Gestão Anastasia: Governo de Minas inicia capacitação de servidores em gestão de riscos

A importância de prever e gerenciar problemas para diminuir impactos no resultado é tema de palestra

Osvaldo Afonso/Imprensa MG
Palestra sobre gestão de riscos em projetos é ministrada pelo especialista Roberto Gattoni
Palestra sobre gestão de riscos em projetos é ministrada pelo especialista Roberto Gattoni

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) iniciou terça-feira (24) a capacitação de equipes do Governo de Minas em gestão de riscos em projetos com palestra ministrada pelo especialista na área e professor da Fundação Dom Cabral, Roberto Luís Capuruço Gattoni.

A palestra, realizada no Auditório JK da Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, integrou o 3º Fórum de Planejamento e Gestão. Cerca de 150 servidores das superintendências de Planejamento e Gestão, das assessorias de Gestão Estratégica e Inovação e Recursos Humanos dos órgãos do Governo de Minas, participaram do evento.

O mestre em Ciência da Informação e PMP (sigla em inglês para a certificação de gerente profissional de projetos), Roberto Gattoni, explicou que todos os projetos em todos os setores – público ou privado – estão sujeitos a riscos. “Prever e gerenciar os problemas para reduzir seus impactos é o mais importante”, afirmou. Gattoni também ensinou aos servidores técnicas de identificação, análise e controle dos riscos.

De acordo com o assessor-chefe de Melhoria da Gestão, da Subsecretaria de Gestão da Estratégia Governamental (Suges), Rodrigo Guerra Furtado, a palestra foi o ponto de partida para os treinamentos que serão realizados a partir de maio. “Realizaremos cursos, workshops e outras ações para trazer a cultura da gestão de risco em projetos para o Governo de Minas”, afirmou.

Riscos no setor público

Para 90% dos gestores públicos do mundo, a gestão de riscos é essencial, mas 63% querem melhorar sua relação com os riscos estratégicos em projetos, revelou uma das mais recentes pesquisas sobre o tema, realizada pelo instituto Ipsos Mori.

Roberto Gattoni avalia que, em alguns aspectos, o setor público gerencia com muita eficiência os riscos, ainda que não tenha noção de que está fazendo isso. “A elaboração de um edital de licitação é um trabalho apurado de gestão de riscos”, exemplifica. Segundo ele, a partir do edital, a maioria dos órgãos públicos de todo o mundo não gerencia possíveis erros na execução dos serviços contratados.

Ele lembra que o Governo de Minas tem uma relação mais próxima com práticas de gestão de riscos por causa dos processos adotados a partir do Choque de Gestão, iniciado em 2003.

Fórum

O Fórum de Planejamento e Gestão é uma iniciativa das três Subsecretarias da Seplag – de Gestão da Estratégia Governamental, de Planejamento, Orçamento e Qualidade do Gasto e de Gestão de Pessoas. Ele foi criado com o objetivo de integrar e aproximar ainda mais as áreas de finanças, gestão estratégica e recursos humanos do Governo de Minas no momento em que o Estado inicia a terceira fase do Choque de Gestão.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-inicia-capacitacao-de-servidores-em-gestao-de-riscos/

Gestão Anastasia: governo lança Fórum de Planejamento e Gestão de Minas Gerais

Iniciativa visa aprimorar mecanismos de integração dos setores administrativos do Estados

Osvaldo Afonso/Imprensa MG
A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, abriu nesta quarta-feira o Fórum de Planejamento e Gestão
A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, abriu nesta quarta-feira o Fórum de Planejamento e Gestão

A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag) lançou, nesta quarta-feira (14), no Auditório JK da Cidade Administrativa, o Fórum de Planejamento e Gestão, cujo objetivo é integrar e aproximar ainda mais as áreas de finanças, gestão estratégica e recursos humanos do Governo de Minas.

Concebido e organizado pelas três subsecretarias da Seplag – de Gestão da Estratégia Governamental; de Planejamento, Orçamento e Qualidade do Gasto; e de Gestão de Pessoas –, o fórum deverá promover o alinhamento e a integração das equipes, no sentido de implementar a terceira fase do Choque de Gestão, que passa pela qualidade do planejamento, pelo detalhamento e responsabilidade do gasto e pela qualidade do desdobramento da estratégia. Desafio lembrado pela secretária Renata Vilhena durante a abertura do evento. “O fórum pode ajudar todos a serem mais ágeis no alcance dos resultados. Espero que aproveitem esses encontros para trocar experiências e estreitar a comunicação. É importante que todos estejam abertos ao debate de ideias como forma de trazer as melhores soluções”, destacou.

A subsecretária de Gestão da Estratégia Governamental, Adriane Ricieri Brito, lembrou que o fórum reúne outros já existentes e que ocorriam separadamente pelas Superintendências de Planejamento, Gestão e Finanças (SPGF´s), pelas Assessorias de Gestão Estratégica e Inovação (AGEI´s) e pelas unidades Recursos Humanos (RH´s) e que, agora, será um espaço e uma oportunidade de melhoria contínua para o trabalho e as equipes. Se internamente essas áreas são eficientes e reconhecem a interface de seu trabalho com as demais, os resultados e as ações de governo têm maior garantia de sucesso.

Maior alinhamento

O fórum será realizado durante um dia de cada mês, organizado alternadamente por cada subsecretaria. O período da manhã será ocupado por palestras que atendam aos três públicos, feitas por especialistas internos ou convidados e com foco em temas específicos. À tarde, serão realizados painéis técnicos, com a coordenação de especialistas, para produção de artigos, metodologias e planos de ação.

Compreendem ainda o fórum, dois produtos de comunicação: o Seplag em Rede, que é um boletim eletrônico informativo; e o Calendário Unificado, que indica os prazos para entregas e datas-limite para a conclusão dos principais produtos de planejamento.

Para o subsecretário de Planejamento, Orçamento e Qualidade do Gasto, André Reis, o fórum deve melhorar a comunicação interna entre SPGF´s, AGEI´s e RH´s, evitando sobreposições e áreas de sombreamento percebidas em algumas situações. “Poderemos estabelecer um canal único de comunicação”, afirmou. No lançamento do fórum, foi realizada palestra pelo diretor da Collaborare Consultoria e Mestre em Administração, Elimar Silva Melo. Ao falar sobre “Liderança efetiva, um caminho para conquista de resultados”, o especialista apontou o caminhos para a liderança eficiente.

Fonte: Agência Minas