Oposição: Aécio é duro com claque do PT

Oposição: Aécio diz que PT tenta tirar foco da opinião pública sobre operação para eleger Renan Calheiros à presidência do Senado.

Oposição: Aécio Neves

Fonte: Jogo do Poder

Líder da oposição: Aécio Neves explica ataque da claque do PT

Líder da oposição: Aécio Neves explica ataque da claque do PT no episódio da eleição de Renan Calheiros à presidência do Senado

 Oposição: Aécio é duro com claque do PT

Oposição: Aécio diz que PT tenta tirar foco da opinião pública

Maior líder da oposiçãoAécio Neves tem sido bombardeado pela claque do PT nos últimos dias, numa clara tentativa de desviar o foco da operação montada pela presidente Dilma Rousseff e pelo seu partido para eleger Renan Calheiros (PMDB) como presidente do Senado Federal.

Em entrevista ao jornal O Globo, publicada na edição desta sexta-feira (08/02), Aécio Neves voltou a mostrar que sua posição frente à eleição no Senado foi firme e transparente. Foi dele a primeira voz da Casa a ir a público e se posicionar contra a candidatura de Renan Calheiros.

A posição de Aécio Neves como líder da oposição foi até seguida, dias depois, por outros partidos como o PSB, conforme revelou na entrevista o próprio senador mineiro:

“Tomei a decisão que achei correta. Comecei a semana falando contra a eleição do Renan, pedindo que abrisse mão da candidatura. Fiquei muito feliz que 48 horas depois, na quarta-feira, os senadores do PSB, que não tinham se manifestado, acompanharam-nos nessa posição. Lamento profundamente que alguns senadores do PSDB não seguiram a orientação da bancada, apesar do apelo enfático que fiz. Eu conversei pessoalmente com o Renan e disse que ele ficasse à vontade em relação ao cargo na Mesa, que era irrelevante. Quando a eleição estava garantida, o Eduardo Braga me encontrou no plenário e disse que perderíamos a Primeira Secretaria. Eu respondi: me façam esse favor!”.

Após a vitória de Renan Calheiros, o que se vê agora é o uso eleitoral do episódio. De um lado, o PT busca, de todas as formas, desviar o foco de sua responsabilidade por ter eleito o senador alagoano, denunciado pelo Ministério Público Federal por suposto uso de notas frias. Do outro, o PSB tentando pegar carona na atitude do senador mineiro para preparar seus primeiro voos como legenda de oposição. Ambas, cada a uma a seu modo, tentam angariar louros sobre a atitude firme, transparente e antecipada do líder da oposição, Aécio Neves.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s