Gestão Anastasia: Caravana Mães de Minas mobiliza população da Zona da Mata

Programa de atenção integral às mulheres e crianças do Governo de Minas estará em Juiz de Fora

Henrique Chendes
Caravana Mães de Minas visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro
Caravana Mães de Minas visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro

A partir desta sexta-feira (04), Juiz de Fora, na Zona da Mata, recebe a 4ª parada da Caravana Mães de Minas, parte do Programa Mães de Minas, realizado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

A iniciativa conta com a parceria da Secretaria Municipal de Saúde de Juiz de Fora, Pastoral da Criança, Polícia Militar de Minas Gerais, Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e a Unimed para redução da mortalidade materna e infantil no Estado. O evento ocorrerá de 9h às 17h30, até o próximo domingo (06), na quadra da Escola de Samba Feliz Lembrança, avenida Antônio Guimarães Peralva, nº126, Bairro Barbosa Lage.

Para o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a caravana será fundamental para unir esforços que garantam a prioridade da causa em Minas. “Ao cuidarmos da concepção ao primeiro ano de vida, buscando mobilizar a sociedade para transformar a maternidade no maior patrimônio dos mineiros, nós estamos plantando uma infância mais saudável. E quem planta uma infância mais saudável, terá adiante uma sociedade mais saudável”, destacou.

Gestantes, mães com crianças de até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. A caravana é um espaço composto por estandes, nos quais o público terá acesso ao cadastramento no 155;  oficina de aleitamento materno; oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; oficina sobre o parto normal; oficinas de brinquedos; cabine de vídeo e foto; roda de memória e a exposição do “túnel da vida”.

Caravana

A ação constitui importante frente de mobilização do Programa Mães de Minas e visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro, permanecendo em cada cidade durante três dias. A caravana que já passou por Belo Horizonte, Ribeirão das Neves e Divinópolis e visitará outros nove municípios: Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher. A capacitação foi acompanhada pela SES e pelo Unicef, instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Mães de Minas

Em 2003, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais implantou a Rede Viva Vida, que reúne uma série de medidas com a finalidade de oferecer atenção integral às mulheres e crianças e, também, reduzir as taxas de mortalidade infantil e materna neste Estado.

Para o ano de 2012, foi estruturado o Programa Mães de Minas, que é um recorte da rede Viva Vida de Atenção Integral à Saúde da Mulher e da Criança e, como tal, deverá estimular um processo de mobilização social que contemple monitoramento e acompanhamento das mães e de seus filhos até um ano de idade, pelo sistema telefônico. Esse processo deverá envolver Estado e sociedade civil para reunir esforços com vistas à redução da mortalidade infantil e materna.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas 9996 gestantes e mães, em 647 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ser acompanhadas.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; ligam para saber sobre o parecer médico e resultado de exames, se foram diagnosticadas com gravidez de alto risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-mobiliza-populacao-da-zona-da-mata/

Governo de Minas: município de Divinópolis receberá Caravana Mães de Minas

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Entre os dias 13 e 15 de abril, Divinópolis, no Centro-Oeste do Estado, recebe a 3ª parada da Caravana Mães de Minas, parte do Programa Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde (SES) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado. O evento será realizado das 9h às 17h30, no Ginásio Polisesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo, 625, bairro Niterói.

Gestantes, mães com crianças até um ano de idade e familiares poderão participar de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. A caravana é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público terá acesso ao cadastramento no 155; à oficina de aleitamento materno; à oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; à oficina sobre o parto normal; às oficinas de brinquedos; à cabine de vídeo e foto; à roda de memória; e à exposição do “túnel da vida”.

Para o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques, a caravana será fundamental para unir esforços que garantam a prioridade da causa em Minas. “Ao cuidarmos da concepção ao primeiro ano de vida, buscando mobilizar a sociedade para transformar a maternidade no maior patrimônio dos mineiros, nós estamos plantando uma infância mais saudável. E quem planta uma infância mais saudável, terá adiante uma sociedade mais saudável”, destacou.

Caravana

A ação constitui importante frente de mobilização do Programa Mães de Minas e visitará 12 municípios mineiros no período de 16 de março a 26 de setembro, permanecendo em cada cidade durante três dias. A Caravana já passou por Ribeirão das Neves e por Belo Horizonte. Outros municípios que vão receber a caravana são: Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A capacitação foi acompanhada pela SES e pela Unicef, instituição que também desenvolve ações em parceiras com o Governo de Minas no combate à mortalidade infantil e materna no Norte e Nordeste do Estado.

Mães de Minas

Para o ano de 2012, foi estruturado o Programa Mães de Minas, que constitui um recorte e diferencial da Rede Viva Vida de Atenção Integral à Saúde da Mulher e da Criança e, como tal, deverá estimular um processo de mobilização social que contemple monitoramento e acompanhamento das mães e de seus filhos até um ano de idade, pelo sistema telefônico. Esse processo deverá envolver Estado e sociedade civil na direção de unir esforços com vistas à redução da mortalidade infantil e materna.

Serviço 155

Para ser acompanhada e garantir uma gravidez saudável, a gestante assistida pela rede pública e particular deve ligar para o call center 155 e se cadastrar no Sistema de Identificação da Gravidez. Já foram cadastradas, até o momento, 5093 gestantes de 377 municípios mineiros. Feito o cadastro, as mulheres passam a ser acompanhadas.

A equipe de atendentes é formada por avós e mães treinadas para oferecer atendimento humanizado. Elas checam se a gestante foi à consulta agendada; e ligam para saber sobre o parecer médico, resultado de exames e, por exemplo, se foram diagnosticadas com gravidez de risco.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/municipio-de-divinopolis-recebera-caravana-maes-de-minas/

Gestão da Saúde: Caravana Mães de Minas promove ações em Belo Horizonte

As mães participaram de oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança

Henrique Chendes/SES-MG
Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares
Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares

A Caravana Mães de Minas desembarcou, neste final de semana, em Belo Horizonte e reuniu futuras mamães que participaram de diversas oficinas e atividades de formação e sensibilização voltadas ao acompanhamento da gravidez e da criança. O evento aconteceu na Escola Municipal Isaura Santos, no Barreiro.

Além das gestantes, também participam das ações mães com crianças até um ano de idade e familiares. Os papais também participarem das oficinas, como foi o caso de Arnaldo Santos Machado, pai de um menino de 3 anos e de uma menina de 5 meses. “Acredito que mais que incentivar e cuidar das gestantes, o Mães de Minas oferece a oportunidade de conhecimento para se ter um melhor convívio com a família. Além das mães o programa incentiva também uma consciência paternal e contribui com experiências que consequentemente serão passadas aos filhos”, afirmou.

A Caravana Mães de Minas é um espaço composto por nove estandes, nos quais o público tem acesso ao cadastramento no 155;  oficina de aleitamento materno; oficina de cuidados com o bebê e com a gestante; oficina sobre o parto normal; oficinas de brinquedos; cabine de vídeo e foto; roda de memória e a exposição do “túnel da vida”.

O programa é uma iniciativa da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) para redução da mortalidade materna e infantil no Estado e Belo Horizonte foi a segunda cidade a receber a Caravana. A primeira foi Ribeirão das Neves. Outros 10 municípios vão participar da ação: Divinópolis, Juiz de Fora, Varginha, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Teófilo Otoni, Patos de Minas, Uberaba e Uberlândia.

A caravana

A Caravana é formada por uma equipe de 15 pessoas, entre técnicos da área de saúde, lideranças comunitárias e profissionais com experiência em trabalhos voltados para a mulher.

A oficineira e assistente social Launa Nara, conta que uma das maiores dúvidas e medos das gestantes tem a ver com o tipo de parto a ser adotado. “Muitas mães, principalmente as de primeira viagem, possuem muitas dúvidas sobre o parto normal, o parto cesárea e, também, sobre os procedimentos médicos. Procuro explicar que neste momento a gestante deve ficar tranquila e realizar o tipo de parto recomendado pelo médico. Acho que em cada oficina a minha função é quebrar os mitos e os medos das grávidas”, afirmou.

Muitas gestantes que esperam o segundo ou terceiro filho participam também da Caravana e, muito interessadas, anotam tudo o que é passado. Este foi o caso de Elaine Beatriz Marques que está grávida de cinco meses e aguarda ansiosamente a chegada do segundo filho. “As oficinas para mim foram maravilhosas. Muito do que aprendi irei utilizar com o meu segundo filho, como o uso correto das fraldas, a forma correta de dar o banho e o preparo da mamadeira. Aprendi muito e pretendo colocar tudo em prática.”

Divinópolis será a próxima parada da Caravana Mães de Minas, nos dias 13,14 e 15 de abril. O evento será das 9h às 17h30, no Ginásio Poliesportivo Vereador José Costantino Sobrinho, Rua do Chumbo,625, Bairro Niterói.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caravana-maes-de-minas-promove-acoes-em-belo-horizonte/