Gestão Antonio Anastasia: Governador anuncia novo comando da Polícia Civil

O Corregedor Geral de Polícia Civil do Estado, Cylton Brandão da Matta, assumirá a chefia da corporação

O governador Antonio Anastasia anunciou, nesta sexta-feira (23), os nomes dos novos dirigentes da Polícia Civil de Minas Gerais. O Corregedor Geral de Polícia Civil do Estado, Cylton Brandão da Matta, assumirá a chefia da corporação no lugar do delegado-geral Jairo Léllis.

O chefe-adjunto de Polícia Civil, delegado-geral Jésus Trindade Barreto Júnior, também deixará o cargo. Em seu lugar, assume a delegada-geral Maria de Lurdes Camilli, atualmente chefe do 5º Departamento de Polícia Civil, sediado em Uberaba.

Cylton Brandão da Mata ingressou na Polícia Civil de Minas como delegado em 1986. Atuou como titular nas comarcas de Paracatu, Lagoa Santa, Montes Claros, Manga, Capim Branco, Santa Luzia e Belo Horizonte. Foi coordenador da Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal de Belo Horizonte entre os anos de 1996 e 1999, subcorregedor de Polícia entre os anos de 2003 a 2006 e delegado regional de Uberaba, entre 2006 e 2007. Foi diretor-geral da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais (Acadepol) entre 2007 e 2011 e, atualmente, atua como Corregedor Geral de Polícia Civil de Minas.

Maria de Lurdes Camilli ingressou na Polícia Civil em 1984, como escrivã na Delegacia Regional de Segurança Pública de Juiz de Fora. Em 1985, tornou-se delegada e, em 1986, assumiu a titularidade da Delegacia de Crimes Contra a Mulher em Poços de Caldas. Em 1987, assumiu a Delegacia de Crimes Contra Mulher de Ituiutaba  e, em 2005, a diretoria geral da Acadepol, sendo a primeira mulher a ocupar este cargo. Foi também chefe do 10º Departamento de Polícia Civil, sediado em Patos de Minas.

Fontehttp://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governador-anuncia-novo-comando-da-policia-civil/

Governo de Minas: Polícia Civil realiza 1º Seminário de Segurança Pública em Contagem

O objetivo do seminário foi discutir as atividades policiais e ressaltar a qualidade do serviço de segurança

Rosy Ribeiro
O 1º Seminário sobre Segurança Pública aconteceu em Belo Horizonte
O 1º Seminário sobre Segurança Pública aconteceu em Belo Horizonte

A Polícia Civil de Minas Gerais realizou nesta terça-feira (13), por meio do 2º Departamento de Polícia, o 1º Seminário sobre Segurança Pública. O evento aconteceu no Auditório Nobre da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Contagem. O objetivo do seminário foi discutir as atividades policiais e ressaltar a qualidade do serviço. O professor, jurista e procurador da Justiça de Minas Gerais, Rogério Greco, ministrou a palestra “Atividade Policial: Aspectos penais e processos penais, administrativos e constitucionais”.

Durante a exposição do tema, Rogério frisou como é difícil o trabalho policial. “Ser policial não é para qualquer um. Policiais são pessoas diferenciadas que têm amor pelo que fazem e que doam suas vidas em prol da sociedade”.

O chefe do 2º Departamento, Jeferson Botelho, ressaltou que a iniciativa de promover o Seminário foi em consideração à resolução 7.196 de 2009 sobre a estrutura da Polícia Civil, que atribui aos departamentos a promoção dos direitos humanos e a capacitação continuada de seus servidores. “O seminário é uma ação para o aprimoramento dos policiais civis, assim como para os profissionais da área que estão na busca pela qualidade do serviço”, disse.

Cerca de 350 pessoas participaram do evento, entre elas o chefe Adjunto da Polícia Civil, Jésus Trindade Barreto Júnior; o chefe do 2º Departamento, Jeferson Botelho Pereira; o promotor de Justiça, Fernando Augusto Cipolini Lelo; a delegada da 2ª Delegacia de Contagem, Renata Lima; o superintendente Regional da Polícia Rodoviária, David Stanley Bomfim Dias; o subsecretário de Promoção da Qualidade e Integração da Secretaria de Defesa Social (Seds), Frederico César do Carmo, entre outros.

Fonte: Agência Minas