Caminhos de Minas: gestão eficiente nas rodovias

Caminhos de Minas: gestão eficiente. Anastasia dá continuidade ao Proacesso iniciado por Aécio e anuncia investimento de R$ 3,2 bilhões.

Caminhos de Minas: gestão eficiente

Fonte: Agência Minas

Caminhos de Minas – O governador Antonio Anastasia anunciou nesta segunda-feira (06/08), no Auditório Juscelino Kubitschek, na Cidade Administrativa, o início de novas obras e licitações para projetos do programa Caminhos de Minas. Foram anunciados o início de trabalhos em quatro trechos e a abertura de licitação para 56 rodovias. Três trechos incluídos no programa já estão em andamento. O governador anunciou a licitação para elaborar projetos executivos em dez outros trechos.

Governo do Estado está investindo R$ 3,2 bilhões nesta etapa do programa Caminhos de Minas, recursos que serão utilizados para pavimentação de 1.955,6 quilômetros de rodovias, beneficiando diretamente 107 municípios e 4 milhões de pessoas.

 Caminhos de Minas: gestão eficiente nas rodovias

Caminhos de Minas: gestão eficienteAnastasia dá continuidade ao Proacesso iniciado por Aécio e anuncia investimento de R$ 3,2 bilhões.

Para Anastasia, asfaltar as estradas significa prosperidade e desenvolvimento. “Com esse grande programa, o Caminhos de Minas, que se inicia, através das licitações e das obras, estamos fazendo a integração histórica de regiões do Estado, diminuindo distâncias, fazendo economia, e, sobretudo, fomentando em Minas um ambiente de bons negócios, para atrairmos grandes empresas, ampliar aquelas que já estão aqui e cumprir a prioridade absoluta de nosso governo, que é gerar empregos de qualidade para os mineiros”, afirmou o governador.

Caminhos de Minas, lançado em 2010, tem como objetivo ampliar e melhorar a infraestrutura logística dos municípios e regiões. É o maior programa rodoviário na história de Minas Gerais, envolvendo a implantação de 7.775 novos quilômetros de rodovias, distribuídos por 234 trechos, beneficiando diretamente 303 municípios e 7,3 milhões de mineiros.

O programa vai impulsionar a comunicação nas diversas regiões do Estado, além de desviar tráfego das rodovias troncais, propiciando maior segurança e mais tranquilidade e rapidez no deslocamento de pessoas, bens e cargas, com reflexo direto no desempenho da economia mineira.

Por exemplo, com a construção dos três trechos “Bom Jesus do Amparo – Nova União”, “Nova União – Taquaraçu de Minas e Contorno de Nova União” e “Taquaraçu de Minas – Entroncamento para Santa Luzia/Jaboticatubas”, será possível aos moradores desses municípios chegarem a Belo Horizonte sem precisar trafegar pela BR-381, uma das mais movimentadas do Estado.

 Caminhos de Minas: gestão eficiente nas rodovias

É o maior programa rodoviário na história de Minas Gerais, envolvendo a implantação de 7.775 novos quilômetros de rodovias, distribuídos por 234 trechos, beneficiando diretamente 303 municípios e 7,3 milhões de mineiros

Na solenidade, Anastasia lembrou-se de quando surgiu a ideia de implantação do Caminhos de Minas, que atende reivindicações históricas de várias regiões do Estado. “Nós tínhamos uma expressão, até com uma palavra inglesa, chamada links faltantes, ou seja, as ligações entre as cidades, porque nós todos sabemos que depois de uma obra feita, há a necessidade de que outra seja realizada”, disse ele, explicando que, após a realização do Programa de Pavimentação de Ligações e Acessos Rodoviários aos Municípios (ProAcesso), lançado em 2004, pelo Governo do Estado, com o objetivo de ligar por asfalto os 225 municípios que ainda não tinham ligação asfáltica, surgiu a necessidade de criação do Caminhos de Minas.

Acesso facilitado

A implantação do trecho Brasilândia de Minas – Entroncamento para Paracatu, no Noroeste do Estado vai reduzir em aproximadamente cem quilômetros o trajeto entre as duas cidades. Quem sai de Belo Horizonte com destino ao Serro, se optar por viajar somente em via pavimentada percorre, hoje, cerca de 330 quilômetros através das rodovias BR-040, BR-135, BR-259 e MGC-259. Com a pavimentação do trecho Conceição do Mato Dentro-Serro, o percurso, utilizando a MG-010, será de 225 km.

Quem vai de São José Goiabal até Timóteo tem de percorrer atualmente 160 quilômetros. Quando as obras do Caminhos de Minas forem concluídas na via, o percurso terá cerca de 70 quilômetros.

O prefeito do Serro, Guilherme Simões Neves, que falou na solenidade em nome de todos os municípios, disse que o Caminhos de Minas promoverá, de imediato, impactos positivos no desenvolvimento do Estado.

“Nós podemos afirmar que, com suas metas arrojadas e por sua abrangência, o programa será algo absolutamente extraordinário na conta do progresso do Estado. Ele facilitará os atendimentos em saúde, na rede de educação, na área social, na segurança e na economia”, destacou o prefeito.

Também participaram da solenidade no Auditório Juscelino Kubitschek o vice-governador Alberto Pinto Coelho, o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Dinis Pinheiro, o senador Aécio Neves, secretários de Estados, parlamentares e prefeitos e lideranças dos municípios beneficiados.

Caminhos de MinasGestão Eficiente – Link da matéria: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governador-anastasia-anuncia-construcao-de-19-mil-quilometros-de-rodovias/

Clique aqui e veja a relação dos 73 trechos desta etapa do Caminhos de Minas e os municípios diretamente beneficiados.

Gestão Antonio Anastasia: Caminhos de Minas realiza obras na MG-383 entre Jeceaba e São Brás do Suaçuí

Na execução das obras estão previstos investimentos da ordem de R$ 165 milhões

O Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DER/MG) está realizando obras de pavimentação no trecho entre o Entroncamento da BR/040 – São Brás do Suaçuí – Jeceaba, na região Central de Minas, por meio do programa Caminhos de Minas.

As obras executadas no local contemplam serviços de restauração e aumento da capacidade, implantação e pavimentação de 45,8 km nas rodovias BR/383 e MG/155; construção de ponte sobre o Rio Paraopeba; construção de viaduto na interseção com a MG/155; alargamento e restauração da ponte Rio Paraopeba; construção de viaduto sobre a BR/040 e construção de viaduto sobre as tubulações da Transpetro.

Na execução das obras estão previstos investimentos da ordem de R$ 165 milhões, incluindo execução das obras, fornecimento e transporte de material betuminoso, apoio a supervisão e desapropriação. O prazo de execução é de 24 meses.

Atenção redobrada

Em função das obras, os motoristas que trafegam na MG-383 devem redobrar a atenção ao passarem pelo trecho.  Para a execução dos trabalhos é necessária a paralisação periódica e programada do tráfego de veículos no local, o que vem provocando retenções. Como alternativa para quem vai para os destinos turísticos da região como São João del-Rei e Tiradentes, o DER sugere que os motoristas  passem por Barbacena e Barroso. O desvio acrescenta 50 quilômetros o trajeto, mas sem retenções.

Caminhos de Minas

A obra está incluída no Programa Caminhos de Minas e será de vital importância para o atendimento à logística de transportes do complexo siderúrgico da Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil (VSB), instalado em Jeceaba e que foi inaugurado no final de 2010.

O Caminhos de Minas prevê o asfaltamento de cerca de 8 mil quilômetros de estradas, com investimentos da ordem de R$ 12 bilhões.  O programa tem por objetivo asfaltar rodovias que ligam regiões e cidades do Estado. Segundo o governador Anastasia sobre o programa, são estradas estratégicas, colocadas entre regiões e que são fundamentais para o desenvolvimento econômico de determinadas áreas de nosso Estado.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/caminhos-de-minas-realiza-obras-na-mg-383-entre-jeceaba-e-sao-bras-do-suacui/

Blog do Anastasia – Governador de Minas sanciona leis que autorizam contratação de empréstimos

BELO HORIZONTE (27/12/11) – O governador Antonio Anastasia sancionou, nesta terça-feira (27), três leis que autorizam o Governo de Minas a contrair empréstimos junto a bancos nacionais e estrangeiros. Parte dos recursos será usada para implantar projetos em áreas de grande importância para o desenvolvimento de Minas Gerais, como infraestrutura rodoviária e urbana e melhoria da segurança, e a outra para pagar uma dívida que o Estado tem com a Cemig. Todas essas operações têm a autorização e a aprovação do governo federal.

“São projetos muito importantes para o desenvolvimento de Minas Gerais. Graças à nossa boa estrutura fiscal e financeira, pudemos encaminhar esses projetos de lei à Assembleia Legislativa”, destacou o governador.

No último dia 10 de novembro, em conjunto com outros estados, o governador Antonio Anastasia assinou com a presidente Dilma Rousseff a revisão do programa de ajuste fiscal, o que possibilitou captar financiamento de até R$ 3 bilhões junto a instituições de fomento nacionais e multilaterais. Os projetos do governo estão em condições favoráveis e mostram que Minas cumpriu todas as exigências constantes do programa de ajuste fiscal e da Lei de Responsabilidade Fiscal.

“Precisamos sempre da autorização do governo federal. É o chamado aval do Tesouro Nacional. Essas operações só são possíveis porque Minas Gerais cumpriu o chamado ajuste fiscal, ou seja, fizemos o nosso dever de casa ao longo desses anos. Isso é muito positivo porque nos permite levantar recursos para os investimentos tão necessários para o desenvolvimento de nosso Estado”, explicou Antonio Anastasia.

Caminhos de Minas

Duas leis sancionadas pelo governador autorizam o Estado a captar empréstimos para serem investidos no Caminhos de Minas, programa de infraestrutura rodoviária do Governo de Minas, e em ações de melhorias de infraestrutura dos municípios, mobilidade urbana e segurança pública.

“Vamos colocar esses recursos basicamente em um programa muito importante chamado Caminhos de Minas, que significa a construção de novas estradas asfaltadas entre as regiões de Minas Gerais. É um programa que já foi lançado, estamos fazendo os projetos para realizarmos as licitações das estradas e vamos obter esses recursos junto aos organismos nacionais e internacionais para financiar essas estradas. Teremos também a destinação de parte desses recursos para a área de segurança pública, sempre uma prioridade no nosso governo, bem como na mobilidade, ou seja, na questão viária e de tráfego das grandes cidades de Minas Gerais”, ressalta Anastasia.

A Lei n° 19.966 autoriza a contrair empréstimo junto ao Japan Bank for International Cooperation (JBIC) de até US$ 300 milhões, para financiar as ações do Estado referentes à infraestrutura rodoviária, definidas no Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG). Será ampliada a capacidade de rodovias que exercem o papel integrador de regiões socioeconômicas interdependentes no Estado. O Caminho de Minas contribuirá para a superação de inúmeros gargalos emergenciais e elos faltantes para o desenvolvimento de infraestrutura rodoviária mineira.

As operações de crédito junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) são autorizadas pela Lei n° 19.969 e permite ao Estado buscar créditos de até R$ 1,35 bilhão.

Este empréstimo permitirá que o Estado faça intervenções em infraestrutura que visam à expansão ordenada da Região Metropolitana de Belo Horizonte, tornando-a mais competitiva e favorecendo a mobilidade sustentável. Os recursos também serão investidos na modernização do sistema prisional e na melhoria da gestão integrada de defesa social, priorizando ações para a redução dos índices de criminalidade e o aumento da sensação de segurança dos mineiros, além de infraestrutura viária.

Renegociação da dívida

O pagamento da dívida que o Estado tem com a Cemig resultará em benefícios para ambos. A Cemig por receber antecipadamente uma dívida que se estenderia até 2035, e o Estado verá seu débito reduzido, além de pagar juros menores. Com o pagamento antecipado, o montante da dívida será reduzido em R$ 1,9 bilhão, ou seja, sai de R$ 5,43 bilhões, atualizados em outubro de 2011, para R$ 3,45 bilhões.

A Lei n° 19.964 autoriza o Estado a captar recursos junto ao Banco Internacional para Reconstruções e Desenvolvimento (BIRD), ao Banco Credit Suisse AG e à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), destinadas à reestruturação dessa dívida com a Cemig. Com essas operações, o Estado melhorará o perfil de seu endividamento, uma vez que os juros serão mais baratos, caindo de 8,18% para 4,6% ao ano. Isso significa uma redução de 44%.

“Estamos trocando uma dívida de curto prazo e com juros altos por uma dívida que se transforma de mais longo prazo e com juros menores. Na realidade, a Cemig está concedendo para o pagamento à vista um desconto e vamos levantar recursos junto a bancos nacionais e internacionais para pagar a dívida com esse desconto. Com esse recurso, a Cemig vai investir na melhoria dos seus serviços. Ficaremos devendo menos e pagando juros bem menores. Tudo com a autorização do governo federal”, disse ao governador.

Para amortizar a dívida com a Cemig, o Estado compromete cerca de 65% dos dividendos a que teria direito de receber anualmente. Com isso, esse montante fica liberado para outros investimentos que visam o desenvolvimento do Estado.

Fonte: Agência Minas

Anastasia apresenta programa Minas Logística para o Triângulo Mineiro

Antonio Anastasia destaca proposta do Minas Logística para o desenvolvimento do Triângulo Mineiro

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Em Frutal, ao lado de Aécio e Itamar, governador afirma que programa visa atrair novas empresas e gerar empregos de qualidade na região

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, destacou nesta terça-feira (14/09), em Frutal (Triângulo Mineiro), que, reeleito, pretende implantar uma rede de infraestrutura capaz de transformar Minas Gerais no “Estado logístico do Brasil”. A proposta está no seu Plano de Governo para o período de 2011 a 2014, lançado na semana passada. O objetivo é constituir uma rede de transporte integrada, composta por rodovias, hidrovias e ferrovias, que serão capazes de atrair novas empresas e gerar empregos de qualidade para a região.

Anastasia participou de carreata e caminhada em Frutal ao lado dos candidatos ao Senado da Coligação “Somos Minas Gerais”, Aécio Neves e Itamar Franco, e do presidente estadual do PSDB, deputado Narcio Rodrigues. Em entrevista na chegada a Frutal, o governador destacou que o Triângulo Mineiro, devido à posição geográfica, próxima a grandes centros consumidores, será uma das mais privilegiadas dentro do projeto Minas Logística.

“O nosso Plano de Governo foi lançado na semana passada e é um plano muito inovador, que prevê a criação de um programa chamado Minas Logística, que vai atender muito a região do Triângulo. Para dar mais infraestrutura e atrair mais empresas, prevê a criação de incentivos estratégicos para empresas gerarem mais empregos. Há uma grande obsessão com a criação de empregos de qualidade, com a qualificação profissional, com a melhoria da saúde, educação, segurança e infraestrutura. Ou seja, estamos apresentando propostas em todos os segmentos, para dar continuidade e inovar”, afirmou Antonio Anastasia.

O governador também destacou que o programa Estado Logístico será a continuidade de todos os investimentos em infraestrutura realizados nos últimos anos pelo Governo do Estado, durante o seu mandato e do ex-governador Aécio Neves. De 2003 a 2009, o Estado já investiu R$ 10,2 bilhões em pavimentação e melhoria de estradas, modernização de aeroportos, oferta de sinal de telefonia celular, saneamento básico e reforma, construção e modernização de hospitais, unidades básicas de saúde e escolas.

Caminhos de Minas
Dentro da proposta do Estado Logístico está o Caminhos de Minas, maior programa de obras viárias em execução no País. Por meio dele, serão pavimentados 222 trechos, com mais de 7 mil quilômetros de rodovias que fazem ligações regionais entre os municípios mineiros. O principal objetivo é garantir condições de competitividade para o transporte da produção da região, que concentra boa parte das usinas de cana-de-açúcar do Estado.

“Colocamos no programa Caminhos de Minas, três trechos aqui na cidade e que vão atender bastante e melhorar a infraestrutura, trazendo mais conforto e qualidade de vida aos habitantes de Frutal”, disse Antonio Anastasia.

Além do Caminhos de Minas, o projeto Minas Logística inclui ainda construção de hidrovias, busca de apoio junto ao governo federal em relação às ferrovias, além de investimentos em energia, telefonia celular e saneamento básico.

Crescimento nas pesquisas
O governador também comentou o resultado da pesquisa Ibope, divulgada na noite de ontem, que o colocar nove pontos percentuais à frente do candidato do PMDB, Hélio Calixto Costa. Segundo ele, o crescimento de sua candidatura comprovado pelas pesquisas eleitorais é resultado do trabalho de levar suas propostas aos mineiros de todas as regiões de Minas Gerais.

“Levar a nossa mensagem, nossas propostas, recebendo das lideranças e das pessoas sugestões ao Plano de Governo. A explicação é que as pessoas passaram a nos conhecer melhor, a reconhecer nosso trabalho, a continuidade do que Aécio Neves realizou. Reconhecem que as nossas propostas são melhores e que estamos trabalhando firmemente para o desenvolvimento do Estado. Então, isso significa o crescimento nas pesquisas, passamos e vamos ganhar as eleições”, disse Antonio Anastasia.

Na pesquisa realizada entre os dias 10 e 12 de setembro o governador subiu nove pontos ultrapassando a marca de 40% dos eleitores mineiros. Anastasia obteve 41% das intenções de votos, enquanto o candidato adversário, Hélio Calixto Costa, caiu para 32%.

A pesquisa tem margem de erro de dois pontos percentuais. Foram entrevistados 1.806 eleitores. Está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 70.286/2010.

Recepção calorosa
Ao lado de Aécio Neves, Itamar Franco, Narcio Rodrigues e do prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão (PP), Anastasia foi recebido pela prefeita de Frutal, Maria Cecília Marchi Borges (PR), por lideranças políticas e apoiadores do grupo “Feliz Idade”, composto por 50 idosos, moradores de Conceição das Alagoas, também no Triângulo Mineiro.

Os candidatos seguiram em caravana até o centro da cidade, acompanhados por mais de 100 veículos, com buzinaço, ao longo de todo o trajeto. Ao chegarem à Praça da Matriz, no coração da cidade, eles foram recebidos com fogos de artifício. Anastasia, Aécio e Itamar fizeram caminhada pelo comércio, onde tiraram fotos e cumprimentaram eleitores.

Durante um pequeno pronunciamento, os candidatos foram ouvidos por centenas de pessoas no quarteirão fechado da rua Cônego Machado, no centro da cidade. Além da população de Frutal, comitivas dos municípios de Itapagipe, Planura, Conceição das Alagoas, Fronteira, Iturama, Carneirinho, União de Minas, Limeira do Oeste, Campina Verde, Pirajuba e São Francisco de Sales.

A população presente ressaltou o trabalho que vem sendo realizado pelo Governo de Minas e o compromisso dos governadores Aécio Neves e Antonio Anastasia com o desenvolvimento do Triângulo Mineiro.

“Acho que eles passam confiança para a comunidade, para os eleitores, mostram que estão presentes, que se preocupam com as questões relacionadas à região e que assim, o eleitor fica mais tranquilo, mais confiante. A gente vem acompanhando o trabalho deles dentro da política e são pessoas que têm mostrado um bom desempenho, compromisso com os interesses do povo”, afirmou a enfermeira Sirce Soares.

“Só de você andar aqui no Triângulo Mineiro, você nota a diferença que temos depois que o Aécio Neves entrou. E agora, confiamos muito no professor Anastasia”, disse o motorista David Custódio da Silva.

A prefeita de Frutal ressaltou que o apoio à candidatura de Antonio Anastasia se deve à seriedade e o comprometimento do governador com o desenvolvimento do Estado. “Ficamos honrados em recebê-lo porque acreditamos em seu trabalho, confiamos em sua seriedade, e a gente tem a certeza de que o melhor para Minas Gerais é Anastasia governador. Anastasia representa seriedade e comprometimento com a educação, com a saúde, com a habitação, com o social”, afirmou a prefeita.

Anastasia encerra visita ao Vale do Jequitinhonha com grande festa preparada pela população de Almenara

04/09/2010 Notícia do dia Deixar um comentário

Visita ao Vale do Jequitinhonha termina com grande festa da população

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Surpreso e emocionado com a grandiosa festa, Anastasia afirma que Almenara será um polo de entroncamento rodoviário com as obras do Proacesso e do Caminhos de Minas

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, o ex-governador Aécio Neves e o ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado pela Coligação “Somos Minas Gerais”, encerraram a visita ao Vale do Jequitinhonha, na tarde de hoje (03/09), com uma surpreendente festa em Almenara. Milhares de pessoas foram às ruas para recepcionar os candidatos, em um clima de grande empolgação que tomou conta de toda a cidade.

Ainda surpreso e emocionado com a festa dos moradores de Almenara, o governador Antonio Anastasia confirmou que, reeleito, continuará investido na infraestrutura viária no Vale do Jequitinhonha. Segundo ele, a intenção é fazer com que a região de Almenara se torne um dos principais entroncamentos rodoviários do semi-árido mineiro.

Pelo Proacesso, foram investidos R$ 21,5 milhões para a pavimentação de 36,5 quilômetros do trecho entre Rubim e o entroncamento da MGT-367. Em todo Jequitinhonha, foram R$ 317 milhões em 24 trechos concluídos, totalizando 641 quilômetros. Ainda estão em andamento outros 15 trechos (477 quilômetros), com investimentos de R$ 290 milhões e previsão de conclusão para o final deste ano.

Pelo programa Caminhos de Minas, está prevista a pavimentação de 151 quilômetros de estradas que ligam Pedra Azul e Salto da Divisa a Almenara. Em todo o Estado serão 22 trechos pavimentados, com a possibilidade de financiamento do Banco Mundial.

“Já apresentamos esse programa ao Banco Mundial, que já assinou positivamente, disse que temos condições a partir do ano que vem de receber os recursos para iniciar o projeto. O programa já começou em alguns trechos e Almenara será um grande polo de entroncamento rodoviário dessa região do Baixo Jequitinhonha. Então, vamos fazer todas essas obras já com financiamento do Banco Mundial a partir do próximo ano”, disse Antonio Anastasia, sendo muito aplaudido pelas lideranças políticas da região.

Festa esperada

Desde o início da manhã, Almenara se preparou para a chegada de Anastasia, Aécio e Itamar. Houve diversos foguetórios ao longo do dia. A recepção calorosa aos candidatos começou ainda no aeroporto, onde dezenas de lideranças municipais e centenas de moradores foram dar as boas vindas, carregando faixas, cartazes e bandeiras.

Anastasia, Aécio e Itamar seguiram em caravana até o centro da cidade e ao longo de todo o percurso, que passou pela avenida Olinto de Miranda, foram saudados pela população das janelas das casas e do comércio. Próximo ao Mercado Municipal, os candidatos fizeram um corpo a corpo com eleitores e foram abraçados pelos moradores.

Apoio maciço de lideranças

Entre as lideranças, os avanços empreendidos pelo Governo de Minas Gerais foram destacados pelos prefeitos de diversos municípios da região. Para a prefeita de Almenara, Fabiany Ferraz (PDT), os investimentos e obras realizados na cidade fizeram a diferença no Vale do Jequitinhonha.

“O professor Anastasia, juntamente com o Aécio Neves, realmente fizeram a diferença no nosso Vale do Jequitinhonha, um vale tão esquecido, que era chamado de vale da miséria. E eles tiraram esse rótulo, nos dando hoje uma vida digna e trazendo recursos, investimentos e obras. Temos orgulho de ser mineiros e apoiá-los”, afirmou a prefeita.

O prefeito de Jequitinhonha, Roberto Botelho (PSDB), que preside a União dos Municípios do Vale do Jequitinhonha (UmVale), que congrega 60 municípios, afirmou que a esperança da região é que a reeleição de Antonio Anastasia garanta a continuidade do trabalho que foi iniciado pelo governador Aécio Neves.

“Desde que o governador Aécio Neves assumiu o Governo de Minas, houve uma política voltada exclusivamente para a região do Vale do Jequitinhonha. A nossa esperança é que o governador Antonio Anastasia, uma vez reeleito dará continuidade àquilo que foi iniciado. Todos nós aqui do Alto, do Médio e do Baixo Jequitinhonha, unidos em torno da UmVale vamos dar todo o apoio necessário a essa pessoa que tem feito muito e com certeza irá fazer ainda mais pela nossa região”, disse.

Pesquisa reflete conquista de apoios

Além de Almenara, Antonio Anastasia, Aécio Neves e Itamar Franco estiveram em Araçuaí, também no Vale do Jequitinhonha e em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Em todas as cidades, Anastasia foi cumprimentado pelo resultado da pesquisa Datafolha, divulgada na manhã de hoje. Ela confirma a disparada da candidatura de Antonio Anastasia na preferência dos eleitores mineiros.

Na medição do Datafolha, o governador subiu 18 pontos nas intenções de voto no Estado em menos de um mês. Na pesquisa Datafolha realizada entre os dias 9 e 12 de agosto, Antonio Anastasia tinha 17% das intenções de voto. Nos números divulgados no dia 27 do mês passado, ele tinha 29%.  Agora Anastasia já tem 35% das intenções de voto.

O candidato do PMDB, Hélio Calixto Costa, continua caindo nas pesquisas. Ele ficou estacionado durante todo o mês de agosto e, na pesquisa de hoje, apresentou uma queda de três pontos, passando de 43% para 40%. A nova pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 31 de agosto e 1º de setembro. Foram ouvidos 1.652 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 66737/2010.

O crescimento da candidatura do governador Antonio Anastasia também foi comprovado pela pesquisa DataTempo/CP2, divulgada hoje. Na medição onde os eleitores declaram espontaneamente o voto ao candidato escolhido, o governador Antonio Anastasia tem 25% da preferência da população e está à frente do seu principal adversário que tem 24%.