Governo de Minas: Sete inicia nova etapa de preparação dos trabalhadores mineiros

 

O seminário do Programa Travessia Renda vai preparar os professores para iniciar as ações de qualificação profissional

O professor de matemática Grauton Amaral trabalha com educação há oito anos e é a primeira vez que ele vê os jovens de sua cidade animados para conhecer mais sobre a construção civil. “Iniciamos o cadastramento de jovens que se interessem em fazer um curso de alvenaria ou de eletricista. Foi surpreendente a vontade e a procura. Hoje vemos que 40 vagas será pouco para nossa cidade”, comemora o professor da cidade de Mata Verde no Norte de Minas. Estes e outros depoimentos estão sendo apresentados no Seminário de Alinhamento das Ações do Programa Travessia Renda, realizado pela Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete), nesta quinta-feira (10), na cidade de Janaúba, Norte de Minas. A iniciativa reuniu os professores e instrutores que vão iniciar os cursos de qualificação profissional do Travessia Renda em 40 cidades do Norte de Minas.

Durante a abertura, o secretário da SETE, Carlos Pimenta, destacou as ações sociais do Governo de Minas. “As obras que mais marcam a vida das pessoas são as obras sociais e o Governador Anastasia está fazendo isto muito bem. O Travessia, que é um grande programa coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedese), tem feito um belo trabalho e nós, da Secretaria de Trabalho, estamos atuando com o Travessia Renda, em um eixo primordial para este governo que é a geração de renda para as famílias. Queremos que os cidadãos tenham a oportunidade de ter uma formação e ganhar sua própria renda”, enfatizou o secretário.

Representando os municípios beneficiados, o prefeito de Janaúba, José Benedito, agradeceu os benefícios que têm chegado à Janaúba e região. “Nós somos testemunhas da presença do Governo de Minas nesta região. Hoje o Norte de Minas tem se transformado a cada dia e sabemos que o emprego é o principal fator”.

As discussões continuam nesta sexta-feira (11), e já na segunda-feira (14), as aulas já devem começar em todos os municípios que recebem as ações do Travessia Renda.

Compromisso

Na quarta-feira (2), o governador em exercício, Dinis Pinheiro, e o secretário Carlos Pimenta, assinaram o Termo de Compromisso do Travessia Renda, no Palácio Tiradentes, em Belo Horizonte. Para este ano, a meta do Governo de Minas é qualificar 3.200 trabalhadores nestes municípios. A contribuição para execução do programa será de R$ 8,6 milhões.

Inclusão social e produtiva

O Travessia Renda faz parte do Programa Travessia, lançado em 2008 com o objetivo de promover a inclusão social e produtiva da população pobre do Estado. Por meio do programa são desenvolvidas ações simultâneas e articuladas entre várias secretarias e órgãos públicos estaduais nas áreas de saúde, educação, saneamento, emprego e renda. Os cursos de qualificação, promovidos pelo Governo de Minas em parceria com a iniciativa privada, buscam atender a demanda dos municípios participantes do projeto.

Além do Travessia Renda, fazem parte do Programa Travessia os projetos “Porta a Porta”, responsável por identificar as reais necessidades da população pobre do Estado; o “Travessia Social”, que desenvolve ações para minimizar as privações sociais das famílias; o “Com Licença Vou à Luta”, que promove a inclusão social e econômica de mulheres com mais de 40 anos desempregadas e de baixa escolaridade e o “Banco Travessia”, que visa incentivar o retorno e a inserção de pessoas aos estudos, com abertura de uma poupança para cada pessoa que retomar às salas de aula. Uma família pode receber até R$ 5 mil. Em 2012, serão repassados R$ 140 mil para as dez agências do Banco Travessia já em funcionamento.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/sete-inicia-nova-etapa-de-preparacao-dos-trabalhadores-mineiros/

Governo de Minas: Banco Travessia amplia rede de inclusão social em mais 30 municípios mineiros

Programa do Governo de Minas vai beneficiar mais 22 mil famílias em várias regiões do Estado

Rômulo Ávila
Apenas até 2011, o Programa Travessia beneficiou 154 cidades mineiras
Apenas até 2011, o Programa Travessia beneficiou 154 cidades mineiras

A partir desta terça-feira (8), mais 30 agências do Banco Travessia serão inauguradas pelo Governo de Minas em várias regiões do Estado. A expectativa é que famílias de quase 22 mil domicílios sejam beneficiadas. O projeto faz parte do novo escopo do Programa Travessia, coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese).

As primeiras inaugurações serão nas cidades de Natalândia, nesta terça-feira (08), às 17h; e em Santa Fé de Minas (11), às 18h. A previsão é que até o final de junho todas as unidades estejam prontas para atender a população dos 30 municípios.

Com a iniciativa, o Banco Travessia passa a atender 40 cidades mineiras, já que outras unidades estão em funcionamento em dez municípios: Sabará, Confins, Capim Branco, Presidente Kubitschek, Arinos, Matutina, Juiz de Fora, Ninheira, Santo Antônio do Jacinto e Itinga.

Banco Travessia

Lançado pelo Governo de Minas, em setembro de 2011, o Banco Travessia visa incentivar o retorno das pessoas aos estudos e, consequentemente, aumentar as chances de inserção no mercado de trabalho.

Para conhecer a real demanda das famílias por escolaridade, o projeto utiliza o diagnóstico do Porta a Porta, também coordenado pela Sedese. Cada morador dessas cidades inserido no programa, e que retomar os estudos, vai abrir uma poupança para a família no Banco Travessia. Se passar de ano, garante mais dinheiro no banco.

Cada ação da família que garanta qualificação profissional ou eleve o nível de escolaridade também será transformada em mais dinheiro na poupança. A permanência no programa pode ser de dois ou três anos, e uma família pode receber, no máximo, R$ 5 mil.

Próximas inaugurações

As próximas inaugurações de agências do Banco Travessia estão previstas para Lagoa dos Patos, em 15 de maio; São João do Pacuí e Campo Azul, no dia 17; Joaquim Felício, em 22 de maio; Santo Antônio do Itambé e Serranópolis de Minas, no dia 24 de maio; Josenópolis e Alvorada de Minas, no próximo dia 25; Santo Hipólito e Ponto Chique, em 29 de maio; Presidente Juscelino, no próximo dia 31; Dom Joaquim e Quartel Geral, em 01 de junho.

Já as cidades de Campanário, Carvalhos, Consolação, Diogo de Vasconcelos, Fernandes Tourinho, Frei Lagonegro, Ibituruna, Marilac, Nacip Raydan, Oratórios, Passabém, Pescador, São Geraldo da Piedade, São José da Safira e São José do Divino deverão contar com agências do Banco Travessia até junho.

Programa Travessia

O programa foi lançado em 2008 e é coordenado pela Sedese. O Travessia visa, por meio de ações articuladas junto a várias secretarias e órgãos estaduais, promover a inclusão social e produtiva da população, bem como minimizar as privações sociais em que esta população se encontra. Até 2011, o Travessia beneficiou 154 cidades.

Neste ano, o Travessia ganhou um novo escopo e foi divido estrategicamente em sete projetos: Porta a Porta, Travessia Social, Travessia Renda, Travessia Saúde, Travessia Educação, Banco Travessia e Com Licença Vou à Luta.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/banco-travessia-amplia-rede-de-inclusao-social-em-mais-30-municipios-mineiros/