Governo de Minas: Corpo de Bombeiros lança Operação Carnaval 2012

Foco será nas atividades educativas e de prevenção a afogamentos e acidentes

Divulgação/CBMMG
Durante os dias de festa, serão empregados 3,3 mil bombeiros em todo o Estado
Durante os dias de festa, serão empregados 3,3 mil bombeiros em todo o Estado

Reduzir o número de afogamentos e acidentes, além de fazer com que a população aproveite a folia com mais segurança. Esses são os principais objetivos da Operação Carnaval, que será lançada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) na próxima sexta-feira (17). Este ano, o foco da operação será nas ações de prevenção e orientação à população. Durante a ação, que termina na Quarta-feira de Cinzas (22), também serão implantados pontos base nas principais rodovias que cortam o Estado e realizadas vistorias em locais com grande concentração de pessoas.

De acordo com o major Gouveia, do Comando de Operações do Corpo de Bombeiros, os batalhões instalados em Belo Horizonte e no interior poderão reforçar essas estratégias de acordo com as características de sua região. “Nosso objetivo é prestar um serviço eficiente e garantir que todos os mineiros e turistas possam brincar o Carnaval, com toda a segurança”, afirma o oficial.

A operação Carnaval também é um reforço da operação Veranico, lançada no dia 21 de janeiro. Até o mês de março, equipes de bombeiros permanecerão de plantão nos finais de semana, em locais de grade concentração de pessoas, como lagoas, represas e cachoeiras.

Durante os dias de festa, serão empregados 3,3 mil bombeiros em todo o Estado. Em Montes Claros, no Norte de Minas, e Governador Valadares, no Leste do Estado, regiões que concentram, juntas, 85 balneários, 566 militares estarão de prontidão. Toda a atividade será apoiada pelo Batalhão de Operações Aéreas, com dois helicópteros Arcanjo.

As equipes estão intensificando o seu treinamento para atuarem durante os dias de folia. A primeira etapa, realizada nos dias 9 e 10 de fevereiro, envolveu a formação de 22 multiplicadores, que vão disseminar os conhecimentos em todos os batalhões, pelotões e companhias do interior. Já a segunda etapa, realizada até o dia 16, vai enfatizar o treinamento em salvamento aquático para os 192 bombeiros que atuarão como guarda-vidas em balneários. Todas as atividades envolverão instruções de salvamento em piscinas, lagos e rios, com instrução prática nesses locais. Durante as aulas, serão utilizados equipamentos como barcos motorizados, botes infláveis e Jet Ski.

Além de preparação de seu pessoal, o Corpo de Bombeiros vai investir também nas ações educativas em todo o Estado, com distribuição de material informativo e orientação à população sobre as principais condutas preventivas para evitar os acidentes.

Cidades Históricas

As cidades históricas de Mariana, Sabará, Ouro Preto, Tiradentes, São João del-Rei e Diamantina vão receber um reforço de equipes de bombeiros durante o Carnaval. Além de bombeiros do efetivo dos Batalhões e pelotões, será acionado o efetivo de um batalhão emergencial. Apenas em Diamantina, no Vale do Jequitinhonha, cidade com 44 mil habitantes, são esperados cerca de 60 mil foliões nos quatro dias de festa.

Pontos base do Corpo de Bombeiros durante o Carnaval

BR 040 – cruzamento com BR 356, próximo ao Alphaville (Sta Lúcia)
BR 040 – km 568, Posto da Receita Estadual (Sede)
MG 262 – Trevo de Mariana (Ouro Preto)
Trevo do Bairro Betânia (BH) – Anel Rodoviário (Barreiro)
BR 381 – Entrada do Município de Igarapé/MG (REGAP)
BR 040 – Bairro Veneza, Ribeirão das Neves/MG (Ribeirão das Neves)
BR040/262 – Bairro João Pinheiro, Posto de Combustível Ipiranga, BH/MG (Ceasa)
BR 262 – Trevo de Juatuba, Posto da Receita Estadual (Juatuba)
BR 381, Trecho Ravena / Caeté (Caiçara/Sabará)
BR 381- Trevo de Barão de Cocais (Nova União)
MG 010, km 22 Posto da PMMG (Vespasiano)
MG 010/MG 424 – Sentido Prudente de Morais (PA Venda Nova)
BR 040 – no posto da PRF, km 765, próximo ao bairro Dias Tavares (Sede)
MG 353 – Posto PMMG, próximo ao bairro Grama (Sede)
BR 040 – km 700, Trevo- Posto Cabana (Barbacena)
MG 383 – sentido a Entre Rios de Minas (São João Del Rei)
BR 040 – Posto da PRF, Congonhas (Conselheiro Lafaiete)
BR 265 – Posto PMMG (Ubá)
BR 116 – Posto da PRF (Muriaé)
MG 497 – Km 55 posto Cinqüentão, sentido Prata/MG (Sede)
BR 365 – Posto Parada Bonita (Sede)
BR 365 – Próximo ao Posto Doidão, sentido Uberlândia (Patrocínio)
BR 354 – KM 18, próximo à Pamonharia do Agnaldo (Patos de Minas)
BR 251 – Unidade SAAE/Unaí – sentido Brasília (Unaí)
BR 365 – TREVÃO (Ituiutaba)
BR 050 – posto da PRF sentido Uberlândia (Araguari)
BR 040 – km 47, sentido Brasília Posto da PRF de Paracatu (Patos de Minas)
BR 381 – sentido a Belo Oriente em frente ao estádio Ipatingão (Ipatinga)
BR 381 – km 346, Próximo ao Cinco Estrelas (Itabira)
MG 111 – Alto Caparaó (Manhuaçú)
BR 116 – próximo ao Posto da PRF (Teófilo Otoni)
BR 116 – com BR 381, sentido Alpercata (Sede)
BR 458 – próximo à estação de tratamento de água da COPASA (Cel. Fabriciano)
BR 135 – KM 375, Posto da PRF, saída para BH/MG (Sede)
BR 251 – KM 513, Posto da Receita Estadual (P.A Rio Verde)
BR 251 – Sentido Rodovia Rio/Bahia, Salinas/MG (Sede)
MG 122 – KM 15, sentido a Porteirinha (Janaúba)
MGC 259 – km 01, entroncamento com a BR 135, Curvelo/MG (Curvelo)
BR 367 – km 590 próximo ao Ponto Real D’Ávila (Diamantina)
BR 365 – Km 154, posto PRF sentido a Jequitaí (Pirapora)
BR 135 com BR 040 – sentido Pompéu (Sete Lagoas)
BR 050 – Posto da PRF (Sede)
MG 427 – Posto da PMMG (Sede)
BR 262 – Posto da PRF, sentido a Uberaba (Araxá)
BR 153 – Posto PRF em Frutal (Frutal)
MG 167 – Próximo ao Posto Geraldo Lima (Sede)
BR 381 – KM 742, Rod. Fernão Dias, Posto Novo Rio (Três Corações)
BR 265 – Trevo de Ribeirão Vermelho/MG (Lavras)
BR 459 – km 12, Próximo à PRF, saída de P. de Caldas/Pouso Alegre (P. de Caldas)
BR 146 – km 530, bairro Cohab (Poços de Caldas)
BR 491 – Trevo com MG 179, Alfenas/MG (Alfenas)
BR 381 – Km 870, Posto da PRF, Bairro Cruz Alta (Pouso Alegre)
MG 290 – KM 01, Posto da PRE , bairro Vista Alegre (Pouso Alegre)
BR 459 – Próximo ao Distrito Industrial de Itajubá/Piranguinho (Itajubá)

Fonte: Agência Minas

Blog do Anastasia – Governo de Minas: Campanha de solidariedade inicia entrega de doações às vítimas das chuvas

 

BELO HORIZONTE (11/01/12) – Quinze toneladas de donativos e materiais de ajuda humanitária foram encaminhadas, nesta quarta-feira (11), a famílias atingidas pelas chuvas no Estado. Essa é a primeira entrega de doações, arrecadadas pelo Movimento Minas Solidária, campanha de solidariedade às vítimas das chuvas, lançada no último dia 6 pelo Governo de Minas. A campanha está sendo executada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) em parceria com o Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas).

O primeiro comboio do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais saiu às 9h30, da Academia de Bombeiros, em Belo Horizonte, levando alimentos, leite em pó, roupas, calçados, material de higiene e limpeza e fraldas descartáveis para os municípios de Jeceaba, Juatuba, Ponte Nova e São João del-Rei.

Já foram arrecadadas 130 toneladas de alimentos e outros materiais essenciais ao suprimento das necessidades básicas da população, como higiene e limpeza. Segundo a Cedec, nesta quarta-feira (11) cerca de 25 mil pessoas estavam desalojadas e mais de 2,4 mil desabrigadas, em 182 municípios mineiros.

Para a presidente do Servas, Andrea Neves da Cunha, a solidariedade do povo mineiro demonstra o esforço de todo um Estado para ajudar aqueles que sofrem com perdas em decorrência das fortes chuvas.

“O ritmo da campanha está, felizmente, muito positivo. Já arrecadamos, de sexta-feira até hoje, 130 toneladas de alimentos e, nesse momento, eu gostaria de agradecer a cada um que pode colaborar com esse esforço que, na verdade, é um esforço de toda Minas Gerais. Esse é o primeiro comboio, vamos chamar assim, que já está partindo com essas doações, 15 toneladas estão saindo hoje para quatro municípios atingidos pelas chuvas. Nossa expectativa é que possamos continuar todos juntos mobilizados porque infelizmente ainda estamos atravessando um período difícil para Minas Gerais”, disse Andrea Neves.

Segundo o secretário-executivo da Cedec-MG, coronel Eduardo César Reis, os materiais de ajuda humanitária irão ajudar famílias que, hoje, estão sem acesso a produtos de necessidades básicas, levando em conta que, além de residências, o comércio das cidades atingidas pelas chuvas também foi afetado.

“O balanço inicial da campanha é altamente positivo, reflete o espírito de solidariedade do povo mineiro que é externado a cada dificuldade que a comunidade enfrenta em razão do período das chuvas. Sabemos, por exemplo, no caso de Guidoval, que boa parte da área comercial da cidade foi afetada e isso inviabiliza o acesso das pessoas a terem suas necessidades básicas de alimentação, de vestuário e de higiene atendidas, porque eles não vão encontrar no mercado local esses itens”, explica o coronel Eduardo.

O secretário-executivo da Cedec-MG disse que a Defesa Civil já distribuiu um volume significativo de cestas básicas, em torno de 10 mil unidades, além de colchões, cobertores, roupas, medicamentos, lonas plásticas, kits de higiene e de limpeza, que foram entregues à população logo após a ocorrência dos desastres.

Distribuição

Uma força tarefa com 50 bombeiros militares e com meninos que integram o projeto social “Voluntários da Cidadania” fizeram o carregamento de três caminhões, uma carreta e dois furgões do Corpo de Bombeiros, com as cestas básicas e o material de ajuda humanitária.

A prioridade é arrecadar leite em pó, fraldas, material de higiene e de limpeza, além de utensílios domésticos. Segundo Andrea Neves, o Governo de Minas se compromete a fazer com que as doações cheguem a quem precisa. A campanha durará o tempo indispensável ao suprimento dessas necessidades. “Estamos todos juntos acompanhando o desenvolver das chuvas, para que possamos estar o mais próximo possível dessas centenas de famílias até o momento em que elas possam retomar a sua rotina de vida diária. O nosso compromisso com cada um que fizer doação é garantir que essa doação chegue a quem realmente precisa”, destacou.

Nos municípios beneficiados, esse material será distribuído às famílias pelas coordenadorias municipais de Defesa Civil, em um trabalho articulado entre o Governo de Minas, por meio da Cedec, do Servas, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, com o apoio das prefeituras. A Defesa Civil e o Servas dispõem de recursos para o transporte dos donativos. “Também vamos solicitar às prefeituras municipais que tiverem condições para buscar os donativos em uma unidade da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros mais próxima, fazendo com que o recurso chegue imediatamente à comunidade”, explicou coronel Eduardo.

As doações podem ser feitas nas unidades do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, na capital e no interior, e também na sede do Servas, em Belo Horizonte, localizada na avenida Cristóvão Colombo, nº 683, bairro Funcionários. As doações financeiras devem ser depositadas no Banco do Brasil, C/C 64.529-X, agência 1229-7.

Também acompanharam a saída do primeiro comboio do Corpo de Bombeiros com os donativos o chefe interino de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, major Rubem Cruz; o superintendente técnico operacional da Cedec, major Edylan Arruda; e o chefe de comunicação da Polícia Militar, major Freitas.

Fonte: Agência Minas

Blog do Anastasia – Gestão Antonio Anastasia: Movimento Minas Solidária beneficia primeiras cidades mineiras

BELO HORIZONTE (10/01/12) – A primeira entrega de doações arrecadadas pelo Movimento Minas Solidária às famílias afetadas pelas chuvas que atingem o Estado será feita nesta quarta-feira (11). Um comboio do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais sairá, às 9h, da Academia de Bombeiros, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte, levando 15 toneladas de donativos aos municípios de Jeceaba, Juatuba, Ponte Nova e São João del-Rei. Integram o comboio três caminhões, uma carreta e dois furgões do Corpo de Bombeiros.

Na ocasião, a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Andrea Neves da Cunha, e o chefe interino de Comunicação Social do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, Major Rubem Cruz, acompanharão a saída do comboio e estarão à disposição da imprensa para entrevistas.

Entre os produtos doados estão alimentos, leite em pó, roupas, calçados, material de higiene e limpeza e fraldas descartáveis. Todo o material é proveniente de doações feitas à campanha de solidariedade às vítimas das chuvas, lançada no último dia 6, pelo Governo de Minas – e executada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) em parceria com o Servas, por meio do Movimento Minas Solidária. Podem ser doados leite em pó, fraldas descartáveis, material de higiene e limpeza, roupas e utensílios domésticos. Nos municípios beneficiados, esse material será distribuído às famílias pelas coordenadorias municipais de Defesa Civil.

As doações podem ser feitas nas unidades do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, na capital e no interior, e também na sede do Servas, em Belo Horizonte, localizada na avenida Cristóvão Colombo, nº 683, bairro Funcionários. As doações financeiras devem ser depositadas no Banco do Brasil, C/C 64.529-X, agência 1229-7. A campanha vai beneficiar cerca de 12 mil pessoas, em 167 municípios mineiros.

Evento: Envio de donativos para municípios atingidos pelas chuvas.

Local: Academia do Corpo de Bombeiros, Rua Piauí nº 1815, bairro Funcionários, Belo Horizonte.

Data: Quarta-feira, 11 de janeiro de 2012.

Horário: 9h.

Fonte: Agência Minas

Blog do Anastasia – Gestão Antonio Anastasia: bombeiros mobilizam todo o efetivo no enfrentamento ao período chuvoso

BELO HORIZONTE (06/01/12) – O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais vem mobilizando todo o seu efetivo para as ações de enfrentamento ao período chuvoso. Uma força-tarefa com mais 4.000 homens, em todas as regiões do Estado, vem desempenhando ações diversas, com grupamentos especializados em salvamentos e resgates em casos de enchentes e inundações. As ações da corporação podem ser empregadas de forma imediata, em todos os municípios mineiros, por meio de deslocamento aéreo ou terrestre, reduzindo o tempo de atendimento aos acidentes causados pelas chuvas. Desde outubro, o Corpo de Bombeiros já atendeu a cerca de 2.000 ocorrências, entre o salvamento de vítimas, operações emergenciais em localizações inundadas e vistorias em imóveis e encostas. Mais de 180 pessoas foram resgatadas pelos Bombeiros em enchentes e inundações, desde outubro.

O Corpo de Bombeiros também atendeu a casos de desabamentos e quedas de árvore – trabalhos que envolvem, ainda, a retirada de pessoas em áreas de risco e a distribuição de donativos. Todos os recursos utilizados pela corporação no atendimento às ocorrências relacionadas às chuvas que atingem o Estado, com atuação efetiva de equipes operacionais, viaturas, embarcações e aeronaves, foram intensificados. Em Guidoval, na Zona da Mata, os Bombeiros montaram unidades de atendimento emergencial para o auxílio nos trabalhos de reconstrução da cidade – atingida por temporais nos últimos dias.

Orientações sobre riscos em Ouro Preto

O risco de deslizamentos de terra em Ouro Preto é a principal preocupação do Corpo de Bombeiros. Com o anúncio de que neste final de semana a chuva deve voltar a atingir a cidade, os Bombeiros aconselham a população a ficar alerta.

Segundo o Sargento Luciano, a qualquer movimentação de terreno, trincas em barrancos ou nas casas, as pessoas devem procurar um local seguro para se abrigarem. “Caso visualizem barrancos ou árvores de grande porte caindo atrás das casas, é necessário evacuar a área imediatamente”, enfatiza. Ele afirma, ainda, que na cidade o risco maior é o de deslizamentos, já que Ouro Preto possui muitos barrancos e encostas.

Desde o início do período de chuvas foram registrados 268 desabamentos e aproximadamente 55 famílias foram removidas na cidade com o auxílio da Defesa Civil Estadual. No período mais crítico, o Corpo de Bombeiros do município contou com o apoio da corporação de Belo Horizonte, totalizando 55 militares envolvidos.

Ações preventivas em Pirapora

O 4º Pelotão do Corpo de Bombeiros, sediado em Pirapora, Norte de Minas, está auxiliando a retirada de moradores das ilhas sediadas às margens do Rio São Francisco – que está tendo o volume de água elevado, em virtude da abertura das comportas da barragem de Três Marias. Cerca de 80 famílias trabalham com o plantio de diversos tipos de lavouras nas ilhas e, em virtude do aumento do volume de água, a tendência nos próximos dias é que as áreas sejam totalmente inundadas.

A orientação para que as famílias saiam das ilhas foi iniciada na semana passada pelo Corpo de Bombeiros, quando as chuvas começaram a cair com maior intensidade em diversas regiões do Estado. Apesar da retirada dos trabalhadores das ilhas, o Corpo de Bombeiros informa que as famílias não estão enfrentando dificuldades de alojamento em outros locais, pois possuem residências em Pirapora e Buritizeiro, município também localizado às margens do Rio São Francisco. O trabalho de retirada das famílias está sendo intensificado nesta semana, após a Cemig ter enviado comunicado às unidades do Corpo de Bombeiros avisando sobre a abertura das comportas da barragem de Três Marias.

O Rio São Francisco já está cerca de dois metros acima do nível normal e a previsão é de que o volume de água aumente nos próximos dias. O reservatório da usina hidrelétrica de Três Marias está cheio e as comportas começaram a ser abertas gradativamente quarta-feira à tarde. Ainda no Norte de Minas, com o alto índice de chuvas, a Cemig está atuando intensamente no monitoramento dos níveis dos reservatórios das usinas da empresa, a fim de amenizar os efeitos das cheias, que atingem várias comunidades ribeirinhas. Em um trabalho integrado, a Cemig também está em constante contato com a Defesa Civil dos municípios.

Força máxima em Governador Valadares

Já o 6º Batalhão de Bombeiros Militar, em Governador Valadares, atua com todos os militares disponíveis para ajudar as famílias atingidas pelas enchentes do Rio Doce. Todo o efetivo, inclusive do setor administrativo, está empenhado no socorro às vítimas. Com a forte chuva que atingiu a cidade nos últimos dias, o Rio Doce subiu cerca de quatro metros. Parte dos bairros de Santa Rita, São Pedro, Jardim Alice e JK, além da Ilha dos Araújos foram inundados. Muitas pessoas ficaram ilhadas e foram resgatadas por meio de barcos. Até agora, cerca de 250 pessoas foram retiradas de suas casas. Não houve registro de feridos. Ainda na madrugada desta sexta-feira (6), o Corpo de Bombeiros compareceu ao distrito de Baguari, onde um deslizamento de um barranco atingiu uma casa.

Após a previsão de fortes chuvas para este início do mês de janeiro, o Corpo de Bombeiros de Governador Valadares fez um trabalho educativo com as famílias que moram em áreas de risco de deslizamentos e de inundações na cidade. “Visitamos, junto com  Defesa Civil, as áreas de risco e fizemos várias blitze educativas orientando a população de como deve proceder em caso de enchentes. Até agora não foram registrados feridos nas áreas inundadas”,  disse o major Neri de Mattos, subcomandante do 6º Batalhão.

O mesmo trabalho de prevenção com as populações ribeirinhas foi feito na cidade de Conselheiro Pena, onde o Rio Doce também está acima do nível normal. Até agora, não foram registradas ocorrências de destaque. As águas do Rio Doce devem continuar subindo até a parte da tarde, quando devem começar a voltar ao nível normal. Até a situação ser controlada, os Bombeiros seguem em alerta máximo. “Caso seja preciso, acionaremos as pessoas que estão de folga”, afirmou o major Mattos.

Fonte: Agência Minas

Blog do Anastasia – Governo de Minas: Campanha do Corpo de Bombeiros orienta a população para os perigos das chuvas

BELO HORIZONTE (26/12/11) – O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) lançou a segunda etapa da campanha de prevenção contra os perigos da chuva. O objetivo é alertar a população sobre os principais cuidados a serem tomados para evitar os acidentes provocados nesse período.

A campanha está sendo desenvolvida com a veiculação no Estado, pelas principais emissoras de rádio e TV, de dicas para o período chuvoso. Foram produzidos spots e VT’s de 30 segundos com orientações específicas sobre algumas precauções que devem ser tomadas, pela população em geral, especialmente pelos moradores de áreas de risco, em caso de raios, chuvas e trovões. Na primeira etapa da campanha foram realizadas diversas ações preventivas em todo o Estado, com distribuição de material informativo à população.

Para o assessor de imprensa do Corpo de Bombeiros, Capitão Frederico Pascoal, a parceria com os órgãos de imprensa é essencial para o sucesso da campanha. “Dessa forma iremos atingir mais facilmente as pessoas em todo o Estado. O apoio da  mídia é fundamental para alcançar o nosso objetivo,  atingir todos os públicos, da pessoa mais simples a mais bem informada. Afinal, esses cuidados podem ser úteis para todos”, alerta.

A principal estratégia da campanha, que tem como tema “A chuva tem perigos que você não vê”, é estimular na população o comportamento de prevenção. O objetivo é que ela saiba antever e lidar com as situações de risco trazidas pelas chuvas. A campanha ficará no ar até fevereiro de 2012, quando termina o período crítico das chuvas, que vai de outubro a abril.

Para evitar possíveis transtornos, o Corpo de Bombeiros recomenda os seguintes cuidados:

Tempestades

Se estiver chovendo forte ou trovejando, fique dentro de sua casa ou procure um lugar onde você possa se abrigar, desde que não seja uma área de risco.  Evite viajar durante chuvas fortes e nunca dirija por estradas alagadas. Se notar que seu carro poderá ser arrastado pelas águas, pare, abandone o veículo e procure um local seguro.

Raios

– Desligue aparelhos elétricos das tomadas;

– Fique longe de janelas;

– Não fique próximo de árvores ou postes, porque eles atraem raios;

– Não fique em pé em campo aberto;

– Evite campos de futebol, praias e outros locais abertos;

– Não retire roupas de varais de arame durante as chuvas fortes;

– Mantenha distância de alambrados, cercas, linhas telefônicas e elétricas, assim como estruturas metálicas em geral;

– Permaneça dentro do carro, já que automóveis oferecem excelente proteção contra raios;

– Não fique dentro da água;

– Use o telefone somente em casos de emergência.

Deslizamentos de terra e desmatamentos

– Evite desmatar os morros, pois sem vegetação o solo fica sujeito a deslizamentos;

– Jamais plante bananeiras nas encostas, já que elas deixam a terra mais frágil;

– Fique atento para os sinais de perigo, como árvores, paredes, postes ou muros inclinados, portas e janelas emperradas e paredes com trincas ou barrigas;

– Rochas também são muito perigosas, especialmente se estiveram muito expostas na terra, em local sem vegetação e acima de sua casa;

– Abandone a área de risco com rapidez, mas sem correrias. Ninguém deve se preocupar em levar objetos;

– Evacue a área, evitando que pessoas desabilitadas ou curiosos entrem no local.

Prevenção

– Mantenha ralos e calhas limpos, para que o fluxo de água não seja interrompido;

– Tenha cuidado ao realizar a limpeza no telhado, evitando quedas;

– Não jogue lixo em calçadas, bueiros, rios, córregos ou galerias;

– Fique atento às notícias pelo rádio ou televisão sempre que puder, principalmente em dias de chuvas fortes. Isso pode evitar que você se coloque em situação de risco;

– Limpe os locais atingidos pela água e lama usando botas e luvas, assim você evita doenças graves, como a leptospirose;

– Não reaproveite alimentos que possam ter sido atingidos pelas águas das chuvas, mesmo os que estejam fechados em pacotes, pois algumas embalagens podem ser de material absorvente, o que propicia a contaminação;

– Febres, diarreia, vômitos e dores de cabeça ou no corpo, após o contato com águas de inundação, podem indicar doenças, como a leptospirose e hepatite A, e a pessoa deve ser encaminhada ao posto de saúde mais próximo.

Cuidados após a limpeza

O verão está chegando. Época de viajar, de curtir a natureza, de praticar esportes e também de se proteger. Afinal, é no verão que as chuvas aparecem, expondo você a algumas situações de risco.

Seguindo estas dicas, você se protege e aproveita só o que o verão traz de bom.

Fonte: Agência Minas