Censura em Minas: PT coleciona histórias

Censura em Minas: Censura do PT  – Além de Rogério Correia que tentou censurar o Estado de Minas e Veja, agora é o Governo da Bahia.

Censura em Minas: Censura do PT

Censura do PT – Começa na internet movimento em solidariedade ao jornalista baiano Guilherme Vasconcelos demitido pelo governo do PT na Bahia após ter denunciado o aumento absurdo de verbas de publicidade do governo estadual daquele estado.

Para se ter uma ideia, enquanto na Bahia o investimento per capta em publicidade do governo é de R$ 9,00, em Minas Gerais é de R$ 4,00 (confira aqui o ranking dos estados).

A repercussão do caso vem crescendo – entenda o caso aqui – e se soma a outras denúncias de censura divulgadas contra o PT.

No Mato Grosso do Sul, o Ministério Público abriu processo contra o então governador José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT (1999 a 2006) pelo pagamento de propinas a jornalistas em troca de divulgação de reportagens favoráveis.

Em Minas, o prefeito de Nova Lima, do PT, censurou a circulação de uma revista que trazia denúncias contra a sua administração.

Recentemente, o deputado Rogério Correia tentou censurar o jornal Estado de Minas e a revista Veja, que divulgaram matérias provando a proximidade do parlamentar com o conhecido falsário Nilton Monteiro, acusado de fraudar a “Lista de Furnas” e que responde na Justiça a processos por falsificação de títulos de cobrança de mais de 300 milhões de reais.

Leia aqui as reportagens que desagradaram ao deputado: “A trama dos falsários” – Revista Veja, de 12 de dezembro de 2011; e, “O esquema do fraudador” – Estado de Minas, de 03 de fevereiro de 2012.

O deputado processa também um jovem tuiteiro que questiona sua atividade parlamentar na internet (veja aqui: “Acusado pelo deputado @rogeriocorreia_ do PT, prestei depoimento”…)

Censura em Minas: Censura do PT  – Link da Matéria: http://turmadochapeu.com.br/jornalista-demitido-criticar-pt/

Leia também:

Rogério Correia e a Censura em Minas

Rogério Correia e a Censura em Minas – deputado mente sobre ação contra o Estado de Minas e age contra a liberdade de expressão.

Rogério Correia: Censura em Minas

Mais lorotas de Rogério Correia sobre processo contra Estado de Minas

Fonte: Alberto Lage Turma do Chapéu
Rogério Correia: Censura em Minas e atua contra liberdade de expressão
Rogério Correia continua sem explicar suas relações com Nilton Monteiro

Rogério Correia, mais uma vez, mostra que adora adaptar os fatos para que eles fiquem mais convenientes. A nova estratégia do deputado é sair por aí afirmando que venceu o Estado de Minas no processo de nº 0342159-28.2012.8.13.0000, que ele moveu contra o jornal, devido a uma matéria que expôs a relação do petista com o falsário Nilton Monteiro, preso por fraudes e suspeito de ter fabricado a farsa da Lista de Furnas.

O que Rogério não explica é a verdade por trás dessa ação: o deputado, inicialmente, entrou com processo contra o jornal, questionando o conteúdo das matérias. Perdeu. Recorreu na Justiça. Perdeu. Recorreu de novo e aí a notificação foi extraviada pelo jornal e, por problemas internos, o jornal não compareceu à audiência marcada. Conforme determina a lei, no caso de falta de uma parte, a outra vence.

Toda a “vitória” de Correia foi baseada na ausência na audiência. Quando o conteúdo da matéria foi questionado, na primeira instância, o deputado perdeu. Mas para ele não importa: ele não conta a verdade na internet, e sai dizendo que ganhou a ação e que o conteúdo da matéria era falso. Rogério só não pode sair dizendo que ganhou a causa, uma vez que o mérito da ação não influenciou no resultado, mas sim os prazos perdidos pelo jornal. Muito oportuno defender a liberdade de imprensa quando é conveniente e atacar um jornal que revela seus esquemas. Se você preza tanto pela liberdade de expressão, deputado, expresse-se sobre as provas que ligam você ao Nilton Monteiro!

Rogerio Correia – Censura em Minas – Link do post: http://turmadochapeu.com.br/author/admin-master/