 90% dos trabalhadores encaminhados ao mercado de trabalho, com captação de cerca de 200 vagas mensais. “Estamos muito otimistas com a implantação da unidade, pois temos vagas disponíveis e trabalhadores desempregados prontos para ocupá-las. O Sine é o espaço que vai viabilizar esse casamento”, comemora.

O prefeito de Santo Antonio do Monte, Leo Camilo, agradeceu o empenho da SETE e celebrou a parceria. “Essa é uma tarde muito importante para nós. Agora estamos inseridos numa rede nacional de emprego e ampliando as oportunidades dos nossos trabalhadores”, conclui o prefeito.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/santo-antonio-do-monte-recebe-unidade-do-sine-do-governo-de-minas/

Gestão Anastasia: caravana Mães de Minas encerra atividades em Divinópolis

As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares

Willian Pacheco/SES-MG
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez
As oficinas passaram informações essenciais que a mulher precisa saber durante a gravidez

A caravana Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), encerrou suas atividades nessa segunda-feira (16), em Divinópolis, com mais 105 gestantes cadastradas no programa. As oficinas levaram informações bem práticas ao dia a dia das mães e familiares, com a participação das moradoras de Medeiros, Campo Belo, Santo Antônio do Monte, Carmo do Cajurú e Lagoa da Prata.

Informações essenciais que a mulher precisa saber neste momento especial da vida, como a posição adequada para a amamentação, o que é o colostro, horário e duração das mamadas, arroto, elementos presentes no leite materno, cuidados com o umbigo, ter atenção para cor das fezes, assaduras, cólicas, troca de fraldas e banho do bebê foram alguns dos temas abordados nas oficinas em formato de roda de conversa.

Além de participar das oficinas, gestantes, mães e familiares tiveram a oportunidade de gravar seus depoimentos no Stand Roda de Conversa, onde puderam expor suas expectativas e sentimentos com relação à maternidade. Os interessados puderam, também, tirar fotos na cabine disponibilizada no local do evento.

A superintendente adjunta da Regional de Saúde de Divinópolis, Kênia Carvalho, explica que a caravana faz parte do programa Mães de Minas e tem como principal objetivo a redução da mortalidade infantil e materna. “O programa deriva do Viva Vida e busca atender as gestantes tanto da rede pública quanto da privada. E a caravana veio para isto. Para orientar mães e familiares  durante a gestação”, explica.

Para a moradora de Divinópolis, Renata Cristina, grávida de quase nove meses, e participante da Oficina de Brinquedos, a caravana foi muito proveitosa. “Gostei muito, principalmente de tirar fotos na cabine. É uma recordação”, conta. A moradora de Campo Belo, Jéssica Amanda, grávida de seis meses, compartilha da mesma opinião. “Eu adorei. Foi ótimo. Eu participei da Oficina de Brinquedos, contei minha história e tirei fotos”, comenta.

Para a secretária de Saúde de Divinópolis, Rosenilce Cherrie Mourão, a caravana é um exemplo nítido de promoção à saúde. “O que está acontecendo em Divinópolis é promoção e valorização da saúde da gestante. São esclarecimentos de tudo aquilo que as mães e gestantes precisam saber”.

Caravana      

A caravana já passou por Ribeirão das Neves e Divinópolis, e ainda passará por Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia. Ela é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5.093 gestantes, de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ter acompanhamento especializado.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; ligam para saber sobre o parecer médico e resultado de exames, se foram diagnosticadas com gravidez de alto risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-encerra-atividades-em-divinopolis/

Governo de Minas: Regional de Saúde de Divinópolis realiza capacitação de manejo clínico da dengue

Objetivo é preparar os municípios, caso haja uma nova epidemia no Estado, a organizarem a assistência municipal e microrregional

Divulgação/SES MG
A capacitação na macrorregião Oeste foi conduzida por médicos contratados pela SES
A capacitação na macrorregião Oeste foi conduzida por médicos contratados pela SES

A Superintendência Regional de Saúde de Divinópolis realizou, nessa quinta-feira (8), capacitação de Manejo Clínico da Dengue para os profissionais de saúde da macrorregião Oeste. Essa é a primeira capacitação conduzida pelos médicos contratados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES).

Durante quatro meses, os profissionais vão realizar capacitações no manejo de casos de dengue nos municípios da regional de saúde, auxiliar na estruturação de fluxos assistenciais intramunicipais e intermunicipais da regional, além de encerrar os casos graves e investigação de óbitos suspeitos de dengue.

“Muitos médicos não estavam preparados para fazer a classificação de risco de pacientes com dengue ou o seu tratamento adequado. Por isso, o programa se tornou uma prioridade nacional para que os profissionais saibam identificar precocemente a doença e sua gravidade”, disse o médico infectologista, Lécio Vasconcelos.

De acordo com o superintendente Regional de Saúde de Divinópolis, Jéferson de Almeida, o objetivo é preparar os municípios, caso haja uma nova epidemia no Estado, a organizarem a assistência municipal e microrregional. “Essas capacitações são para melhorar o acesso e tratamento aos pacientes com dengue para que se evitem internações e óbitos devido à doença”.

A próxima etapa é programar, junto aos municípios, oficinas microrregionais. Os médicos vão atuar na macrorregião Oeste e desenvolver oficinas de Manejo Clínico da dengue nas microrregiões de Divinópolis/Santo Antônio do Monte, Formiga, Pará de Minas, Itaúna, Bom despacho e Santo Antônio do Amparo/Campo Belo.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: vinte academias já estão credenciadas a prestar serviço gratuito à população

As academias serão monitorados pelas Equipes Saúde da Família

A Comissão Técnica Julgadora do programa Geração Saúde, constituída pela Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ), aprovou o credenciamento de mais uma academia a prestar à população de seu município serviços de atividades físicas e de lazer orientados por profissionais de educação física. A academia fica em Vargem Alegre, no Leste do Estado.

Com a aprovação, 20 academias já foram credenciadas a prestarem os serviços, que serão monitorados pelas Equipes Saúde da Família (ESF).

Já foram credenciadas academias nas cidades de Santa Bárbara do Tugúrio, Virgínia, Belo Horizonte, Itambacuri, Santo Antônio do Monte, Jequitinhonha, Itaúna, Montes Claros, Pompéu, Mateus Leme, que tem duas academias credenciadas, Carmo da Mata, Pará de Minas, Capelinha, Pingo D’agua, Pitangui, Sabará e São Joaquim de Bicas.

As ações são voltadas para a promoção da prática de atividade física e lazer orientadas pelas academias credenciadas pelo Governo de Minas Gerais. O projeto tem por foco a melhoria da saúde e a diminuição do sedentarismo da população de Minas Gerais, a promoção da cultura do hábito da atividade física, e a melhoraria de alguns parâmetros de Saúde, como pressão arterial, índice de massa corporal, relação cintura quadril, prevalência de obesidade e sobrepeso.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: Consea realiza Seminário Regional de Segurança Alimentar em Belo Horizonte

Comissões promoverão debates, também, em Montes Claros e Uberlândia

O Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável de Minas Gerais (Consea-MG) realiza nesta quarta-feira (15) o Seminário Regional de Coordenações das Comissões Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável. O evento acontecerá no Hotel Normandy, no Centro de Belo Horizonte.

O seminário tem os objetivos de proporcionar a integração das coordenações das Comissões Regionais de Segurança Alimentar e Nutricional Sustentável (CRSANS); realizar a análise da atual conjuntura de cada região; apresentar o orçamento do Consea-MG para 2012; planejar as ações que serão realizadas pelas comissões ao longo do ano; indicar propostas de metodologias de monitoramento dos programas e ações de segurança alimentar e nutricional sustentável e sugestão de temas para o curso de formação dos agentes que atuarão nesta área.

Participam do seminário as comissões regionais Metropolitana (Belo Horizonte, Santa Luzia e Ribeirão das Neves), Alto São Francisco (Três Marias, Abaeté, Sete Lagoas, Pompéu, Corinto e Curvelo), Vertentes (Tiradentes, Barroso, São Tiago e Desterro de Entre Rios) e Centro-Oeste (Campo Belo, Candeias, Santo Antonio do Monte e Divinópolis).

Também nesta quarta-feira (15), as comissões regionais Norte, Noroeste e Médio São Francisco realizarão encontro em Montes Claros. Já nesta quinta-feira (16), as comissões regionais do Triângulo e Alto Paranaíba realizarão o seminário em Uberlândia, no Teatro de Bolso do Mercado Municipal da cidade.

Fonte: Agência Minas