Gestão em Minas: Emater-MG apresentará modelo de tecnologia sustentável na Expozebu

Sistema de integração, lavoura, pecuária e florestas será destaque na maior mostra de zebuínos do mundo

Emater Uberaba / Divulgação
Emater-MG integrará estande do Governo de Minas na Exposição Internacional das Raças Zebuínas
Emater-MG integrará estande do Governo de Minas na Exposição Internacional das Raças Zebuínas

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) integrará o estande do Governo de Minas na 78ª edição da Exposição Internacional das Raças Zebuínas (Expozebu), em Uberaba, no Triângulo mineiro. No local, ao lado de outras instituições do Estado, a Emater-MG disponibilizará material técnico para os visitantes da feira.

Além disso, extensionistas estarão disponíveis ao público para esclarecer eventuais dúvidas relativas aos trabalhos desenvolvidos pela extensão rural e divulgar as políticas públicas do setor. Programada para o período de 28 de abril a 10 de maio, no Parque Fernando Costa, a Expozebu é considerada a maior mostra de zebuínos do mundo. A feira é realizada pela Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ).

Além de integrar o estande do Estado, a Emater-MG também marcará presença no Espaço da Sustentabilidade, área dedicado pelos organizadores do evento à exibição de práticas sustentáveis na agropecuária. Segundo o gerente da regional Emater-MG de Uberaba, Gustavo Laterza, será disponibilizada a “maquete viva” de uma unidade demonstrativa do sistema Integração, Lavoura, Pecuária e Floresta (ILPF).

“A ILPF é um exemplo de tecnologia sustentável, pois consiste em diferentes sistemas produtivos implantados na mesma área, em consórcio de rotação ou em sucessão. O sistema promove uma importante integração, envolvendo o plantio de árvores, grãos e forragens para recuperação de pastagens. E isso proporciona a produção de alimentos e de energia renovável de madeira. A ILPF fomenta a geração de empregos, renda e melhores condições ao produtor rural, estimulando uma harmonia entre produção e meio ambiente”, argumenta.

Desde o ano passado, a Emater-MG de Uberaba vem incentivando a ILPF nos municípios que compõem a regional, por meio da implantação de treze unidades demonstrativas. Cinco unidades com esse fim já foram montadas e outras oito estão em curso, segundo o gerente da regional da empresa. Os municípios que estão recebendo as unidades são Uberaba, União de Minas, Frutal, Pirajuba, Conceição das Alagoas, Campo Florido, Itapagipe, Tapira e Sacramento, de acordo informações do coordenador técnico regional da Emater-MG, Wilson Marajó.

“Esta tecnologia foi desenvolvida pela Embrapa e cabe à extensão rural, por meio da Emater-MG, compartilhar as informações com os produtores rurais. Trata-se basicamente de três culturas numa mesma área: lavoura de milho ou sorgo, pastagem e floresta de eucalipto”, explica Laterza. Ele pontua mais objetivos do Programa da ILPF, como diminuir impactos ambientais, oriundos da atividade agrícola e pecuária; e preservar florestas nativas e matas ciliares, diminuindo a necessidade de desmatamento de novas áreas.

Pró-Genética

O Projeto de Melhoria Genética do Rebanho Bovino do Estado de Minas Gerais (Pró-Genética) também marcará presença na Expozebu 2012. No próximo dia 03, às 14h, a Emater-MG participará de uma reunião para apresentar os resultados e oportunidades de expansão do programa em outros estados. O programa, incentivado pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e pela Emater-MG, promove feiras de touros geneticamente melhorados e registrados, em parceria com a ABCZ e outras entidades. Também promove ações educativas.

Em 2011, o Pró-Genética promoveu 15 feiras em todo o Estado, com a comercialização de 279 touros. A regional Emater-MG de Uberaba teve o maior número de eventos, com a realização de seis feiras e a comercialização de 118 animais, representando 42% das vendas em Minas.

Iniciado em 2006, o Pró-Genética é um programa do Governo de Minas que objetiva melhorar a qualidade genética do rebanho bovino do Estado para fortalecer as cadeias produtivas da carne e do leite nas propriedades típicas do Estado, voltado, principalmente, para os pequenos produtores.

Já na próxima quarta-feira (02), a Emater-MG participará da reunião do Núcleo dos Sindicatos Rurais do Triângulo Mineiro, composto por 30 sindicatos rurais associados. Na oportunidade a empresa pública mineira vai mostrar o trabalho da extensão rural no estado. No dia 08, em outra reunião na Expozebu, promovida pela a Associação Pontal Leite, a Emater-MG vai mostrar as ações de incentivo à bovinocultura de leite, por meio de programas como Minas Sem Fome e o Minas Leite.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/emater-mg-apresentara-modelo-de-tecnologia-sustentavel-na-expozebu/