Gestão Anastasia: Governo de Minas destinará materiais de construção a municípios do Alto Paraopeba

Doação de vigas foi anunciada em Entre Rios de Minas pelo secretário Carlos Melles

Bernadete Amado
Setop busca realizar o atendimento das demandas apresentadas pelos municípios, diz Carlos Melles
Setop busca realizar o atendimento das demandas apresentadas pelos municípios, diz Carlos Melles

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), oficializou a entrega de 10 conjuntos de vigas para construção de pontes, para os municípios de Casa Grande, Brás Pires, Catas Altas da Noruega, Cristiano Otoni, Desterro de Entre Rios, Entre Rios de Minas, Itaverava, Piranga, Queluzito e Senhora de Oliveira.

As doações foram anunciadas durante a realização da última Assembleia Ordinária da Associação dos Municípios do Alto Paraopeba (Amalpa), que aconteceu em Entre Rios de Minas, na região Central do Estado, nesta sexta-feira (27).

Os termos de transferência gratuitas de bens tem como finalidade fornecer elementos estruturais aos municípios visando a melhoria das vias públicas, de forma a otimizar o escoamento de bens e serviços e a movimentação de pessoas, bem como apoiar o município em obras de infraestrutura para o desenvolvimento e crescimento sustentável.

Segundo o secretário de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, “a Setop busca realizar o atendimento das demandas apresentadas pelos municípios com o objetivo de melhorar a infraestrutura local”. “É fundamental que as prefeituras tenham atenção ao cumprimento de toda a documentação exigida durante processo para a transferência dos bens”, concluiu o secretário Melles.

Transferência de materiais

Depois das assinaturas dos termos de transferências dos materiais, a entrega das vigas para as pontes dependerá do encaminhamento de documentação pelos municípios e de publicação no jornal “Minas Gerais“, diário oficial dos Poderes do Estado.

“Por estas pontes que serão reconstruídas passam o desenvolvimento de nossas cidades. É a educação, a saúde e a produção agrícola se deslocando em nossas estradas municipais”, disse o presidente da Amalpa e prefeito de Senhora de Oliveira, Sebastião Araújo de Oliveira.

O prefeito de Entre Rios de Minas, Mário Augusto Alves de Andrade, explicou a importância da liberação deste conjunto de vigas para o município. “Com as fortes chuvas de janeiro deste ano, a ponte que liga as comunidades de Brumadinho e Coelhos foi interditada e as cerca de 600 pessoas que transitam pela região têm que fazer um desvio de aproximadamente 14 quilômetros”, destacou o prefeito.

Mário Augusto avaliou como “muito produtiva” a presença do secretário Carlos Melles na cidade, já que além das assinaturas dos convênios de doações de materiais, foram apresentados todos os investimentos do Governo de Minas na região. Um dos exemplos é o detalhamento das obras de duplicação da MG-383, nos trechos entre Jeceaba, São Brás do Suaçuí e o entroncamento com a BR-040, que estão em fase de execução. O secretário também reiterou que, em breve, será executada a pavimentação do trecho que liga Passa Tempo a Desterro de Entre Rios, na MG-270.

Ações na região

Na região Central, há 517 quilômetros de estradas, divididos em 26 trechos, beneficiados pelo Programa Proacesso, sendo que vinte e duas obras já estão concluídas. Na região da Amalpa, duas obras do Proacesso estão concluídas, somando 52 quilômetros; são trechos da MG-270, ligando Desterro de Entre Rios a Entre Rios de Minas, com 34,1 km, e a rodovia de acesso, entre Santana dos Montes e o entroncamento BR 040, com 15,1 km.

Pelo ProMG estão contratados 1.511,2 quilômetros de rodovias na região Central, totalizando 110  trechos, gerenciados pelas Coordenadorias Regionais do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), de Belo Horizonte, Barbacena e Pará de Minas. Somente na região da Amalpa são cerca de 150 quilômetros, beneficiando 11 trechos e as cidades de Moeda, Itabirito, Santana dos Montes, Rio Espera, Lamim, Senhora de Oliveira, Catas Altas da Noruega, Jeceaba, Ouro Branco, Conselheiro Lafaiete, Itaverava e Casa Grande.

Por meio do Programa Caminhos de Minas, está prevista a pavimentação de sete trechos na região, que somam aproximadamente 250 quilômetros, beneficiando as cidades de Belo Vale, Bonfim, Brás Pires, Cipotânea, Rio espera, Congonhas, Jeceaba, Itabirito, São Brás do Suaçui, São João Del Rei. Um deles já está com obras em andamento, que é o da MG-383 e MG 155, que passa por Jeceaba, São Brás do Suaçui e o entroncamento da BR-040.

De 2003 a 2007 foram celebrados 170 convênios com municípios da Amalpa, com um valor médio de repasse de recursos por parte do Governo de Minas de R$ 25 milhões. De 2007 a 2011 foram doados 262 metros de bueiros metálicos e 26 conjuntos de vigas metálicas.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-destinara-materiais-de-construcao-a-municipios-do-alto-paraopeba/

Gestão Antonio Anastasia: Caminhos de Minas realiza obras na MG-383 entre Jeceaba e São Brás do Suaçuí

Na execução das obras estão previstos investimentos da ordem de R$ 165 milhões

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) está realizando obras de pavimentação no trecho entre o Entroncamento da BR/040 – São Brás do Suaçuí – Jeceaba, na região Central de Minas, por meio do programa Caminhos de Minas.

As obras executadas no local contemplam serviços de restauração e aumento da capacidade, implantação e pavimentação de 45,8 km nas rodovias BR/383 e MG/155; construção de ponte sobre o Rio Paraopeba; construção de viaduto na interseção com a MG/155; alargamento e restauração da ponte Rio Paraopeba; construção de viaduto sobre a BR/040 e construção de viaduto sobre as tubulações da Transpetro.

Na execução das obras estão previstos investimentos da ordem de R$ 165 milhões, incluindo execução das obras, fornecimento e transporte de material betuminoso, apoio a supervisão e desapropriação. O prazo de execução é de 24 meses.

Atenção redobrada

Em função das obras, os motoristas que trafegam na MG-383 devem redobrar a atenção ao passarem pelo trecho.  Para a execução dos trabalhos é necessária a paralisação periódica e programada do tráfego de veículos no local, o que vem provocando retenções. Como alternativa para quem vai para os destinos turísticos da região como São João del-Rei e Tiradentes, o DER sugere que os motoristas  passem por Barbacena e Barroso. O desvio acrescenta 50 quilômetros o trajeto, mas sem retenções.

Caminhos de Minas

A obra está incluída no Programa Caminhos de Minas e será de vital importância para o atendimento à logística de transportes do complexo siderúrgico da Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil (VSB), instalado em Jeceaba e que foi inaugurado no final de 2010.

O Caminhos de Minas prevê o asfaltamento de cerca de 8 mil quilômetros de estradas, com investimentos da ordem de R$ 12 bilhões.  O programa tem por objetivo asfaltar rodovias que ligam regiões e cidades do Estado. Segundo o governador Anastasia sobre o programa, são estradas estratégicas, colocadas entre regiões e que são fundamentais para o desenvolvimento econômico de determinadas áreas de nosso Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caminhos-de-minas-realiza-obras-na-mg-383-entre-jeceaba-e-sao-bras-do-suacui/

Governo de Minas: Conceição do Mato Dentro e Serro comemoram o início das obras na MG-010

Trecho de 46 quilômetros faz parte do traçado histórico da Estrada Real

Diulgação/Vilasa Construtora Ltda
As obras devem durar aproximadamente dois anos
As obras devem durar aproximadamente dois anos

Os moradores de Conceição do Mato Dentro e do Serro, cidades da região Central do Estado, comemoram o início das obras de pavimentação e melhoramentos do trecho da MG-010, ligando os dois municípios. O segmento de 46 quilômetros faz parte do traçado histórico da Estrada Real e terá o nome do ex-embaixador José Aparecido de Oliveira. O trecho está integrado no Circuito Turístico do Diamante e vai facilitar a ligação entre Conceição do Mato Dentro, Serro e Diamantina.

Para o prefeito do Serro, Guilherme Simões Neves, a pavimentação do trecho é um antigo sonho da comunidade. “É a concretização do projeto da Estrada Real, com o asfalto entre Serro e Diamantina, passando pelos distritos de Milho Verde e São Gonçalo do Rio das Pedras. Por outro lado, aponta para um futuro promissor para a região, diminuindo a distância entre a capital em, pelo menos, 100 quilômetros e resgata a proximidade das cidades irmãs Conceição do Mato Dentro e Serro. É importante ressaltar que daqui para frente a realidade do Serro será outra”, conclui.

Ele destaca, ainda, que a obra será a ferramenta para acelerar o desenvolvimento do município. Opinião compartilhada pelo prefeito de Conceição do Mato Dentro, Reinaldo César de Lima Guimarães, que destaca a importância da pavimentação do trecho para promover integração regional e desenvolvimento. “Representa importante conquista do Médio Espinhaço, que desponta como um novo circuito econômico de Minas Gerais e do Brasil, com a implantação do empreendimento minerador Projeto Minas-Rio”, destaca.

Na avaliação do prefeito de Conceição do Mato Dentro, a história da MG-010 guarda a essência da identidade cultural da região, desde os primeiros desbravadores que, palmo a palmo, fundaram vilas e cidades, em busca do ouro e dos diamantes, ligando o Ivituruí ou Serro Frio à freguesia de Conceição e ao arraial do Tejuco, hoje Diamantina. “Sob o signo da mineração do passado e do presente e, sobretudo, guardando as belezas naturais e o acervo histórico e cultural dos nossos casarios e fazeres – patrimônio material e imaterial – a nossa região aposta no turismo como alternativa sustentável, alternativa esta finalmente viabilizada com a obra da MG-010”, conclui.

Investimento

Os investimentos serão da ordem de R$ 41 milhões, dos quais R$ 10 milhões obtidos por meio de parceria com a Anglo American, um dos maiores grupos de mineração do mundo, que atua na região.

Obras

A obra será realizada pela Vilasa Construtora Ltda., devendo durar aproximadamente dois anos, a contar da assinatura da ordem de início, autorizada este mês pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG).

Integram os trabalhos na MG-010, no trecho entre Conceição do Mato Dentro (entroncamento para Dom Joaquim) ao Serro, a pavimentação e a implantação de 46 quilômetros e a execução de alargamento e restauração de cinco pontes, sobre os córregos Pereira, Campinas, Passa Sete, Pedra I e Zalu, todas com largura de 10 metros e comprimento de 10 metros. Além disso, será restaurada a ponte sobre o Córrego Pedras I com 26 metros de comprimento. Sobre o Rio do Peixe, será construída uma nova ponte com 37 metros de extensão e 10 metros de largura.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/conceicao-do-mato-dentro-e-serro-comemoram-o-inicio-das-obras-na-mg-010/

Governo de Minas: DER inicia pavimentação do acesso à Usina Vale do Tijuco em Uberaba

Serão investidos R$ 23 milhões para a execução da pavimentação de 17,3 quilômetros da rodovia

Bernadete Amado
Representantes do Governo de Minas, da prefeitura e da Usina Vale do Tijuco durante solenidade em Uberaba
Representantes do Governo de Minas, da prefeitura e da Usina Vale do Tijuco durante solenidade em Uberaba

Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG) iniciou a ligação asfáltica da BR-050 até a Usina Vale do Tijuco, em Uberaba, por meio da empresa BT Construções Ltda. As máquinas já estão no trecho para a execução da pavimentação de 17,3 quilômetros da rodovia municipal, que faz a ligação da BR-050 a MGC-455, representando um investimento de cerca de R$ 23 milhões, a ser utilizado com base no sistema de Parceria de Reembolso Tributário (PRT).

secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, explicou que “esta obra terá uma extensão total de 82 quilômetros, partindo da BR-050, cortando a MGC-455 e terminando na MGC-497. Estamos na primeira etapa desta pavimentação, com a autorização dos serviços destes 17,3 quilômetros, nesta sexta-feira (23), resultado da parceria doGoverno de Minas, por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico (Sede)Planejamento e Gestão (Seplag),Fazenda (SEF), a Setop, o DERMG e a Usina Vale do Tijuco”, concluiu o secretário.

O presidente da Companhia Mineira de Açúcar e do Álcool (CMAA), José Francisco Santos, destacou que “o Governo de Minas ofereceu uma parceria e está cumprindo tudo”. De acordo com o presidente Instituto de Desenvolvimento Integrado (Indi), José Frederico Álvares, “a preocupação da secretária Dorothea Werneck é com o desenvolvimento e a atração de investimentos, e o DER vem contribuindo com a logística necessária. No momento, estamos trabalhando com 162 protocolos de intenção de investimento no Estado”, finalizou.

O prefeito de Uberaba, Anderson Adauto, ressaltou que o Governo de Minas tem cumprido religiosamente com os compromissos assumidos e, com isto, tem incentivado a confiança e a participação dos empresários nesta modalidade de parceria, que alavanca o desenvolvimento da região.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/der-inicia-pavimentacao-do-acesso-a-usina-vale-do-tijuco-em-uberaba/

Gestão Anastasia: DER promove cursos de educação ambiental e patrimonial para comunidades do Serro e Diamantina

Os cursos são voltados para moradores dos distritos de Milho Verde, Três Barras, São Gonçalo do Rio das Pedras e Vau

Bernadete Amado
Moradores da cidade de Milho Verde assitem a palestra sobre educação ambiental
Moradores da cidade de Milho Verde assitem a palestra sobre educação ambiental

Despertar novas atitudes, um novo jeito de agir e pensar a questão ambiental, tentando construir uma nova realidade, baseado no respeito ao patrimônio cultural e ambiental. Esse é o objetivo dos cursos de educação ambiental e patrimonial em função das obras de implantação e pavimentação da rodovia municipal Diamantina – Milho Verde – Serro, trecho da Estrada Real em Minas, organizado pela Gerência de Meio Ambiente do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG).

Os cursos são voltados para moradores dos distritos de Milho Verde, Três Barras, São Gonçalo do Rio das Pedras e Vau e integram o Programa “Transitando no Saber Cuidar”, com enfoque nos jovens e agentes ambientais. As atividades tiveram inicio na segunda-feira (5) e serão encerradas na sexta-feira (9).

Para a técnica em Educacão Ambiental do DER, Eliane Aparecida Silveira, o órgão tem buscado trabalhar com comunidades e pessoas envolvidas nas obras rodoviárias, buscando sensibilizar também os valores humanos, por meio de ações educativas. Ela explica que uma das dinâmicas do curso utilizadas para despertar a consciência ambiental e patrimonial é a fotografia. “Uma forma de sensibilizar os jovens e agentes sobre a importância da preservação dos espaços públicos e da cultura é a fotografia. Eles saem a campo registrando o núcleo urbano onde vivem, identificando e fotografando os bens culturais, patrimoniais e ambientais”.

Segundo Eliane, a pavimentação do trecho e outras obras de infraestrutura em andamento estão sendo acompanhadas de outras iniciativas que buscam a inserção das comunidades que ali vivem e a redução dos impactos ambientais em uma área de grande valor ecológico, cultural e turístico.

Comunidades Históricas

Às margens dos 60 quilômetros que integram o trecho Diamantina-Milho Verde –Serro, estão instaladas quatro comunidades que têm sua origem no século XVIII: Três Barras, Milho Verde, São Gonçalo do Rio das Pedras (Pertencentes ao Serro) e Vau, comunidade de Diamantina. Para reduzir o impacto para os moradores, está sendo observada a preservação do patrimônio histórico e cultural e as características das localidades. Os trechos próximos aos núcleos urbanos estão recebendo calçamento poliédrico e pistas para caminhantes.

Preservação da Flora e Fauna

A obra executada pelo DER tem se preocupado com a preservação da flora e fauna. Em toda extensão das obras, estão sendo obedecidos diversos critérios ambientais para que o impacto seja o menor possível. Segundo os biólogos do DER, Felipe Dutra de Resende e Rogério Pedersoli de Lima, os animais encontrados são capturados e soltos no interior da mata e as espécies de flora ameaçadas são levadas para um viveiro, no próprio canteiro de obras.

Obras

As obras de melhoria e pavimentação do trecho fazem parte de uma série de projetos que vem sendo implantados por meio do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Vale do Jequitinhonha –Prodetur/NE II, convênio firmado entre o Ministério do Turismo, o Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, com interveniência da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas. O objetivo do programa é melhorar a qualidade de vida da população residente nas áreas de sua atuação, por meio da criação de condições favoráveis à expansão e melhoria da qualidade da atividade turística.

Fonte: Agência Minas

Gestão Anastasia: DER comanda blitz educativa de Carnaval na BR-356

Objetivo é conscientizar os motoristas sobre a importância de se fazer uma viagem segura.
Bernadete Amado/DER-MG
Foram distribuídos 1.000 kits com material educativo
Foram distribuídos 1.000 kits com material educativo

A equipe da Gerência de Educação para o Trânsito do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG) coordenou, nesta sexta-feira (17), o primeiro comando educativo de conscientização para um Carnaval mais seguro nas estradas. O objetivo da blitz educativa nesse período é conscientizar os motoristas sobre a importância de se fazer uma viagem segura.

A ação aconteceu na BR-356, no quilômetro sete, próximo ao BH Shopping e à Copasa. Para os carros e ônibus abordados entre 9h e 11h da manhã, foram distribuídos 1.000 kits com material educativo dos diversos parceiros envolvidos. Esse ano, além das tradicionais apresentações, a blitz também contou com a presença da Corte Momesca.

Estiveram envolvidos aproximadamente 60 profissionais dos órgãos ligados ao sistema de trânsito. O comando educativo é realizado todos os anos em parceria com a Polícia Militar Rodoviária de Minas Gerais, Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), BHTrans, Belotur , Sest/Senat e fiscais do DER.

“A ação foi um sucesso, as pessoas colaboraram e receberam bem nossas instruções para pular um carnaval com mais segurança. O que verificamos em muitos veículos é que os motoristas precisam ainda alertar os passageiros do banco de trás a também usarem o cinto de segurança, o que garante a redução dos índices de mortalidade em caso de acidentes nas estradas”, comentou Rosely Fantoni, gerente da área de Educação para o Trânsito, do DER.

São reforçados os alertas quanto aos riscos do consumo de bebida alcoólica e direção, a necessidade do uso de cinto de segurança, além dos cuidados com pedestres, excesso de velocidade e observância à sinalização. “Orientamos também sobre a importância de se manter os documentos em dia e o carro em ordem. Tudo isso faz com que tenhamos um trânsito mais seguro para todos”, garantiu Rosely.

Outras regiões

As ações acontecem em todas as regiões do estado, com o apoio das 40 Coordenadorias Regionais do DER/MG. Nas regiões do Jequitinhonha e Mucuri estão programadas ações entre os dias 16 e 22, das 7h às 12h, na BR-251 e MGT-251, na saída de Pedra Azul com destino a Porto Seguro, e no quilômetro 164 da BR- 418, próximo a Teófilo Otoni.

Nesta sexta-feira, a blitz foi no quilômetro 266, próximo a Piumhi, já na Região Centro Oeste. Também no dia 17, na MG-295, próximo a Itajubá, no quilômetro um, foi feita uma abordagem de aproximadamente 300 veículos no período da manhã.

Ainda no Sul de Minas, a equipe do DER vai abordar os veículos na BR-491/MG-179, quilômetro 180 e AMG-154, entre os quilômetros 4 e 10, próximo ao município de Fama, entre os dia 17 e 21 e na BR-265, em Lavras, das 6h às 14h.

Na região da Zona da Mata a equipe distribuirá folhetos e adesivos na MG-111, quilômetro 77, e no Triângulo Mineiro, a blitz educativa será na MGC-154, quilômetro 54, próximo a Ituiutaba. Na região de Uberaba, estão programadas blitze na MG-190 (Km 99), MG427 (Km 6), MG-190 9km 99) e MG-255 (Km 89).

Na área de influência de Governador Valadares, Leste de Minas, as ações irão ocorrer na MGC- 259; na BR-259, próximo a Conselheiro Pena; na MC-381, divisa de Minas com Espírito Santo; e na BR-259, quilômetro 144.

No Norte de Minas está programada blitze na MGC-135, quilômetro 299, próximo a Brasília de Minas; na MG-404, em Salinas e LMG-629, em Rio Pardo de Minas. Ainda no Norte do estado, na área de influência de Janaúba, a blitz será realizada na rodovia MGC-122, quilômetro 9, no município de Espinosa.

A abordagem educativa na região Central está programada para os dias 17 e 18 das 16h às 18h e das 9h às 11h, respectivamente, na MG-129, próximo a Itabira.

Na região Centro Oeste, aconteceu dia 17 o comando educativo na rodovia MG-050, quilômetro 132, das 13h às 15h, e no quilômetro 109 nos dias 18 e 21, das 9h às 17h. No dia 17, das 14h às 23h, a equipe esteve na MG-164, quilômetro 90, em Martinho Campos.

O comando educativo na região do Alto Paranaíba está programado para ocorrer entre os dias 16 a 21 das 8h às 17h nas MGs 190, 223, 188, 428 e 235; nas AMGs 1805 e 900; MGC 354 e BR-352.

Blitze ocorrerão na região Noroeste do estado nas MG 202, quilômetros 404 e 445 e quilômetros 1 e 32, próximos aos municípios de Arinos e Buritis, e MG 188, quilômetros 149,165 e 171.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: DER/MG divulga orientações para quem vai fretar veículos no Carnaval

Para verificar se a empresa contratada está regularizada, basta ligar para uma das 40 coordenadorias do DER espalhadas pelo território mineiro

Bernadete Amado
O veículo irregular estará sujeito à abordagem dos fiscais do DER/MG
O veículo irregular estará sujeito à abordagem dos fiscais do DER/MG

Para proporcionar mais segurança aos motoristas que planejam viajar durante o feriado de Carnaval, período com grande aumento do fluxo de veículos nas rodovias, o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) divulga algumas dicas para quem vai fretar transporte.

O interessado deve verificar se a empresa está devidamente cadastrada no DER/MG, ligando para o órgão e informando a placa do veículo ou código da empresa, ou ainda, exigindo do transportador a autorização do órgão para circular e transportar passageiros. Além disso, deve verificar se o condutor é habilitado e se o veículo está em bom estado de conservação com os itens de segurança obrigatórios.

O diretor de Fiscalização do DER/MG, João Afonso Baeta Costa Machado, lembra que o veículo irregular estará sujeito à abordagem dos fiscais do DER/MG e se não estiver dentro das conformidades previstas em Lei, será impedido de continuar a viagem e os passageiros serão obrigados a desembarcar do veículo.

Para verificar se a empresa contratada está regularizada, basta ligar para uma das 40 coordenadorias do DER/MG espalhadas pelo território mineiro. Em Belo Horizonte, poderá ligar para (31) 3235 1168.

Outras dicas

A coordenadora do Núcleo de Educação para o trânsito do DER/MG, Rosely Fantoni, destaca, ainda, a importância de manter a atenção totalmente voltada para a condução, dirigindo de maneira defensiva e de acordo com as leis de trânsito. “Algumas pesquisas mostram que grande parte dos acidentes nas rodovias é causada por falhas humanas. Dirigindo com cautela, sem a ingestão de bebidas alcoólicas e respeitando à sinalização, o motorista evita acidentes”, afirma.

A obrigatoriedade do uso do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo e a necessidade das crianças serem levadas em cadeirinhas apropriadas para se ter uma viagem segura foram outros pontos abordados por Rosely Fantoni.

Antes de começar a viagem é preciso mais alguns cuidados, como realizar a revisão do automóvel em uma oficina de confiança, observando itens como equipamentos obrigatórios, mecânica e elétrica. “Os veículos desregulados podem provocar excesso de fumaça preta e fuligem, aumento do consumo de combustível, desgaste do motor, dificuldade de visibilidade nas estradas e danos à saúde e ao meio ambiente”, aponta Rosely Fantoni.

Mais um fator determinante para uma viagem segura e sem imprevistos é procurar conhecer bem o trajeto a ser percorrido. No site do DER/MG, o usuário pode verificar a situação da malha rodoviária. Além disso, na Central de Atendimento Telefônico do órgão, número 155, opção 6, o motorista pode se informar sobre as condições das MGs e ocorrências causadas por chuvas.

Em caráter preventivo, o Núcleo de Educação para o Trânsito do DER/MG já programou diversas blitze educativas de carnaval em todo o Estado de Minas Gerais.

Fonte: Agência Minas

Governo de Minas: DER libera trecho da LMG-779 entre Itabira e João Monlevade

Homens e máquinas do DER-MG tiraram mais de 2.720 caminhões de terra do local, que estava interrompido por uma queda de barreira

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG) liberou nesta terça-feira (31) o tráfego na LMG-779, no trecho que liga Itabira a João Monlevade, na região Central. Uma queda de barreira no quilômetro 18,5, com mais de 40 mil metros cúbicos de terra, impedia a passagem de veículos.

Homens e máquinas do DER-MG encheram mais de 2.720 caminhões de terra, que despejaram o material em três bota-foras próximos ao local. O tráfego médio no trecho é de cerca de dois mil veículos/dia e, com a interrupção, os motoristas foram obrigados a fazer um trajeto alternativo.

O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, afirmou queo Governo de Minas, por meio do DER-MG, vem trabalhando de forma intensa e ininterrupta para garantir a volta da normalidade do tráfego nas rodovias mineiras.

Melles também elogiou o trabalho com as populações atingidas pelas chuvas. “Um belo trabalho, coordenado pela Defesa Civil, garantiu água, remédios, roupas e alimentos, oferecendo o mínimo de dignidade às comunidades atingidas, hoje assistidas e com a vida retornando em um ritmo de normalidade”, disse o secretário.

O diretor-geral do DER-MG, José Elcio Monteze, destacou os investimentos que o Estado vem fazendo na recuperação da infraestutura de Minas, através do Programa de Recuperação e Manutenção Rodoviária (ProMG). “Se não fossem esses investimentos, os prejuízos poderiam ser maiores, devido ao grande volume de chuva”, explicou.

Balanço

Outro ponto da LMG-779 que sofreu as consequências das chuvas intensas foi o quilômetro 22, que está com o tráfego em meia pista, em função de afundamento do asfalto. Técnicos do DER-MG estimam que até a próxima semana o pavimento seja recuperado e o problema, resolvido, com a reconstrução de um novo bueiro.

Desde o início do período chuvoso, o DER-MG já liberou mais de 66 trechos de estradas estaduais e federais delegadas, de um total de186 ocorrências. O órgão tem intensificado os trabalhos em diversas regiões atingidas pelas chuvas, com a mobilização de máquinas e homens para atuar na desobstrução e recuperação de estradas afetadas.

Atualmente há sete trechos totalmente interrompidos, 77 com tráfego em meia pista, 24 segmentos precários, nove operando com variantes e três com limite de peso. Todos os trechos estão sinalizados e monitorados pelas equipes do DER-MG.

Fonte: Agência Minas

Blog do Anastasia – Governo de Minas: secretário de obras vai a Brasília em busca de recursos para rodovias mineiras

BRASÍLIA (19/01/12) – O secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Carlos Melles, e o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER-MG), José Elcio Monteze, estiveram em Brasília para reuniões nos ministérios dos Transportes, Integração Nacional e Agricultura, com objetivo de pleitear recursos para a recuperação dos estragos provocados pelas chuvas em Minas. Uma quarta reunião foi realizada no Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes (Dnit) para tratar do projeto de recuperação do Anel Rodoviário.

Os custos apresentados foram divididos entre as rodovias federais delegadas ao Estado, com investimento previsto de R$ 36 milhões, e as estradas estaduais com investimento de R$ 118 milhões. O secretário Carlos Melles explicou que o custo das MGs foi apresentado ao ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, e o custo das rodovias federais delegadas, ao ministro dos Transportes, Paulo Sergio. “Ambos consideram os valores pertinentes. O próximo passo será a apresentação desses valores à presidente Dilma Roussef, na próxima semana”, afirmou Melles.

No total, o levantamento que o DER-MG fez, para a recuperação da malha rodoviária atingida pelas chuvas, representa um investimento de R$ 154 milhões. “No primeiro momento, o trabalho da Secretaria de Obras e o DER tem se concentrado na garantia das condições de tráfego nas rodovias estaduais mineiras e o apoio emergencial aos municípios atingidos pelas chuvas no estado”, explicou o secretário.

Agricultura

A reunião com o ministro de Estado, Interino, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, José Carlos Vaz, foi solicitada pelo Governo de Minas, em função da preocupação com relação à população do interior, onde predominam as estradas vicinais de terra. “A chuva causa muitos transtornos na comunicação do homem do campo com a cidade. Os caminhos ficam interrompidos, o que impede o transporte da produção e interrompe a chegada de bens e serviços. Com a aproximação do início do período letivo de 2012, a preocupação se volta para a rede de estradas vicinais, por onde as crianças buscam acesso a escola”, explicou o secretário.

Na avaliação feita pelo DER-MG, dos 174 municípios em estado de alerta decretado, a estimativa é de que existam cerca de 50 quilômetros de estradas vicinais, o que chegaria a um total de 8,7 mil quilômetros, onde seriam encontrados pontos críticos que necessitam de recuperação. O custo para a realização de intervenções, apresentado ao Ministério da Agricultura, foi de R$ 261 milhões. Somente com os levantamentos da Defesa Civil são mais 330 pontes destruídas e mais de 450 danificadas, o que prejudica o deslocamento das pessoas.

Para atender a essa demanda específica, o secretário Melles explicou que o governador Anastasia autorizou o procedimento para a aquisição de materiais necessários para montagem pelos municípios de cerca de 600 pontes. “Além disso, a Setop está colocando um sistema de gestão de informações de emergência, o Sigem, que deverá facilitar e acelerar o processo de comunicação entre as prefeituras e a secretaria, possibilitando um diagnóstico das intervenções de emergência, bem como de possíveis atendimentos a serem realizados através de doações de materiais”, concluiu Melles.

Anel Rodoviário

No Dnit o tema central da reunião com o diretor-geral Jorge Ernesto Pinto foi a licitação para execução do projeto executivo das obras de reforma do Anel Rodoviário de Belo Horizonte, com custo estimado de R$ 20 milhões.

Fonte: Agência Minas