Governo de Minas e o Dia Mundial da Água

Gestão Anastasia: Governo de Minas anuncia ações em comemoração ao Dia Mundial da Água

Foram anunciados novos projetos e lançados o e-book que conta a história do rio São Francisco e o selo alusivo ao ano internacional da água

Sectes-MG/Divulgação
Secretário Narcio Rodrigues assina quatro atos para implantação de projetos referentes ao meio ambiente
Secretário Narcio Rodrigues assina quatro atos para implantação de projetos referentes ao meio ambiente

Uma extensa programação marcou as comemorações do Dia Mundial da Água e do Ano Internacional de Cooperação pela Água nesta sexta-feira (22), em Frutal, no Triângulo Mineiro. O secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Narcio Rodrigues, e o presidente do Unesco-HidroEX, Octávio Elísio, participaram das atividades. O vice-governador, Alberto Pinto Coelho, em mensagem de vídeo, saudou os participantes.

Entre as ações, está o lançamento do selo alusivo ao Ano Internacional de Cooperação pela Água. O selo também foi lançado em outras duas cidades, em Brasília (DF) e Foz do Iguaçu (PR).

A programação incluiu também a assinatura de quatro atos, que visam a implantar o projeto piloto de Capacitação Tecnológica da Agricultura Irrigada e cursos que permitirão requalificar cerca de mil técnicos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) em meio ambiente. Além destes, foram formalizados os atos de implementação da metodologia de certificação do uso da água em bacia hidrográfica e revitalização das bacias

O Unesco-HidroEX anunciou ainda a abertura, no site do CNPq, do edital para cursos de pós-graduação no exterior, dentro do Programa Ciência sem Fronteiras. São 50 bolsas e as inscrições vão até 3 de maio deste ano.

A iniciativa é uma parceria do Unesco-HidroEX com a Universidade Federal de Ouro Preto, com o objetivo de implantação o mestrado profissionalizante em Sustentabilidade Socioeconômica e Ambiental. Também foram anunciados o projeto de revitalização dos rios São Francisco e Grande, com implantação de barcos-escola, a partir de termo de cooperação assinado com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig).

O secretário Narcio destacou a consolidação do espaço físico do Unesco-HidroEX, que conta com recursos de cerca de R$ 76 milhões. “A água é um elemento muito importante. Temos que tratá-la com muito respeito e possibilitar mecanismos para que possamos desenvolver tecnologias que beneficiem a preservação dos recursos hídricos. Neste momento temos que unir forçar para que este projeto sirva de modelo e cumpra com os seus objetivos”, afirmou.

Projeto Escolas-Irmãs

Outro momento marcante foi a abertura oficial do Programa Escolas-Irmãs de Educação para as Águas. Por meio de videoconferência, os alunos da Escola Hermann Gmeiner, localizada na capital do Cabo Verde (Praia) e os estudantes da Escola Estadual Vicente Macedo, de Frutal, trocaram experiências.

Trata-se de um programa que visa estreitar os laços entre os países da língua portuguesa a partir das comunidades escolares, para que sejam intercambiadas experiências ambientais, focadas no tema água.

O presidente da instituição do Unesco-HidroEX, Octávio Elísio, ressaltou a importância do projeto. “As crianças são peças fundamentais do processo de educação para águas. Precisamos refletir o papel do ser humano na conservação do meio ambiente. Daí a importância de se educar os jovens. Temos que levar isto através das fronteiras do país”, destacou.
Faz parte do programa a realização da “Feira Ambiental Escola e Meio Ambiente – o meu mundo pelo seu mundo”, que visa conectar comunidades escolares de países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) para o intercâmbio de experiências práticas ambientais, por meio das Tecnologias da Informação e Comunicação (TICs).
“A proposta é divulgar experiências, práticas, saberes e cultura para melhor compreensão das questões ambientais, a partir da subjetividade de alunos dos países que compõem a CPLP”, explicou o professor responsável pelo projeto, Romes José Lopes.

Durante a videoconferência, o secretário Narcio saudou os alunos e a ministra da Educação de Cabo Verde, Fernanda Maria de Brito Marques. A ministra agradeceu a oportunidade e disse  ser este um momento histórico para Cabo Verde. “Este é um projeto que une dois países irmãos, Cabo Verde ao Brasil. A água é fundamental para a luta contra a pobreza e precisamos saber usá-la. Vamos fazer deste um grande projeto em favor da sustentabilidade”, prometeu.

Educação e tecnologia

Durante a cerimônia aconteceu também o lançamento oficial da cartilha Agente Cousteau para 2ª etapa do programa Educação para as Águas, que tem como objetivo alertar, instruir e incutir senso de ética ambiental nos alunos do ensino fundamental da 1ª à 6ª série.

Foi realizando ainda o lançamento do livro eletrônico interativo sobre os aspectos culturais e naturais da bacia do rio São Francisco. Com o conceito de um livro interativo, o trabalho traz em sua essência uma panorâmica sobre a trajetória do São Francisco, pontuando em suas paisagens mais significativas.

Utilizando os recursos técnicos dos dispositivos móveis, o e-book, que é rico em elementos animados, músicas e sons temáticos, apresenta diversas formas de interação. O aplicativo pode ser baixado em tablets e smartphones com sistema operacional Android. Clique aqui para baixar.

Exposição

Após a solenidade, todos foram convidados para visitar a exposição “Homem x Natureza” que está acontecendo na sede do Unesco-HidroEX durante toda a semana, em parceria com o Siccob Credicitrus. A exposição faz um percurso pelos quatro elementos  terra, água, fogo e ar – e promove uma reflexão a respeito do impacto que o homem vem causando no planeta. Ela apresenta também alternativas para tornar a convivência mais harmônica e sustentável .

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-anuncia-acoes-em-comemoracao-ao-dia-mundial-da-agua/

Copa 2014: Governo de Minas qualifica trabalhadores

Copa 2014: Alunos concluíram o curso “Noções de inglês para o turismo”, promovido pelo Governo de Minas

Gestão Anastasia: Governo de Minas

Jean Oliveira/Sete
Os 123 alunos foram qualificados visando a Copa
Os 123 alunos foram qualificados visando a Copa

A Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete) certificou, nesta segunda-feira (5), no Auditório Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, 123 alunos entre taxistas, policiais militares, frentistas e agentes de saúde, no curso “Noções de inglês para o turismo”. A iniciativa faz parte das ações de qualificação profissional do Governo de Minas para a Copa do Mundo de 2014.

O curso foi realizado na unidade de atendimento ao trabalhador do Sine do município de Vespasiano, com recursos do Plano Territorial de Qualificação (Planteq), do Ministério do Trabalho e Emprego, geridos pela Sete. Após 200 horas, entre aulas teóricas e práticas, os alunos participantes receberam o certificado de conclusão do curso, que teve como parceiro o Instituto de Gestão de Políticas Sociais (Gesois). O conteúdo abordado durante o curso passou pelas situações cotidianas vivenciadas pelos profissionais, como se apresentar, dar informações, ajudar em situações de emergência.

Durante a cerimônia o secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Hélio Rabelo, destacou a importância do primeiro passo. “O Governo de Minas dá o primeiro passo qualificando esses profissionais, que além de serem a nossa porta de entrada são também vitais no atendimento àqueles estrangeiros que chegam até a nossa cidade”.

Rabelo, disse ainda, que “ensinar uma língua estrangeira não é tarefa fácil, mas se queremos entrar no cenário mundial precisamos aproveitar as oportunidades. Hoje esses formandos souberam aproveitar essa oportunidade e estão se preparam também para o mundo”, comemorou.

O Tenente Bragança, do 36º Batalhão de Vespasiano, na região metropolitana, soube do curso de inglês e não perdeu a oportunidade. “Se é o Estado que me oferece essa chance, não posso deixar de aceitá-la. Já tinha uma vontade em fazer esse tipo de curso, mas não tinha tempo e nem condições financeiras”. O militar se diz satisfeito com o resultado. “O curso atendeu as minhas expectativas. Tudo que aprendi será muito útil no meu trabalho”.

Raissa Helena Castilho dos Reis, também aprovou a iniciativa. Agente de saúde em Vespasiano, a aluna acredita que a oportunidade traz bons resultados. “Aprendi noções básicas de inglês que são fundamentais para o meu trabalho. Agora, quando tiver que lidar com algum turista estrangeiro, estarei preparada para atendê-lo da melhor forma possível”.

O taxista Márcio Júnior Campos, que atua também na região de Vespasiano, disse estar aliviado com a conclusão do curso. “Antes era complicado entender o que os passageiros estrangeiros falavam. Até perdia corridas. Agora consigo atender melhor meus passageiros.

Participaram da reunião o secretário de Estado Extraordinário da Copa do Mundo, Tiago Lacerda, o superintendente de Política de Formação e Qualificação para o Trabalho da Sete, Bruno Magalhães, o presidente da Gesois, Hidelmano Amorim, o Comandante do 36º Batalhão da Polícia Militar, o Tenente Coronel Marcelo Martins de Resende e o coordenador do Sine de Vespasiano, Glauco Souza.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-qualifica-trabalhadores-para-a-copa-do-mundo/