Governo de Minas: Secretaria de Esporte e Juventude lança programa de capacitação

Iniciativa busca qualificar jovens para atuar no setor de gastronomia

Felipe Diniz / SEEJ
Parceiros destacaram a importância do investimento em capacitação de jovens para o mercado de trabalho
Parceiros destacaram a importância do investimento em capacitação de jovens para o mercado de trabalho

Vinte jovens deram início, nesta segunda-feira (23), a mais uma edição do programa Chefs do Amanhã da Secretaria de Estado de Esportes e da Juventude (SEEJ). O objetivo é qualificar profissionais, com idade entre 18 e 29 anos, em auxiliar de cozinha. Na edição deste ano, serão 60 jovens capacitados, divididos em três turmas, com carga horária de 200 horas/aula. Desde o início do programa, em 2008, mais de 1.300 jovens foram formados em culinária saudável.

O programa é realizado por meio da Subsecretaria da Juventude da SEEJ, em parceria com vários órgãos do Governo de Minas, como o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), por meio da Fundação Estadual de Meio Ambiente (Feam) e do Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), além do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

Durante o lançamento do programa, o subsecretário da Juventude, Gabriel Azevedo, destacou que a marca da atual gestão do Governo de Minas é o da empregabilidade e do trabalho em rede para servir ao cidadão. “Agregamos parceiros e tornamos o programa mais robusto, com vistas à profissionalização e ao ingresso ao mercado de trabalho. O projeto é oportunidade de inclusão social, educação e sustentabilidade”, explicou o subsecretário.

Para a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves, mais do que qualificar jovens, a proposta é oferecer um ambiente com atrativos que os façam gostar do curso. “Espero que os jovens que frequentem esse espaço encontrem aqui felicidade, responsabilidade e solidariedade”, ressaltou a presidente.

Oportunidade

Nas aulas, os jovens aprenderão sobre elaboração de pratos básicos utilizando técnicas específicas das áreas de legumeria, açougue e cozinha quente, bem como conceitos e boas práticas de logística, higiene e manipulação. Juntamente com o curso de auxiliar de cozinha, serão oferecidos aos alunos que mais se destacarem cursos complementares nas áreas de pães, roscas e biscoitos; pizzas; preparo de bolos e tortas; quitandas tradicionais mineiras; salgados e canapés; bombons e trufas.

O diretor-geral do Senac, José Carlos Cirilo da Silva, disse que, após formados, os jovens serão inscritos no Banco de Oportunidades da entidade – um espaço onde os empresários de várias regiões buscam por mão-de-obra qualificada. “Hoje, a demanda na área gastronômica é latente, principalmente devido aos grandes eventos internacionais que se aproximam, como as copas das Confederações e do Mundo. Os donos de bares, hotéis e restaurantes estão à procura de gente preparada e é isso que estamos propondo. Esses jovens sairão do curso aptos a trabalharem”. De acordo com o Senac, a média salarial de um auxiliar de cozinha, atualmente, é de 800 reais.

O curso será realizado de segunda a sexta-feira, de 13h às 17h, no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR). Os alunos receberão gratuitamente transporte e alimentação, além do certificado. A previsão é a de que as aulas terminem em 5 de junho.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-esporte-e-juventude-lanca-programa-de-capacitacao/