Gestão em Minas: cobertura do Novo Mineirão começa a ser montada

Com as obras mais avançadas do Brasil, estádio será referência na Copa do Mundo de 2014

Sylvio Coutinho/Divulgação
Material, feito de dióxido de titânio, permite melhor passagem de luz natural
Material, feito de dióxido de titânio, permite melhor passagem de luz natural

Os trabalhos de modernização do estádio da Pampulha avançam com a recente chegada da estrutura metálica da cobertura do novo Mineirão. As novas treliças tubulares de aço vão receber uma membrana translúcida e auto-limpante em sua parte superior. O material, feito de dióxido de titânio, permite melhor passagem de luz natural e oferece maior resistência contra intempéries, além de ser mais econômico.

A cobertura está sendo instalada para proporcionar maior segurança e conforto a todos os visitantes da nova arena. A estrutura atual será expandida em 26 metros com a instalação das treliças para proteger os assentos mais próximos ao gramado. As cerca de 500 peças em fabricação vão totalizar aproximadamente mil toneladas. O projeto da nova cobertura foi concebido pela empresa Engserj, de renomados acadêmicos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). As treliças, fabricadas em São Paulo, são empregadas também no estádio de Durban, África do Sul, e em outros de futebol americano dos EUA.

Iniciado em outubro de 2011, o trabalho de reforço da estrutura atual deu início à preparação para instalação da nova cobertura. Nessa etapa, foi construída a estrutura que hoje recebe os chamados tirantes, que são cabos de tração com a finalidade de sustentar o peso da cobertura. Esses cabos serão tensionados à uma força equivalente ao peso de 5 mil toneladas. Foi necessário, inclusive, fazer reforço na fundação do estádio.

O trabalho será executado por cerca de 100 operários especializados, incluindo profissionais com formação em montanhismo. Tem previsão de término para novembro deste ano. “Será uma nova cobertura feita com estruturas mais leves, material com alto desempenho, além de esteticamente agradáveis”, conclui José Severiano Braga da Silva, gerente de operações da obra.

Estágio avançado

Esta semana, a obra atingiu o pico máximo de trabalhadores, com 2.000 operários em campo, e a marca de 58% dos trabalhos concluídos. Cerca de 80% das peças da esplanada já foram instaladas ao redor da fachada 100% já tratada. Na parte interna, 30% da arquibancada inferior está instalada e 80% dos bares e banheiros já receberam acabamento (reboco e piso) com instalação de bancadas e divisórios de granito (50%).

As instalações do novo fosso de segurança também estão em fase final, com 90% de execução. Seguem em andamento as atividades de infraestrutura elétrica, hidráulica e de drenagem, além da execução dos pisos da esplanada e do estacionamento coberto. Serão disputadas no novo estádio três partidas durante a Copa das Confederações, em 2013, e outros seis jogos na Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014 (quatro na primeira fase, um na oitava de final e outro na semifinal).

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cobertura-do-novo-mineirao-comeca-a-ser-montada/