PSDB: Pestana publica carta aberta aos municípios

PSDB: presidente do PSDB de Minas divulga carta aberta e os compromissos com a gestão pública de qualidade, transparência e controle social.

PSDB: Municípios mineiros

A carta aberta do PSDB à população .

A voz de prefeitos e vereadores de Minas

Hoje gostaria de usar este espaço para dar voz a prefeitos, vereadores e pré-candidatos tucanos que no Encontro Estadual do PSDB, realizado no último dia 25 de maio, com a participação de mais de 1.800 pessoas, aprovaram na assembleia geral realizada a “Carta Aberta do PSDB aos Municípios Mineiros e à sua População”, onde se posicionam assim:

“Nós, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e pré-candidatos do PSDB-MG às eleições municipais de 2012, conscientes de que o poder local é aquele que proporciona o mais efetivo exercício da democracia e que é nas cidades que se desenrola o cotidiano das pessoas e que a qualidade de vida da população é definida pelo ambiente vivido em cada município, reafirmamos:

o compromisso com a participação da população na elaboração e acompanhamento das políticas públicas municipais;

a aposta na transparência, no controle social e no respeito às instituições democráticas como forma de garantir o bom uso dos recursos públicos;

a defesa da combinação da sensibilidade política e social com a profissionalização da gestão e da competência técnica;

a radical busca de um ensino fundamental e de uma educação infantil de qualidade; a prioridade para o acesso ao sistema público de saúde de qualidade; o esforço para a melhoria do transporte público e a mobilidade urbana;

a ação permanente em favor da geração de renda e emprego, como melhor alternativa para o combate às desigualdades e a promoção da cidadania;

o compromisso com práticas de desenvolvimento sustentável, cuidando com responsabilidade e competência da limpeza urbana, da destinação final de resíduos sólidos, do saneamento ambiental e da despoluição dos cursos d’água e do estímulo ao uso de energias limpas;

a dedicação central às políticas de atenção aos idosos, às crianças em situação de risco social, às pessoas com deficiências e à promoção da equidade de oportunidades entre cidadãos, independentemente de raça, gênero ou situação de renda;

a adesão integral aos princípios da ética e da moralidade pública; o forte empenho para o redesenho do pacto federativo;

a combinação das políticas compensatórias de renda com ações de qualificação profissional e reinserção no mercado de trabalho;

o combate ao populismo irresponsável e ao despreparo administrativo e ao amadorismo;

e o compromisso com a participação da juventude na administração municipal; o compromisso de estimular a participação feminina em todos os espaços de poder; a defesa dos direitos e da participação do trabalhador.

Certos de que o desenvolvimento nacional terá pés de barro se não conseguirmos êxito e resultados expressivos no plano municipal é que nos colocamos à disposição do eleitorado mineiro e disputaremos nas ruas, a partir de julho, o voto dos mineiros.

O PSDB-MG, liderado pelo senador Aécio Neves e pelo governador Antonio Anastasia, já deu provas de sua vocação e de seu compromisso com a gestão pública de qualidade“.

PSDB: Municípios mineiros – Link do artigo: http://www.otempo.com.br/otempo/noticias/?IdNoticia=204751,OTE&IdCanal=2

Aécio: senador critica concentração da arrecadação

Aécio: senador critica concentração da arrecadação e diz que União se exime da responsabilidade de investir em estados em municípios.

Aécio: senador

Fonte: Assessoria de Imprensa do senador Aécio Neves

Senador Aécio Neves: PT pouco ajuda os municípios                

senador Aécio Neves (PSDB-MG) critica governo do PT pela falta de ajuda aos municípios brasileiros, se eximindo de sua responsabilidade.

Tendo como fonte dados do próprio governo, o senador Aécio Neves tem alertado para a crescente concentração de arrecadação nas mãos da União, que tem, cada vez mais, se eximido de compartilhar com estados e municípios sua responsabilidade em áreas fundamentais para a população.

“Na área de transporte, 65% dos investimentos são feitos por Estados e Municípios e apenas 35% pela União; na área de educação e cultura, 77,5% dos investimentos são feitos também por Estados e Municípios; na área de habitação e urbanismos os Municípios e os Estados arcam com 90% de tudo o que é investido no Brasil”, informou o senador Aécio Neves em discurso no Senado.

Aécio mobiliza PSDB para eleições 2012

Aécio mobiliza PSDB para eleições 2012 – “Pelo Brasil inteiro, onde o PSDB governou, governou melhor”, enfatizou o senador no Pará.

Aécio Neves: eleições 2012

Aécio mobiliza PSDB para eleições 2012

Aécio mobiliza PSDB para eleições 2012

Fonte: Assessoria de Imprensa do senador Aécio Neves

Eleições municipais são o momento de o partido reforçar suas bandeiras, diz Aécio Neves

“Pelo Brasil inteiro, onde o PSDB governou, governou melhor”

O senador Aécio Neves participou, quinta-feira (31/05), de encontro com lideranças políticas em Belém, no Pará. Ele defendeu que o PSDB, no momento em que se prepara para as eleições municipais, reforce suas principais bandeiras, citando, entre elas, o foco na gestão pública de qualidade, o fortalecimento de estados e municípios, a defesa de uma maior participação do governo federal no financiamento da saúde pública, segurança e educação, e a necessidade de grandes reformas para que o país possa dar um salto de desenvolvimento.

“Pelo Brasil inteiro, onde o PSDB governou, governou melhor. Mais do que nunca é hora de buscarmos somar as nossas forças. A mensagem que quero trazer é a da confiança. Confiança na proposta séria, em um projeto exequível, confiança de quem vai poder caminhar de cabeça erguida, ao lado de seus companheiros, sabendo que empunha a bandeira da ética e do trabalho, para fazer em Belém um choque de gestão, onde o discurso seja substituído pela ação”, disse o senador Aécio Neves em seu discurso.

Na avaliação de Aécio Neves, o PSDB tem que deixar claro para a população o que o diferencia do que é feito hoje no país, por exemplo, em relação à saúde, segurança pública e distribuição de recursos tributários.

“Temos propostas paras os municípios e para os estados, como teremos para o Brasil. Onde está uma liderança do PSDB, está uma voz vibrante na defesa de um novo pacto federativo, onde os municípios e os estados deixem de ser dependentes do governo federal como ocorre hoje, onde a saúde pública tenha um financiamento adequado, que o governo federal não quis dar na votação da Emenda 29. Onde estiverem as lideranças do PSDB haverá um rigor grande para que tenhamos mais investimentos em segurança pública e que tenhamos educação de melhor qualidade”, afirmou o senador Aécio Neves em seu discurso.

Reformas

Aécio Neves ressaltou que cabe ao PSDB apresentar uma nova agenda para o país. Ele lembrou que a agenda que está hoje em curso é a que foi apresentada pelo partido anos atrás, ainda no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. Aécio Neves afirmou ainda que o governo do PT não teve a ousadia de fazer as grandes reformas – política, tributária, previdenciária, entre outras -, necessárias para acabar com os entraves ao crescimento da economia.

“Nós tivemos no Brasil no governo Lula, um período de crescimento econômico, com um presidente de altíssima popularidade e ampla base de apoio. Se tivesse havido vontade política, isso seria suficiente para se fazer as reformas que hoje ainda significam um gargalo para o crescimento do País”, criticou o senador em entrevista.

Em Belém, o senador Aécio Neves se encontrou com o governador do Pará, Simão Jatene. Participaram do encontro, o secretário-geral do PSDB, deputado federal Rodrigo de Castro, os senadores Mário Couto e Flexa Ribeiro; e o deputado federal Zenaldo Coutinho.

Link da matéria: http://www.aecioneves.net.br/2012/06/aecio-neves-eleicoes-municipais-sao-o-momento-de-o-partido-reforcar-suas-bandeiras/

Gestão pública: Aécio critica falta de eficiência

Gestão pública: Aécio critica falta de eficiência e diz que modelo adotado pelo Governo do PT abre caminho para o desperdício e a corrupção.

Gestão Pública: Aécio Neves

Gestão pública: Aécio critica falta de eficiência

Gestão pública: Aécio critica falta de eficiência

Fonte: Artigo do senador Aécio Neves – Folha de S.Paulo

Gestão

Gestão Pública – É inacreditável o 3º Balanço das Ações do Governo Brasileiro para a Copa, divulgado dias atrás. Os projetos concluídos até agora equivalem a apenas 1% dos investimentos programados. Nada menos que 41% das obras nem sequer começaram e 5%, apenas, foram concluídas. Comprova-se uma vez mais o alto custo que o país vem pagando por uma gestão pública de baixa qualidade.

Já que o problema do governo federal não é a ausência de recursos, haja visto os números excepcionais da arrecadação, é lamentável constatar que, na verdade, não consegue utilizá-los com eficiência.

E não consegue por razões diversas, que vão desde o aparelhamento político de funções estratégicas até a falta de planejamento e definições equivocadas de prioridades, como o trem-bala que o governo insiste em manter na agenda de possibilidades enquanto estradas e ferrovias permanecem em estado de calamidade.

Felizmente essa não é a única realidade do país. Recentemente, uma pesquisa mostrou que a modernização dos processos de gestão está encontrando terreno fértil na administração pública. Começa a haver mais espaço para metodologias e práticas inovadoras no campo do gerenciamento nos governos estaduais, nas prefeituras e até mesmo na esfera federal.

O estudo foi feito pela Macroplan com participantes de um congresso de gestão pública, especialistas no tema, portanto. Entre os entrevistados, 57% consideram que os líderes de suas instituições possuem elevada motivação para a profissionalização da gestão.

É, sem dúvida, uma boa notícia. Entre os Estados que mais avançaram em gestão pública, na opinião dos entrevistados, estão Minas Gerais (indicado por 71,4%), São Paulo (61%) e Paraná (33,8%). Na lista de desafios, a pesquisa aponta a capacidade de planejamento de longo prazo (44,2%) e a estruturação e execução de projetos (36,4%).

Uma parcela bem significativa (27%) defendeu a implantação da gestão do conhecimento. De fato, essa seria uma excelente conquista para o serviço público, que costuma jogar fora a experiência acumulada por equipes inteiras, quando ocorre uma troca de ministro ou de titular de órgão público. Conhecimento é patrimônio dos brasileiros e não dos governos. E o tempo é ativo importante para quem tem a responsabilidade de gerar resultados para a população. Não podemos ser reféns de eternos recomeços.

A falta de uma gestão eficiente custa caro ao país. Abre caminho para o improviso, o desperdício e a corrupção. Faz o Brasil perder tempo, recursos e oportunidades.

No caso da Copa, diante dos números divulgados, todos nós, que torcemos muito pelo sucesso do evento, começamos a torcer também para que o país não dê vexame na organização do Mundial.

AÉCIO NEVES escreve às segundas-feiras nesta coluna.

 Aécio Neves: gestão pública eficiente – Link do artigo: http://www.aecioneves.net.br/2012/06/gestao-folha-de-s-paulo-04062012/