Anastasia acredita em vitória em Contagem e Betim

Anastasia faz campanha em Contagem e Betim. Governador reforça campanha de Ademir Lucas e Carlaile Pedrosa.

Anastasia: Eleições 2012

Fonte: PSDB-MG

Governador Antonio Anastasia reafirma apoio a Ademir Lucas, em Contagem, e a Carlaile Pedrosa, em Betim

 Anastasia faz campanha em Contagem e Betim

Governador Antonio Anastasia reafirma apoio a Ademir Lucas, em Contagem

O governador Antonio Anastasia percorreu, neste sábado (15/09), os municípios de Contagem e Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, para mostrar seu apoio aos candidatos tucanos às eleições de 7 de outubro. Anastasia fez caminhadas acompanhado dos candidatos e destacou a importância da eleição de Ademir Lucas, em Contagem, e de Carlaile Pedrosa, em Betim.

Ao coro de “Volta Ademir” moradores do Bairro São Joaquim, na região da Ressaca, em Contagem, receberam Anastasia e Ademir Lucas com muita empolgação. Eles caminharam pela rua Rodrigues da Cunha, uma das principais vias de comércio da região e ouviram demandas da população

“O que eu estou vendo aqui é que o povo de Contagem quer Ademir de volta. Contagem está com saudade da administração de Ademir, voltada para o social, para as pessoas mais humildes. Ademir está sendo reconhecido pelo povo de Contagem como o favorito a ganhar as eleições e está em primeiro lugar em todas as pesquisas”, disse Anastasia.

Anastasia confia em vitória de Ademir no primeiro turno

Anastasia também destacou a importância do envolvimento das lideranças para garantir a vitória de Ademir Lucas no primeiro turno.

“Vamos trabalhar empenhados, de casa em casa, de rua em rua, de bairro em bairro, partindo daqui da Ressaca para toda a Contagem. Vamos levar o nome de Ademir e de Aldo como a chapa que vai devolver à cidade os seus tempos felizes, de desenvolvimento, de emprego, de prestígio. Ademir terá sempre o nosso apoio. Vamos à vitória e ao trabalho, pois Contagem merece muito”, afirmou Anastasia.

Com muito entusiasmo, Ademir agradeceu a presença do governador, das lideranças políticas e da população de Contagem que participou da caminhada.

“Quero agradecer o que foi feito pela nossa cidade, pela nossa região. Aqui na Ressaca a maioria das obras foi construída durante o meu governo. Vamos fazer mais policlínicas e o segundo hospital municipal de Contagem, sempre com o apoio do governador Anastasia. Estamos fazendo uma bela peregrinação pela cidade com os nossos militantes e com os nossos candidatos a vereador. Temos grandes compromissos com Contagem e vamos juntos fazer de Contagem uma cidade melhor para se viver”, concluiu Ademir.

Anastasia afirma compromisso de Carlaile com o desenvolvimento

Em Betim, Antonio Anastasia participou de comício do candidato tucano, o deputado federal Carlaile Pedrosa. O governador e o candidato foram recebidos com muita festa pela população que lotou as ruas do Jardim Teresópolis, maior bairro de Betim.

 Anastasia faz campanha em Contagem e Betim

Em Betim, Antonio Anastasia participou de comício do candidato tucano, o deputado federal Carlaile Pedrosa. O governador e o candidato foram recebidos com muita festa pela população que lotou as ruas do Jardim Teresópolis, maior bairro de Betim.

“Estou aqui estou para trazer sempre uma palavra de apoio, minha e do senador Aécio Neves, a Betim e a Carlaile. Até o dia 7 de outubro vamos trabalhar com muita firmeza para elegermos o melhor para esse povo tão querido de Betim”, disse Antonio Anastasia.

O governador ressaltou que Betim merece ter um prefeito empreendedor, dedicado, trabalhador e comprometido com as causas do desenvolvimento. Anastasia lembrou os oito anos que Carlaile foi prefeito e afirmou que Betim ganhou muito.

“Durante o período que Carlaile foi prefeito, coincidiu, em boa parte, com o governo de Aécio Neves, onde eu fui secretário e vice-governador, e durante esse período, Carlaile não descansou um minuto, trabalhando muito por Betim. E é exatamente por isso que Carlaile é tão querido”, destacou o governador.

“Quero, aqui no Teresópolis, o bairro mais populoso da cidade, dizer que Betim merece a volta de Carlaile à prefeitura, porque o município quer avançar, quer desenvolvimento, emprego, saúde e progresso”, afirmou o governador.

O candidato a prefeito Carlaile Pedrosa agradeceu o apoio do governador Anastasia e do senador Aécio Neves e afirmou que ao assumir a prefeitura de Betim fará o melhor para a população.

“É uma satisfação muito grande ter o apoio do governador Lançamos nosso plano de governo, que sem dúvida nenhuma, é o melhor para melhorar a qualidade de vida da população de Betim”, disse o candidato.

Reta final da campanha

O governador Antonio Anastasia lembrou que faltam três semanas para as eleições, e que os candidatos aliados estão tendo boa aceitação por parte dos eleitores.

“Os candidatos, não só do PSDB, mas dos partidos aliados, estão tendo um reconhecimento maior por parte do povo. Então, fico muito satisfeito com essa constatação, mas vamos continuar trabalhando. Estamos na frente em várias cidades, mas isso não significa que vamos diminuir o ritmo. Ao contrário, é trabalhar com mais vigor, com mais ânimo, para vencer e vencer bem como tenho certeza que venceremos aqui em Betim”, afirmou Anastasia.

Anastasia: Eleições 2012: Link da matéria – http://psdbmgnaseleicoes2012.wordpress.com/2012/09/15/governador-anastasia-reafirma-apoio-a-ademir-lucas-em-contagem-e-a-carlaile-pedrosa-em-betim/

Governo de Minas: fossas ecológicas são implantadas em propriedades de Varginha

Equipamento idealizado pela Emater é solução de baixo custo em saneamento e proteção do Meio Ambiente

Agricultores familiares do município de Varginha, Sul de Minas, encontraram uma alternativa econômica para solucionar problemas de saneamento e evitar prejuízos ao meio ambiente em suas propriedades. Com incentivo da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), que implantou uma Unidade Demonstrativa no município, os produtores estão instalando “fossas ecológicas”.  A ideia é reduzir a contaminação do lençol freático, com economia na construção da obra.

A fossa da Emater-MG tem três metros de comprimento, dois de largura e um metro e meio de profundidade. Cada uma custa cerca de R$500, valor menor do que um modelo industrial, que chega a custar quase R$5 mil. “É uma fossa de baixo custo e fácil construção. O material utilizado é facilmente encontrado e não requer mão de obra especializada”, diz o coordenador técnico regional de Meio Ambiente da Emater-MG de Alfenas, Antônio Henrique Pereira.

Além de ser mais barata, a fossa ecológica evita a contaminação do lençol freático. O interior da fossa é impermeabilizado com uma fina camada de cimento, evitando que os dejetos entrem em contato com o solo e contaminem o lençol freático.

Com o local devidamente cimentado, são colocados brita, areia, entulhos, e forma-se um túnel com pneus velhos. A fermentação da matéria orgânica acontece dentro desse túnel e é anaeróbia (sem oxigênio). Uma outra fermentação, dessa vez aeróbia (com a presença de oxigênio), acontece na zona de absorção das raízes de plantas cultivadas sobre a fossa. De acordo com o extensionista do Escritório da Emater–MG em Varginha, Luiz Geraldo Rezende Reis, os gases absorvidos pelas plantas são liberados na atmosfera, sem cheiro ou contaminação do ambiente. No caso da Unidade montada pela Emater–MG, sobre a fossa foi implantada uma lavoura de inhame.

O extensionista também explica que a fossa ecológica não pode receber gordura nem excesso de água. Dessa forma, a água utilizada no chuveiro e na pia deve ser direcionada para outro local para o tratamento adequado. “A gordura atrapalha os processos de fermentação e evaporação”, diz Luiz Reis.

Depois de conhecerem a Unidade Demonstrativa da Emater–MG, agricultores do município de Varginha optaram pela fossa ecológica. Ao todo são 112 famílias da comunidade dos Martins. Até abril deste ano já foram construídas 60 fossas. Os recursos para as obras foram conseguidos pela União dos Pequenos Produtores de Cafés Especiais dos Martins (Unicafem). A Emater–MG tem orientado os produtores sobre os principais benefícios da fossa ecológica por meio de eventos e visitas técnicas. O objetivo é tornar a prática cada vez mais conhecida e utilizada.

“Com a adoção da fossa ecológica, o produtor rural dará o destino adequado ao esgoto sanitário, entulhos, pneus e estará contribuindo para a melhoria da qualidade da água superficial e subterrânea. Evitará ainda a contaminação do solo e a propagação de doenças, contribuindo para a melhoria do meio ambiente e para a saúde de sua família”, diz o coordenador Antônio Henrique Pereira.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/fossas-ecologicas-sao-implantadas-em-propriedades-de-varginha/

Gestão Anastasia: governo de Minas beneficia famílias do Norte do Estado com projeto de abastecimento de água

Por meio do Minas Sem Fome, moradores de Francisco Sá passam a contar com água encanada

A falta de água, por muitos anos, foi uma realidade na vida das famílias da comunidade São Geraldo, no município de Francisco Sá, região Norte de Minas. Um novo tempo, porém, surge para esses moradores, por meio da implantação do Projeto de Abastecimento de Água de São Geraldo – programa do Governo de Minas, coordenado pela Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater-MG).

O projeto foi implantado em abril deste ano e beneficia 256 famílias. Para levar água até as casas dos moradores da comunidade foi montada uma rede de 22 quilômetros de tubulação. Também foram instalados quatro reservatórios de 100 mil litros, duas bombas para a captação de água e um hidrômetro em cada residência. O valor do investimento chega a R$1 milhão. Os recursos são do programa Minas Sem Fome e da Prefeitura de Francisco Sá.

“Esperamos que esse projeto solucione o problema com falta de água que os moradores da comunidade enfrentavam. Além disso, a partir de agora as famílias terão mais qualidade de vida”, diz o extensionistas da Emater-MG em Francisco Sá, José Eustáquio Barbosa. No dia 6 de maio, será realizada a cerimônia de inauguração do projeto na cidade.

Minas Sem fome

O Minas Sem Fome é um iniciativa do Governo de Minas, executado pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, por meio da Emater–MG, com apoio das prefeituras. O objetivo é implementar ações que contribuam para a inclusão da população de baixa renda no processo produtivo, especialmente agricultores familiares. O programa incentiva a produção de alimentos, agregação de valor e geração de renda, visando à melhoria de suas condições de segurança alimentar e nutricional. A Emater–MG é responsável pela mobilização dos agricultores, assistência técnica, compra e distribuição dos insumos.

Até dezembro de 2012, o Minas Sem Fome deverá atender, em Minas Gerais, 187.860 famílias de agricultores familiares com ações para incrementar as atividades de lavoura, pomares, hortas, apicultura, piscicultura, avicultura, produção de leite, feiras livres, gestão de projeto e apoio a agricultura familiar. A meta financeira para todo o programa este ano é de R$ 4,76 milhões. Os recursos são provenientes do governo de Minas Gerais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/governo-de-minas-beneficia-familias-do-norte-do-estado-com-projeto-de-abastecimento-de-agua/

Gestão da Educação: diretores de escolas estaduais são capacitados em oficinas e atividades lúdicas

Diretores de todas as escolas da rede estadual discutem temas relacionados ao ambiente escolar

Divulgação/SEE
Ao todo 3.762 gestores participam do encontro
Ao todo 3.762 gestores participam do encontro

Licitações, projeto pedagógico e organização do quadro de pessoal são alguns dos assuntos presentes no dia a dia dos diretores de escolas estaduais e que estão sendo discutidos durante toda essa semana, em capacitação organizada pelas Superintendências Regionais de Ensino (SREs). “O objetivo da capacitação é promover o desenvolvimento das competências dos diretores com vistas na elevação dos níveis de eficiência e eficácia da gestão escolar”, ressalta superintendente de Recursos Humanos, Fátima Perillo. Ao todo 3.762 gestores participam do encontro que termina nesta sexta-feira (27).

As capacitações estão sendo realizadas pelas diretorias de financeiro, pedagógico e de pessoal das superintendências. “Houve um envolvimento de todos os setores da Secretaria de Estado de Educação (SEE) para preparar os gestores das SREs para trabalharem como multiplicadores oferecendo aos diretores das escolas estaduais, sejam eles novatos ou reconduzidos, temas diretamente ligados a gestão da escola”, conclui Fátima.

Na Superintendência Regional de Ensino de Conselheiro Lafaiete, a divulgação das regras de utilização do recurso financeiro dos termos de compromisso será feita por meio de um teatro, como explica a diretora Administrativa e Financeira, Elaine Aparecida de Souza. “Temos uma legislação que regulamenta a utilização do recurso público no âmbito da caixa escolar. Já fizemos diversas capacitações e oficinas sobre o tema e dessa vez, além da explicação vamos vivenciar a realidade da caixa escolar por meio de um teatro. Vamos falar, por exemplo, como funciona uma licitação e encenar os erros mais comuns. Com isso, vamos tentar deixar tudo mais claro. A intenção é ensinar”. Na Superintendência, 60 diretores participam do encontro.

O diretor da Escola Estadual Monsenhor Horta, no município de Conselheiro Lafaiete, Paulo Roberto Tavares Batista, ressalta a importância da capacitação. “A capacitação está ajudando bastante. Eles acharam um bom caminho para o repasse das informações”. Paulo atua como diretor da escola desde 2004.

Já na SRE de Patos de Minas as orientações para os gestores estão sendo repassadas por meio de oficinas. “Tentamos buscar atividades práticas que ressaltassem o papel do gestor. Por meio de oficinas e dinâmicas estamos atendendo aos diretores novatos e reconduzidos. Por exemplo, teve uma oficina em que os gestores foram levados para o laboratório informática do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) e entraram no site do Sistema Mineiro de Administração Escolar (Simade) para conhecer as possibilidades do site”, ressalta a diretora da Superintendência, Susie Adriane Silva Pereira.

Durante essa semana, as capacitações estão acontecendo em 42 Superintendências Regionais de Ensino. Nas demais, cinco SREs o encontro não puderam ser realizado por causa de logística ou agenda. Essas Superintendências têm até o dia 31 de maio para realizar a capacitação.

Processo de indicação de diretores

Apesar de ser um cargo de confiança, cuja nomeação é de competência exclusiva do governador, a comunidade escolar teve a oportunidade de indicar os nomes de servidores de sua preferência que atendiam às normas estabelecidas pela SEE para a direção de sua escola. Em processo de consulta, organizado pela Secretaria de Estado de Educação, servidores das escolas, pais e alunos deram suas sugestões por meio do voto.

O resultado do processo de indicação foi apurado pelas comissões organizadoras de cada escola, encaminhado às Superintendências Regionais de Ensino e inseridos em sistema online da secretaria. Pela 7ª vez, a comunidade escolar foi consultada e teve a opção de sugerir os nomes de preferência, antes da nomeação oficializada pelo governador. Em janeiro de 2012, mais de 3700 gestores assumiram a direção das escolas.

Certificação Ocupacional de Dirigente Escolar

Em Minas Gerais, todos os educadores que queriam participar do processo de indicação de diretores de escolas estaduais devem participar do processo de Certificação Ocupacional de Dirigente Escolar. Ao participar do processo, os educadores fazem provas que têm seus conteúdos baseados no Programa de Capacitação a Distância para Gestores Escolares (Progestão). A certificação é concedida ao candidato que obteve o percentual mínimo estipulado para cada competência. A certificação é válida por quatro anos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/diretores-de-escolas-estaduais-sao-capacitados-em-oficinas-e-atividades-ludicas/

Gestão da Saúde: farmácia de Minas já funciona em Santa Bárbara do Monte Verde, na Zona da Mata

opulação do município passa a contar com uso racional de medicamentos do SUS

Divulgação / SES
Nova farmácia vai atender aos 3.500 habitantes do município
Nova farmácia vai atender aos 3.500 habitantes do município

Os quase 3.500 habitantes da cidade de Santa Bárbara do Monte Verde, na Zona da Mata, já podem contar com o atendimento humanizado e diferenciado da Rede Farmácia de Minas. A nova unidade foi inaugurada no município na última terça-feira (25). Neste primeiro semestre, devem ser inauguradas na região outras 10 unidades.

A solenidade contou com as presenças de várias autoridades municipais e estaduais. Cláudia Nicoline, do Núcleo de Assistência Farmacêutica (NAF), que representou o superintendente Regional de Saúde de Juiz de Fora, Cláudio Reis, destacou a importância da rede Farmácia de Minas. “Estamos trabalhando para que esta seja a maior rede de farmácias públicas do mundo. A Farmácia de Minas não representa somente o ambiente de acolhimento, o sentido vai além, considerando a importância e a necessidade de uma maior integração dos serviços farmacêuticos com os outros setores da saúde, tudo para a melhoria do serviço à população”, afirmou Cláudia.

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), investe R$ 90 mil em cada unidade construída, sendo R$ 55 mil para construção da unidade e R$ 35 mil para mobiliário e equipamentos. Os custos que ultrapassam esses valores são assumidos pelo poder municipal. Além disso, há o repasse de 13 parcelas, por ano, no valor de 1.200 reais para complementação do salário do Farmacêutico, o que garante a fixação do profissional e atendimento diferenciado aos usuários. O objetivo do Governo de Minas é que 80% dos municípios sejam contempladas com as unidades, o que corresponde a 700 cidades.

O prefeito de Santa Bárbara do Monte Verde, Fábio Nogueira Machado, agradeceu ao Governo do Estado pela parceria. “O Estado tem nos apoiado muito e, além da Farmácia, temos várias obras que contaram com sua ajuda. Temos que cuidar da melhor forma possível da saúde e vamos fazer o melhor pra isso. É uma satisfação pra nós ver que as coisas estão dando certo”, afirmou o prefeito.

A farmacêutica da unidade da Farmácia de Minas na cidade, Raquel Soares, agradeceu a oportunidade de trabalhar no programa. “Agora poderá ser cedida aos barbarenses melhor adesão ao tratamento, prevenção de patologias e ainda a promoção de saúde”, disse.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/farmacia-de-minas-ja-funciona-em-santa-barbara-do-monte-verde-na-zona-da-mata/

Gestão em Minas: Anastasia autoriza novos convênios do Programa Travessia com 106 municípios mineiros

Serão investidos 8,6 milhões, em 115 contratos, para a execução dos projetos Porta a Porta, Travessia Social, Com Licença Vou à Luta e Banco Travessia

Omar Freire/Supim MG
Governador Anastasia anunciou investimentos de R$ 8,6 milhões para o Programa Travessia
Governador Anastasia anunciou investimentos de R$ 8,6 milhões para o Programa Travessia

O governador Antonio Anastasia autorizou, nesta quinta-feira (26), no Palácio Tiradentes, assinatura de 115 convênios para o repasse de recursos do Programa Travessia, destinados à execução dos Projetos Porta a Porta, Travessia Social, Com Licença Vou à Luta e Banco Travessia. Para este ano, estão previstos investimentos de R$ 8,6 milhões, nestes projetos visando o atendimento das populações em situação de vulnerabilidade e privação social, beneficiando 106 municípios.

Para governador Anastasia, o programa permitirá que pequenos municípios mineiros melhorem o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que mede a renda e os indicadores de educação e saúde da população, para que posam atrair investimentos e gerar empregos de qualidade.

“O objetivo do Travessia é incluir a população dos municípios menores de todas as regiões do Estado para permitir a eles um sentimento de melhor viver em Minas, de prosperidade, de desenvolvimento. Isso se faz de acordo com essa nova metodologia: a partir de um diagnóstico feito, de porta em porta, percebendo as necessidades de cada família. Vamos continuar com o Travessia porque sabemos que, lá adiante, quando formos medir o IDH, o Travessia fará a diferença. Isso é muito importante para atrair empresas e gerar emprego de qualidade nas cidades”, disse em pronunciamento.

Lançado em 2008 e coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o Programa Travessia promove a inclusão social e produtiva da população, minimizando privações sociais, por meio de ações articuladas junto a várias secretarias e órgãos do Estado.

O secretário Cássio Soares, que assinou os convênios, exaltou a parceria com as prefeituras para o sucesso do programa. “Neste ano, o Travessia ganhou novo escopo sendo dividido estrategicamente em sete projetos (Porta a Porta, Travessia Social, Travessia Renda, Travessia Educação, Travessia Saúde, Banco Travessia e Com licença vou à luta). Chegaremos, neste ano, a um montante acumulado de quase R$ 1 bilhão em investimentos, desde 2008, desdobrado em milhares de ações dentro dos projetos. Sem a parceria com os municípios seria impossível alcançar tais resultados em tão pouco tempo”, afirmou Cássio Soares.

O prefeito de Santa Fé de Minas, Ronaldo Soares Campelo, agradeceu, em nome dos demais prefeitos e prefeitas contemplados, o apoio do Governo de Minas para combater a exclusão social nos municípios menores. “Todos nós prefeitos e prefeitas encontramos muitas dificuldades em nossos municípios. Mas graças ao olhar diferenciado do governador Anastasia somos vistos de forma diferente. Contamos com uma parceria que garante o desenvolvimento das nossas regiões. Programas como esse ajudam a combater a exclusão social”, afirmou o prefeito.

Resultados

O Travessia já beneficiou populações de 154 cidades, nas dez macrorregiões do Estado. Em cinco anos, foram feitas 4.276 intervenções, executadas por secretarias estaduais, autarquias e outros parceiros do Programa, beneficiando 2 milhões de pessoas direta e indiretamente. Foram entregues 610 casas populares; pavimentados 149 quilômetros de vias públicas em 56 bairros e centros de povoados, com 3 mil beneficiados. Também foram repassados recursos para a reforma de 86 escolas estaduais em 50 municípios, beneficiando 66 mil alunos. Foram feitos ainda 35 mil exames de anemia em crianças.

Foram repassados recursos para construção de 40 Unidades Básica de Saúde e construção de 85 unidades do Farmácia de Minas, e capacitados  613 agentes de saúde e servidores da área da educação por meio dos programas “Cores na Adolescência” e “Saber Saúde”. Na Caravana da Documentação Civil foram emitidos 38 mil documentos.

Também participaram da solenidade o vice-governador Alberto Pinto Coelho, os secretários de Estado Danilo de Castro (Governo), Carlos Pimenta (Trabalho e Emprego), Gil Pereira (Desenvolvimento dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri e do Norte de Minas), Bilac Pinto (Desenvolvimento Regional e Política Urbana), entre outras autoridades.

Porta a Porta

Criado pelo Governo de Minas em 2011, se tornou referência para o Programa Brasil Sem Miséria, do governo federal. O objetivo é identificar as necessidades da população pobre do Estado. A identificação dessas necessidades é feita por uma equipe de mais de 400 “visitadores”, que batem à porta das casas dos municípios atendidos. A partir dessa entrevista é possível fazer o diagnóstico sobre as principais privações das famílias nas áreas de saneamento, saúde, educação, emprego e renda.

Com a assinatura dos novos convênios, mais 71 municípios serão beneficiados com recursos que totalizam R$ 1 milhão e visita a 200 mil domicílios, em 2012. Com a iniciativa, o número de municípios atendidos pelo Porta a Porta sobe para 130. Em 2011, o projeto atuou em 59 cidades e fez o mapeamento de 128.443 domicílios.

Travessia Social

Diagnosticados os problemas pelo Porta a Porta, as ações necessárias para minimizar as privações sociais das famílias são realizadas por meio do Travessia Social. O projeto faz principalmente com intervenções nos domicílios, como construção de módulos sanitários, melhorias habitacionais, construção de poços artesianos e aquisição de bens domésticos.

O Governo de Minas destinará R$ 7 milhões para ações do Travessia Social em mais 12 municípios. Com a iniciativa, o número de cidades atendidas chegará a 56. No ano passado, 44 municípios foram beneficiados pelo projeto com a realização de 254 ações. A maioria dessas ações está em andamento, com investimento de R$ 30 milhões.

Com Licença Vou à Luta

Também criado em 2011, o Com Licença Vou à Luta busca promover a inclusão social e econômica de mulheres com mais de 40 anos que estejam desempregadas e têm baixa escolaridade. O projeto oferece qualificação profissional e incentivo à melhoria do nível de escolaridade, buscando a reinserção dessas mulheres no mercado de trabalho. Estão sendo assinados convênios com 22 cidades, envolvendo recursos da ordem de R$ 440 mil. Cerca de 1.300 mulheres devem ser beneficiadas. No ano passado, o projeto piloto atuou em nove municípios mineiros e envolveu mais de 700 mulheres.

Banco Travessia

Lançado em setembro de 2011 pelo Governo de Minas, o Banco Travessia visa incentivar o retorno e a inserção de pessoas aos estudos. Cada pessoa atendida que retomar os estudos vai abrir uma poupança para a família no Banco Travessia. Se passar de ano, garante mais dinheiro no banco.

As iniciativas de qualquer pessoa da família que garantam qualificação profissional ou eleve o nível de escolaridade também serão transformadas em mais dinheiro na poupança. A permanência no programa pode ser de dois ou três anos, e uma família pode receber até R$ 5 mil. Com as assinaturas dos convênios, serão repassados R$ 140 mil para as dez agências do Banco Travessia já em funcionamento.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/anastasia-autoriza-novos-convenios-do-programa-travessia-com-106-municipios-mineiros/

Governo de Minas: Belo Horizonte recebe em maio o 4º Salão Mineiro do Turismo

Entre 18 e 19 de maio, o evento apresentará roteiros turísticos de todas as regiões de Minas Gerais

O 4° Salão Mineiro do Turismo, considerado um dos mais importantes eventos do setor turístico do Estado, será realizado nos dias 18 e 19 de maio, no Minascentro, em Belo Horizonte. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho. O evento, que este ano comemora os 10 anos do Programa de Regionalização do Turismo em Minas, tem expectativa de público de 12 mil visitantes, que poderão conhecer os atrativos turísticos de todas as regiões do Estado.

O Salão Mineiro do Turismo é realizado pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Turismo, em parceria com a Federação dos Circuitos Turísticos de Minas Gerais e o Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e sindicatos do setor.

De acordo com Agostinho Patrus, o “Salão Mineiro é o principal marco de promoção e divulgação dos destinos e roteiros turísticos do Estado”, além de fortalecer e qualificar a cadeia produtiva do turismo em Minas. “O evento, além de divulgar os atrativos de 45 regiões turísticas do Estado, através do trabalho das Associações de Circuitos Turísticos, representa um espaço para comercialização, troca de conhecimento e atualização das oportunidades e tendências do setor”, afirmou.

O Salão Mineiro do Turismo será também um convite para que o mineiro conheça os atrativos turísticos do Estado.  Durante o evento, haverá ainda espaços de discussão e palestras voltadas para a preparação e qualificação da cadeia produtiva para grandes eventos. “Estamos apresentando ao público belohorizontino nossos principais atrativos para a alta temporada turística em Minas Gerais, que é o inverno. Queremos incentivar o mineiro a viajar por Minas e, através da atividade turística, proporcionar a geração de riqueza para nossas comunidades. E, ainda, estamos preparando e capacitando os empresários e representantes públicos do turismo mineiro para receber os grandes eventos que chegarão a partir de 2013”, disse Patrus Filho.

“Iniciativas como o Salão Mineiro do Turismo fortalecem este setor que é tão representativo e importante para todo o Estado, principalmente para o comércio de bens e serviços. Possibilita a qualificação, reciclagem e acesso dos profissionais ao mercado e seus fornecedores, além de se tornar uma vitrine das riquezas do nosso Estado”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio Minas, Sesc, Senac e Sindicatos, Lázaro Luiz Gonzaga.

Este ano, participam as 45 Associações de Circuitos Turísticos, que representam aproximadamente 400 municípios mineiros e Belo Horizonte, além de cerca de 180 expositores, entre companhias aéreas, imprensa especializada, agências, operadoras e empresas de receptivo turísticos, além de entidades de classe ligadas ao segmento e demais empresas do setor.

Grandes Salões

Para dar destaque às diversas áreas de atuação da cadeia turística e apresentar os melhores roteiros e destinos para o público consumidor, o Salão Mineiro foi dividido em cinco espaços: Salão dos Destinos Turísticos, Salão Nossas Riquezas, Salão da Governança, Salão das Oportunidades e Negócios e Salão do Conhecimento.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/belo-horizonte-recebe-em-maio-o-4o-salao-mineiro-do-turismo/

Gestão Eficiente: Antonio Anastasia reafirma compromisso de Minas Gerais com a Fifa

Jogadores que participaram do jogo inaugural do Independência elogiam qualidade do estádio

O governador de Minas, Antonio Anastasia, afirmou, durante a solenidade de reinauguração da Arena Independência, na noite desta quarta-feira (25), que a entrega do estádio para o torcedor mineiro é o primeiro compromisso cumprido com a Fifa para a realização da Copa do Mundo do Brasil de 2014.

“Nosso governo está entregando o primeiro novo estádio brasileiro totalmente dentro dos padrões da Fifa. Cumprimos aquela determinação feita, há alguns anos, pelo então governador Aécio, no sentido de oferecermos a Belo Horizonte, a Minas Gerais e aos clubes mineiros uma casa moderna. Agora estamos preparando a inauguração do Mineirão, no final do ano, o que cumprirá integralmente os compromissos de Minas Gerais com a Copa do Mundo e a Copa das Confederações”, disse o governador.

A modernidade e a qualidade do estádio Independência foram atestadas e elogiadas pelos jogadores que participaram da partida inaugural, em que o América-MG venceu a equipe do Argentinos Juniors por 2 a 1.

O atacante Euller, que fez sua despedida oficial dos gramados, ressaltou o fato do Governo de Minas ter entregue o primeiro estádio do país já adequado aos padrões da Fifa. “Minas Gerais está de parabéns por ter saído na frente, agora é só aguardar para que a Fifa possa vir aqui e carimbar o estádio com o selo dela”, exaltou o jogador.

O lateral esquerdo Gilberto, que participou da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, e fazia sua estreia no América, se disse impressionado com a nova arena.“O gramado está em excelentes condições e o estádio está muito bem organizado, foi muito bem construído. Agora é esperar para que possamos receber os grandes jogos e também os grandes espetáculos”, comentou.

Para o técnico do Argentinos Juniors, Leonardo Astrada, o Independência não fica atrás de outros bons estádios pelo mundo. “Está muito bom, muito bonito, no nível dos estádios europeus. O campo está em perfeito estado e foi uma honra para nós ter participado dessa inauguração”.

Já o atacante Fábio Junior acredita que o novo estádio ajudará os times do Estado na busca por títulos. “Não tem o que falar. O estádio está excelente. Esperamos que traga sucesso, não só para o América, mas para todos os clubes de Minas”, disse ele.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/antonio-anastasia-reafirma-compromisso-de-minas-gerais-com-a-fifa/

Gestão Antonio Anastasia: secretário-adjunto de Casa Civil de Minas abre Seminário do STJ, em Brasília

Flávio Unes preside solenidade de abertura; secretária Maria Coeli ministrará palestra

Gustavo Lima
Flávio Henrique Unes Pereira participou da solenidade de abertura do seminário, em Brasília
Flávio Henrique Unes Pereira participou da solenidade de abertura do seminário, em Brasília

O secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais (Seccri) e presidente do Instituto de Direito Administrativo do Distrito Federal, Flávio Henrique Unes Pereira, participou da solenidade de abertura do Seminário de Direito Administrativo, nesta quinta-feira (19), no auditório do Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

Já nesta sexta-feira (20), a secretária de Estado de Casa Civil e de Relações Institucionais, Maria Coeli Simões Pires, profere palestra “Servidor Público e Direito Constitucional de Greve: tratamento jurisprudencial do Superior Tribunal de Justiça”, dentro do painel Exame de Decisões sobre Regime Jurídico dos Servidores Públicos. A conferência de encerramento será presidida pelo professor Luís Roberto Barroso, que apresentará o painel “Casos difíceis, interpretação constitucional e criação judicial do direito”.

O encontro é promovido pelo Instituto de Direito Administrativo do Distrito Federal, com apoio do STJ e do Centro de Estudos Judiciários do Conselho da Justiça Federal. As “Reflexões sobre a Jurisprudência do STJ – um diálogo no Tribunal por uma discursividade democrática”, constituem a temática central do encontro, destinado a magistrados, professores advogados e servidores dos tribunais superiores de justiça.

Entre os temas abordados estão licitações e contratos administrativos, com especial atenção aos regimes diferenciados das licitações voltadas para as obras da Copa do Mundo; controle judicial dos atos discricionários da administração; processo administrativo; autotutela; e questões que envolvem servidores públicos.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretario-adjunto-de-casa-civil-de-minas-abre-seminario-do-stj-em-brasilia/

Gestão Anastasia: Carlos Alberto Parreira será consultor do Governo de Minas na Copa do Mundo

Ex-técnico da Seleção Brasileira tem a missão de atrair delegações estrangeiras para o Estado

Por meio de contrato firmado com a Secretaria de Estado Extraordinário da Copa (Secopa), o ex-técnico da Seleção Brasileira de Futebol, Carlos Alberto Parreira, será consultor para a Copa em Minas Gerais. O trabalho de Parreira será o de atrair as seleções de futebol ao Estado durante a Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014, para que elas escolham os Centros de Treinamento de Seleções (CTS) de Minas Gerais.

Atualmente, 19 cidades mineiras são candidatas a CTS junto ao Comitê Local da Fifa (COL): Araxá, Caxambú, Caeté, Divinópolis, Extrema, Formiga, Governador Valadares, Ipatinga, Juiz de Fora, Lagoa Santa, Matias Barbosa, Montes Claros, Patos de Minas, Poços de Caldas, Sacramento, Sete Lagoas, Uberaba, Uberlândia e Varginha. Entretanto, cabe às seleções a escolha do local de treinamento. “Meu trabalho será o de seduzir essas seleções para que elas venham. A forma e o visual têm que ser perfeitos nessa sedução, uma vez que são apenas 32 seleções para um universo enorme de cidades na disputa”, disse o ex-técnico durante coletiva, nesta quinta-feita (19), no BDMG.

Parreira destacou a posição geográfica de Minas Gerais como um dos aspectos favoráveis na disputa. “Belo Horizonte está no epicentro da região Sudeste, a uma hora de qualquer uma das cidades da área. Em 1994, nos Estados Unidos, eu me deslocava com a Seleção Brasileira de avião, porque onde ficamos concentrados era um local que nos atendia em tudo. Em 2006, novamente, ficamos em Frankfurt, mas nos deslocávamos à concentração ideal para nossa permanência”, explicou. O ex-técnico ainda incluiu a paixão do mineiro por futebol, a hospitalidade mineira, simpatia dos habitantes e o clima do Estado como fatores positivos no processo de convencimento das seleções estrangeiras. “Belo Horizonte tem um clima excelente e outros atrativos determinantes na escolha de um CTS pelas seleções”, frisou.

O novo consultor lembrou que sua experiência no assunto irá facilitar seu trabalho de promoção das cidades candidatas a CTS. “Farei visitas a equipes no exterior, irei à Eurocopa, haverá contato pessoal com treinadores mais próximos, farei ligações telefônicas, enfim, sei onde estão as fontes para apresentar a estrutura que está sendo montada em Minas”, explicou. Parreira participou de nove Copas do Mundo. Em três, o ex-técnico foi protagonista na escolha do local de treinamento da equipe do Brasil. Parreira também já treinou seleções da Arábia Saudita, Emirados Árabes, Kuwait e África do Sul. Tem ainda o mérito de ter classificado seleções de cinco países para a Copa do Mundo.

O contrato com o Governo de Minas tem duração até a Copa de 2014. O primeiro desafio será realizar um diagnóstico das 19 cidades para identificar aspectos com necessidade de melhoria. O especialista vai elaborar um material técnico do grupo de cidades para mostrar às Confederações o potencial de cada município. Outra ação serão as visitas às federações e confederações para mostrar o que está disponível em Minas.

O secretário Sergio Barroso comemorou a iniciativa. “Além de infraestrutura para promovermos a interiorização da Copa, necessitamos também de profissionais com credibilidade e experiência. O Parreira é um deles. Ele conhece nosso Estado, os clubes mineiros, nossos estádios, enfim, tem todas as credenciais para realizar uma boa parceria com o Governo de Minas”.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/carlos-alberto-parreira-sera-consultor-do-governo-de-minas-na-copa-do-mundo/