MP 579: governos tucanos já zeraram ICMS para mais pobres

MP 579 – presidente do PSDB, Sérgio Guerra, divulgou nota do partido e esclarece sobre a política adotada pelos estados tucanos.

NOTA À IMPRENSA – Os governos de SP, MG e PR já garantem energia mais barata

Fonte: PSDB



Em São Paulo, Minas Gerais e Paraná, estados governados pelo PSDB, os brasileiros mais pobres já pagam menos pela energia elétrica.

Isso foi garantido graças à decisão desses governos de zerar o ICMS (um imposto estadual) da tarifa daqueles que consomem até 90kW/hora, como é o caso de São Paulo e Minas, e do subsídio estabelecido no Paraná a 200 mil famílias que gastam até 100kw/mês, que sequer pagam pela energia consumida.

Se o governo abrisse mão de pelo menos parte dos 10 tributos e encargos federais que incidem atualmente sobre a conta de luz, a tarifa de energia de todos os brasileiros já poderia custar menos e há muito mais tempo.

Mas em vez de cumprirem a promessa, feita em plena campanha municipal, de reduzir em 20% a tarifa de energia dos brasileiros, a presidente Dilma Rousseff e o PT tentam jogar em cima da oposição a responsabilidade por não fazer aquilo que prometeram.

Com a politização do debate sobre a redução da tarifa de energia, a presidente e seus companheiros de partido tentam criar uma cortina de fumaça para desviar a atenção dos brasileiros sobre as novas denúncias que pesam contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a ex-chefe da gabinete da Presidência da República Rosemary Noronha e a cúpula da Advocacia-Geral da União.

Para proteger Lula, Rosemary Noronha e sua rede de relacionamentos, o PT vem liderando uma ação no Congresso Nacional para impedir a convocação dos principais envolvidos neste novo escândalo de tráfico de influência e venda de pareceres.

O PSDB teme que a presidente Dilma esteja seguindo as ações populistas e intervencionistas de seu colega Hugo Chavez, que na Venezuela tiveram impacto desastroso sobre a PDVSA (estatal venezuelana) e no Brasil já estão sendo sentidos fortemente na Petrobras e Eletrobras, que estão sofrendo sucessivas perdas de valor do mercado.

Brasília, 7 de dezembro de 2012
Deputado Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB

Anúncios