Gestão em Minas: Departamento de Estradas de Rodagem inicia obras em trecho da MG-030

Os trabalhos estão previstos para serem executados em 120 dias aproximadamente

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER/MG) inicia nesta sexta-feira (2) as obras no quilômetro 14 da MG-030. O problema no local foi provocado pelo período de chuvas intensas do mês de janeiro. A infiltração de água em excesso no lençol freático provocou o rompimento do aterro e, consequentemente, o abatimento da pista direita, o que obrigou desvio do tráfego para a pista da esquerda, sentido Nova Lima/Belo Horizonte.

Estudos técnicos – topográficos e geotécnicos – foram realizados por especialistas do DER/MG, que apontaram como melhor forma de resolver o problema a contenção do maciço empregando a técnica de cortina atirantada, que é um muro de contenção fixado no terreno através de tirantes de aço. Os trabalhos estão previstos para serem executados em 120 dias aproximadamente.

Os tapumes que foram colocados no quilômetro 14 têm como objetivo dar mais segurança aos trabalhadores e aos motoristas. As obras serão realizadas com recursos destinados ao Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária de Minas Gerais (ProMG), que gerencia na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH), 524,3 km de rodovias, em um investimento total de R$ 148,6 milhões, nos quatro anos de contrato, iniciado em agosto do ano passado. Esse contrato do ProMG beneficia 30 municípios e 31 trechos rodoviários, onde se inclui a MG-030, com três trechos que somam 34,4 quilômetros: viaduto da rede ferroviária (Águas Claras) até o entroncamento para Nova Lima (8,8 quilômetros), Rio Acima até Nova Lima (20,1 quilômetros) e Itabirito a São Gonçalo do Bação (5,5 quilômetros).

Em 2011, no trecho da MG-030 entre o viaduto da rede ferroviária (Águas Claras) até o entroncamento para Nova Lima, merece destaque a recuperação do quilômetro 11,6, na pista esquerda, sentindo Nova Lima/Belo Horizonte, próximo ao Shopping Serena Mall. No local foi construído um novo bueiro e aterro para receber nova pavimentação.

No quilômetro 27, houve o rompimento de um aterro. O local está em meia pista e já foram concluídos os estudos técnicos para elaboração de projeto de engenharia que se encontra em andamento e, tão logo seja concluído, as obras entram em execução. No quilômetro 18, o abatimento da pista do lado direito deixou o tráfego em meia pista e as obras de recuperação já foram iniciadas.

Fonte: Agência Minas

Anúncios

Governo de Minas: DER libera trecho da LMG-779 entre Itabira e João Monlevade

Homens e máquinas do DER-MG tiraram mais de 2.720 caminhões de terra do local, que estava interrompido por uma queda de barreira

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG) liberou nesta terça-feira (31) o tráfego na LMG-779, no trecho que liga Itabira a João Monlevade, na região Central. Uma queda de barreira no quilômetro 18,5, com mais de 40 mil metros cúbicos de terra, impedia a passagem de veículos.

Homens e máquinas do DER-MG encheram mais de 2.720 caminhões de terra, que despejaram o material em três bota-foras próximos ao local. O tráfego médio no trecho é de cerca de dois mil veículos/dia e, com a interrupção, os motoristas foram obrigados a fazer um trajeto alternativo.

O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, afirmou queo Governo de Minas, por meio do DER-MG, vem trabalhando de forma intensa e ininterrupta para garantir a volta da normalidade do tráfego nas rodovias mineiras.

Melles também elogiou o trabalho com as populações atingidas pelas chuvas. “Um belo trabalho, coordenado pela Defesa Civil, garantiu água, remédios, roupas e alimentos, oferecendo o mínimo de dignidade às comunidades atingidas, hoje assistidas e com a vida retornando em um ritmo de normalidade”, disse o secretário.

O diretor-geral do DER-MG, José Elcio Monteze, destacou os investimentos que o Estado vem fazendo na recuperação da infraestutura de Minas, através do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária (ProMG). “Se não fossem esses investimentos, os prejuízos poderiam ser maiores, devido ao grande volume de chuva”, explicou.

Balanço

Outro ponto da LMG-779 que sofreu as consequências das chuvas intensas foi o quilômetro 22, que está com o tráfego em meia pista, em função de afundamento do asfalto. Técnicos do DER-MG estimam que até a próxima semana o pavimento seja recuperado e o problema, resolvido, com a reconstrução de um novo bueiro.

Desde o início do período chuvoso, o DER-MG já liberou mais de 66 trechos de estradas estaduais e federais delegadas, de um total de186 ocorrências. O órgão tem intensificado os trabalhos em diversas regiões atingidas pelas chuvas, com a mobilização de máquinas e homens para atuar na desobstrução e recuperação de estradas afetadas.

Atualmente há sete trechos totalmente interrompidos, 77 com tráfego em meia pista, 24 segmentos precários, nove operando com variantes e três com limite de peso. Todos os trechos estão sinalizados e monitorados pelas equipes do DER-MG.

Fonte: Agência Minas