Governo de Minas: mineirão recebe estrutura de sustentação da nova cobertura

Todas as cadeiras do estádio ficarão cobertas, inclusive as que serão instaladas na arquibancada inferior

As estruturas de aço que irão sustentar a cobertura do Novo Mineirão já estão chegando ao estádio da Pampulha. A cobertura que está sendo construída será um prolongamento de 26 metros da estrutura já existente.

Com as obras, todas as cadeiras do estádio ficarão cobertas, inclusive as que serão instaladas na arquibancada inferior do Novo Mineirão. A modernização do estádio fará com que Minas Gerais seja uma referência durante a realização da Copa do Mundo de 2014.

A cobertura será feita com um material especial, que reduz o calor, sem interferir na passagem de luz, assegurando mais conforto aos torcedores, atletas e profissionais de imprensa.

A estrutura será, ainda, um exemplo de sustentabilidade. Calhas coletoras armazenarão água da chuva, para reutilização no próprio Mineirão. Além disso, a cobertura também fará absorção da luz solar, para conversão em energia. As obras serão concluídas até dezembro de 2013.

Para mais informações, assista o vídeo ao lado. Para saber mais sobre a nova cobertura do Mineirão clique aqui.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mineirao-recebe-estrutura-de-sustentacao-da-nova-cobertura/

Governo de Minas: Secretaria de Planejamento e Gestão apresenta modelo de meritocracia para o governo de Alagoas

A apresentação foi feita na reunião do Programa Alagoas Tem Pressa, em Maceió

Adriana Valério
A apresentação foi feita na reunião do Programa Alagoas Tem Pressa, em Maceió
A apresentação foi feita na reunião do Programa Alagoas Tem Pressa, em Maceió

A secretária de Estado de Planejamento e Gestão, Renata Vilhena, apresentou para o Governo de Alagoas, nesta segunda-feira (7), a estratégia governamental desenvolvida pelo Governo de Minas desde 2003, baseada na gestão para resultados e valorização dos servidores. A apresentação foi feita na reunião do Programa Alagoas Tem Pressa, em Maceió, presidida pelo governador daquele estado, Teotonio Brandão Vilela Filho.

Na abertura, Teotonio Vilela Filho destacou a importância de se trocar experiência com Minas. “Não é fácil criar novas formas de administração. E vocês fizeram isso muito bem. Lá (em Minas) como aqui nós sabemos que temos muito a fazer. Mas estamos confiantes. Temos determinação para avançar. E muito a aprender, trocar experiências”, afirmou.

A gestão de pessoas compõe um dos pilares da estratégia do Governo de Minas desde 2003. No modelo de meritocracia, várias ferramentas e ações foram implementadas, como o desenvolvimento das carreiras, a profissionalização dos gestores públicos, o Acordo de Resultados, o Prêmio por Produtividade e a avaliação de desempenho individual.

Como parte da política de recursos humanos, a secretária também destacou a certificação ocupacional como instrumento inovador. “Identificamos alguns cargos comissionados e criamos a obrigatoriedade da certificação para o preenchimento desses cargos, com base no conhecimento, nas atitudes. Os servidores certificados integram um banco de talentos”, afirmou.  Atualmente, dos cargos comissionados em Minas, aproximadamente 70% são ocupados por servidores de carreira.

O encontro contou com a participação do secretário de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico de Alagoas, Luiz Otávio Gomes, secretários de Estado e equipe técnica. “Minas é uma referência para o Brasil na questão da gestão, principalmente na gestão para resultados e no que diz respeito à meritocracia”, afirmou Gomes.

Evolução da gestão

O novo modelo de gestão implantado pelo Governo de Minas, em 2003,está em sua terceira geração. A primeira, conhecida como Choque de Gestão (2003/2006), correspondeu ao período de ajuste fiscal, revitalização do planejamento e retomada dos investimentos. Para acabar com o déficit, o Executivo estabeleceu a diretriz de gastar menos com o Estado para investir mais no cidadão. Em 2004, foram assinados os primeiros Acordos de Resultados.

De 2007 a 2010, na segunda geração conhecida como Estado para Resultados, o governo consolidou o acompanhamento de projetos nas secretarias e órgãos. O Acordo de Resultados foi ampliado e houve um desdobramento de metas para as equipes.

Na atual etapa, conhecida como Gestão para a Cidadania, o governo instituiu o conceito de redes transversais e intersetoriais para execução de programas. A sociedade civil passa a participar efetivamente e as estratégias e metas são estabelecidas de forma regionalizada. A Gestão para a Cidadania introduz o conceito de Estado em Rede, que prevê o trabalho integrado de diversas áreas temáticas para execução de programas e a regionalização das ações governamentais, com a participação da sociedade civil.

Acordo de Resultados

O Acordo de Resultados é uma iniciativa do Governo de Minas que busca garantir o alcance dos objetivos estratégicos traçados pela administração pública para a melhoria da vida do cidadão. Ele prevê metas estipuladas para cada equipe em consonância com os “indicadores finalísticos”, atrelados ao Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), que contempla objetivos de longo prazo até 2030.

“O Acordo de Resultados é o mais importante instrumento de alinhamento. Por meio dele é possível alinhar a estratégia de governo com as instituições e com os servidores”, destacou a secretária. Em troca do compromisso formal de cumprimento de indicadores e metas, os servidores são recompensados pelo Prêmio por Produtividade. No último prêmio, foram pagos R$ 507 milhões a 397 mil servidores que pactuaram e cumpriram as metas.

No encontro, a subsecretária de Gestão de Pessoas, Fernanda de Siqueira Neves, destacou que os servidores são envolvidos no processo de estabelecimento de metas. “Quanto maior a participação e o envolvimento das equipes na estratégia governamental, melhores os resultados”, afirmou.

Alagoas

O “Alagoas tem Pressa” foi lançado pelo Governo de Alagoas no início do ano passado. Semelhante ao modelo mineiro, compreende o planejamento estratégico do Estado, com 25 projetos estruturantes e 33 projetos setoriais prioritários. O objetivo do programa alagoano é reduzir a pobreza e melhorar os indicadores sociais.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-planejamento-e-gestao-apresenta-modelo-de-meritocracia-para-o-governo-de-alagoas/

Gestão Anastasia: secretaria de Estado de Cultura assina convênio para continuidade do programa Música Minas em 2012

Convênio será de R$ 1,1 milhão para estruturação e desenvolvimento da cadeia produtiva da música

A Secretaria de Estado de Cultura assina convênio com o Fórum da Música de Minas Gerais, no dia 10 de maio, para garantir a continuidade do programa Música Minas em 2012. A solenidade será realizada no Teatro João Ceschiatti, no Palácio das Artes, e contará com a presença da secretária Eliane Parreiras e de representantes das entidades que compõem o Fórum da Música. O valor total do convênio da edição 2012 será de R$ 1,1 milhão.

Voltado para a estruturação e o desenvolvimento da cadeia produtiva da música produzida em Minas Gerais, o programa foi criado em 2009 por meio de parceria inédita e bem sucedida entre a sociedade civil e o Estado.

A gestão do programa é feita pela Secretaria de Estado de Cultura, com dotação orçamentária do Governo de Minas, em parceria com o Fórum da Música de Minas Gerais, que reúne entidades representativas da música no Estado – Ammuce (Associação dos Amigos do Museu Clube da Esquina), Comum (Cooperativa da Música de Minas), FEM (Fora do Eixo Minas), Grupo Cultural NUC, Rede Catitu, SIM (Sociedade Independente da Música) e Vale Mais (Instituto Sociocultural do Jequitinhonha).

Durante seus três anos de existência, foram contemplados artistas dos mais diversos gêneros, a exemplo de nomes como Affonsinho, Aline Calixto, Babilak Bah, Berimbrown, Black Sonora, Capim Seco, Cartoon, Dead Lover’s Twisted Heart, Éderson Urias, Eminence, Érika Machado, Flávio Henrique, Flávio Renegado, Fusile, Gilberto Mauro, Graveola e o Lixo Polifônico, Kdu dos Anjos, Kiko Klaus, Lúdica Música, Mariana Nunes, Mestre Jonas, Orquestra Ouro Preto, Patrícia Ahmaral, Raquel Coutinho, Samba de Luiz, Tabajara Belo, Transmissor, Vander Lee, entre outros importantes representantes da multiplicidade musical do Estado.

Com resultados expressivos, o programa é reconhecido internacionalmente pelos resultados obtidos na divulgação da música mineira, além de ser um dos principais responsáveis por Minas Gerais ser o estado brasileiro que atualmente mais exporta e divulga a música produzida em seu território.

Trajetória

Desde o seu lançamento, em 2009, o programa beneficiou cerca de 740 artistas, por meio de 173 propostas selecionadas pelos Editais de Circulação Estadual, Circulação Nacional, Circulação Internacional e Intercâmbio. Também contaram com a presença de artistas mineiros as mais importantes Feiras e os mais renomados eventos internacionais

Interiorização

Para fortalecer o programa Música Minas, foi iniciada em 2011, em 25 municípios mineiros, uma ação de interiorização com o objetivo de mapear a produção musical, apresentar o programa e incentivar a participação de artistas e agentes culturais do interior do Estado. Após essa ação, foi registrado um aumento considerável de participação de artistas do interior de Minas no editais do programa.

Novidades

Para a edição de 2012, estão previstos o lançamento de mais um edital para a seleção de artistas que irão compor a Coletânea Música Minas, apresentando trabalhos dos mais diversos gêneros e estilos, além de um livro focado na trajetória do programa e a tradução do Portal Música Minas para o inglês e espanhol. Também para esse ano, as ações de interiorização serão ampliadas para atingir mais 28 municípios.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/secretaria-de-estado-de-cultura-assina-convenio-para-continuidade-do-programa-musica-minas-em-2012/

Gestão da Saúde: Curvelo se mobiliza para receber Força Tarefa de combate à Dengue

A cidade contará também como o”Minha Cidade sem Dengue” que são serviços gratuitos para o bem estar da população

Curvelo receberá no período entre terça-feira (8) a segunda-feira (14) as atividades de mobilização contra a dengue, parte da Força Tarefa de Combate à Dengue, da Secretaria de Estado de Saúde (SES). As ações têm como objetivo conscientizar a população a adotar hábitos preventivos contra o mosquito vetor da dengue.

No primeiro dia, a SES realizará a primeira reunião intersetorial onde estarão presentes a prefeitura, entidades da iniciativa privada e sociedade civil para articulação das ações integradas de mobilização.

Uma das ações é o Dengue Móvel, que é um caminhão que percorre os bairros trocando materiais descartáveis, que possam acumular água e virar possíveis criadouros do mosquito, por materiais escolares.

A população de Curvelo terá acesso também, ao “Minha Cidade sem Dengue”, um conjunto de serviços gratuitos para o bem estar do cidadão, tais como: corte de cabelo, registro civil, aferição de pressão e glicose, além do Dengômetro, um espaço de convivência e de acesso às informações sobre a dengue, onde o cidadão toma conhecimento da situação da doença em sua região e conhece os métodos de prevenção e mobilização.

Mobilização e redução dos casos de dengue

Esta será a segunda visita da Força Tarefa de Combate à Dengue ao município. Em 2011, Curvelo recebeu também o Dengue Móvel e o Dengômetro, recolhendo, na ocasião, mais de 30 mil potenciais focos do mosquito da dengue. Dados epidemiológicos deste ano apontam redução significativa dos casos de dengue no município em relação ao ano de 2011. Em abril do ano passado, a cidade notificou 1.588 casos da doença, enquanto, neste ano, registrou-se 96 casos. Entretanto, o último Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa), realizado em janeiro deste ano, acusa a gravidade da situação: registrou-se um índice de 5,2 %, considerado de alto risco pelo Ministério da Saúde.

Força Tarefa

Atuando nas áreas da assistência, comunicação e epidemiologia, a Força Tarefa de combate à Dengue tem como arma as ações de mobilização social. Os profissionais que atuam na força tarefa têm por objetivo combater os focos que podem servir de criadouro para a dengue e conscientizar a população sobre o problema. Eles atuam como um reforço às ações que já devem existir nos municípios.

Além disso, durante a força tarefa, uma Equipe de Mobilização atua na cidade. Pesquisas indicam que 90% dos focos da dengue estão dentro das casas e que as pessoas sabem o que deve ser feito para combater o mosquito, mas não fazem nada, daí a importância de um trabalho de mobilização.

Em Ubá

A equipe de mobilização social da Secretaria de Estado de Saúde (SES) atuou, no sábado (5) e domingo (6), no município de Ubá.

Foram recolhidas no total 11.520 Garrafas Pets, 8.000 latas que foram encaminhados para Associação De Catadores de Papel, Papelão e Material Reciclável de ubá (RECICLAU) e 591 pneus enviados para o Ecoponto de ubá que os encaminham para serem reciclados.

A Referência Técnica de Endemias da GRS/Ubá, Francisco Tadeu Aparecido, declarou sua satisfação com os resultados do projeto, “O recolhimento foi muito proveitoso e surpreendeu todas as expectativas. Desejo que esse tipo de ação torne-se rotina na estratégia de trabalho do município”, afirma.

A Força Tarefa vem atuando na cidade desde o primeiro trimestre do ano fazendo a distribuição de panfletos e cartilhas nas escolas e realizando ações realizadas pelo município. O projeto tem como objetivo a mobilização social para combater os focos da doença e conscientizar a população sobre a gravidade do problema.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/curvelo-se-mobiliza-para-receber-forca-tarefa-de-combate-a-dengue/

Governo de Minas: mobilização do Poupança Jovem arrecada cerca de 1.200 livros para distribuição no Ação Global

Programa é destinado a alunos da rede estadual que residem em áreas de vulnerabilidade social

Cristiane Soares/Poupança Jovem
Durante a Ação Global, em Betim, Cantinho da Leitura arrecadou cententas de livros
Durante a Ação Global, em Betim, Cantinho da Leitura arrecadou cententas de livros

A mobilização dos alunos do Poupança Jovem de Sabará e Esmeraldas resultou na doação de quase 1.200 livros literários para os moradores de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. As obras foram disponibilizadas durante a Ação Global, realizada no último sábado (5). O Cantinho da Leitura ainda contou com os estudantes como voluntários. “É a primeira vez que participo da Ação Global. Vejo que valeu a pena ter coletado os livros, pois muitos deles, que ficam parados em nossas casas, serão úteis para outras pessoas”, destacou a estudante Adriele Fernanda, de 17 anos.

A coordenadora do Processo Estratégico Poupança Jovem em Esmeraldas, Marilane Rodrigues, garantiu que a iniciativa não vai se resumir à Ação Global. “A partir dessa ideia, o Poupança Jovem de Esmeraldas criará um espaço na biblioteca municipal da cidade e outro na Associação Nossa Senhora Aparecida. Vamos potencializar a ação que, com certeza, vai ajudar os jovens a pontuarem no cardápio de atividades”, ressaltou.

Criado em 2007, e coordenado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), o Poupança Jovem é destinado a estudantes do ensino médio público estadual que residem em municípios com alto índice de evasão escolar e vulnerabilidade social. Ao final dos três anos, o jovem aprovado e concluinte das atividades do Poupança Jovem tem direito ao saque da bolsa, no valor de R$ 3 mil.

Combate à violência contra a mulher

O Conselho Estadual da Mulher (CEM), vinculado à Sedese, também aproveitou a Ação Global para sensibilizar a população a denunciar casos de violência contra a mulher, por meio do Disque Direitos Humanos (0800 031 11 19).

Durante o evento, a equipe do CEM distribuiu cartilhas da Lei Maria da Penha, que prevê punições para os agressores de mulheres, divulgou as ações que têm sido desenvolvidas pelo conselho e incentivou as adesões à Campanha do Laço Branco: Homens de Minas pelo Fim da Violência contra a Mulher.

A Ação Global, promovida pela Rede Globo e pelo Serviço Social da Indústria (Sesi),  prestou uma série de serviços gratuitos à população  nas áreas de saúde, meio ambiente, cultura, esporte, lazer, cidadania e inclusão social. Os serviços foram disponibilizados por meio da mobilização de instituições públicas e privadas, bem como por profissionais voluntários.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/mobilizacao-do-poupanca-jovem-arrecada-cerca-de-1200-livros-para-distribuicao-no-acao-global/

Governo de Minas: fiscalização do DER retira de circulação 27 ônibus reprovados em vistoria

O órgão estadual também fechará o cerco ao transporte clandestino em Minas Gerais

Bernadete Amado
A Operação Esmeraldas, que foi realizada na rua Tupinambás, em Belo Horizonte, vistoriou 40 veículos
A Operação Esmeraldas, que foi realizada na rua Tupinambás, em Belo Horizonte, vistoriou 40 veículos

O Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG) realizou, na manhã desta segunda-feira (7), operação denominada Esmeraldas, nas linhas do sistema metropolitano que transitam na rua Tupinambás, próximo ao shopping popular, na região Central de Belo Horizonte. A ação resultou na retirada de circulação 27 ônibus e foi deflagrada em função de reclamações dos usuários.

A operação Esmeradas, que foi realizada das 6h da manhã até o início da tarde, surpreendeu os concessionários das empresas de transporte regular intermunicipal. Foram abordados 40 veículos, dos quais 27 retirados de circulação em função de problemas como: ausência de suspensão e amortecedores, para-brisas trincados, pneus carecas, vazamento de óleo no sistema de roda, motor e caixa de marcha, extintores descarregados, veículos sem barra estabilizadora e sem disco tacográfico, roletas sem lacres, entre outros problemas detectados pelos fiscais do DER/MG.

Na avaliação do diretor de Fiscalização do DER/MG, João Afonso Baeta Costa Machado, “a reprovação de 66% dos ônibus é um sinal de alerta para que as empresas melhorem a qualidade do serviço ofertado”.

Sempre que o DER/MG recebe denúncias, por meio de e-mail ou pela central de telefone 155 / opção 6, referente a algum veículo de transporte regular, este é retirado de circulação e são vistoriadas as condições de higiene, conforto dos assentos, treinamento do motorista, suspensão, direção, freios e parte elétrica.

Transporte Clandestino

“O DER não vai dar trégua aos transportadores clandestinos que atuam em Minas Gerais”, afirmou Baeta. Durante a semana que passou, o diretor de Fiscalização do órgão visitou promotores e autoridades das cidades de Pirapora, Montes Claros e Diamantina para juntos planejarem o aumento e a intensidade das blitze nas regiões.

Para fechar ainda mais o cerco ao transporte clandestino, João Baeta percorrerá desta segunda (7) até quarta-feira (09/05), os gabinetes de promotores, juízes e agentes de trânsito de cidades polo das regiões do Jequitinhonha/Mucuri e Rio Doce. “Com o apoio das entidades visitadas, o DER parte agora para planejar ações simultâneas, coordenadas e ostensivas nas rodovias onde há maior incidência de transporte clandestino”, acrescentou o diretor.

O DER/MG de posse de dados coletados e a inclusão de fiscais infiltrados como passageiros dentro dos veículos clandestinos, utilizará de táticas de inteligência, onde o transportador ilegal nunca saberá o ponto que será abordado por uma blitz.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/fiscalizacao-do-der-retira-de-circulacao-27-onibus-reprovados-em-vistoria/

Governo de Minas: Grupo de teatro Saúde em Cena conscientiza crianças e jovens em Uberaba

Apresentação foi realizada durante a ExpoZebu

Sara Braga / SES
Atores apresentaram peça teatral para jovens e crianças que visitaram a exposição
Atores apresentaram peça teatral para jovens e crianças que visitaram a exposição

A fim de mobilizar o público da Expozebu contra a Dengue, em Uberaba, Triângulo Mineiro, o grupo de teatro Saúde em Cena, da Secretaria de Estado de Saúde (SES), apresentou-se no sábado (05) para universitários e crianças, no salão nobre da Associação Brasileira de Criadores de Zebu (ABCZ).

Formado por Kátia Báo, Alexandre Almeida, Léo Duarte, Teresa Andrade e Susan Prado, todos funcionários voluntários da SES, o grupo apresentou “Os Três Mosquiteiros”, uma adaptação do livro “Os Três Mosqueteiros” de Alexandre Dumas. Na peça, Athos, Porthos e Aramis se unem para combater Milady Gaga Dengue e seu marido Milord Dengue Gianechinni, dois mosquitos Aedes aegypti que querem se tornar famosos, além contaminar todo o mundo com a dengue.

“A interação do grupo com as crianças foi excelente. Além disso, enriqueceu o a visita técnica que os universitários fazem, através de intercâmbio cultural na Expozebu”, disse a secretária executiva da ABCZ, Goretti dos Santos.

Além de assistirem vídeos e palestras sobre melhoramento genético, os estudantes puderam se surpreender com o humor do grupo de teatro na abordagem sobre a Dengue.

Maria Risso, de cinco anos, assistiu à peça e mostrou que aprendeu tudo. “Foi muito legal. Aprendi que não pode deixar água parada senão o mosquitinho da Dengue vai querer pegar todo mundo”, contou.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/grupo-de-teatro-saude-em-cena-conscientiza-criancas-e-jovens-em-uberaba/

Governo de Minas: compras do Dia das Mães podem render prêmios aos contribuintes mineiros

Ao pedir a nota fiscal, consumidor contribui com arrecadação e pode se inscrever no Torpedo Minas Legal

O Dia das Mães será no próximo domingo (13) e os consumidores mineiros estão animados para presentear as mães esse ano. A Secretaria de Estado de Fazenda lembra que todo cidadão deve pedir a nota fiscal ao fazer suas compras já que, além de contribuir para o aumento da arrecadação, o consumidor também pode concorrer a prêmios de até meio milhão de reais, participando da promoção Torpedo Minas Legal.

Segundo a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Minas Gerais (Fecomércio-MG), cerca de 86% das pessoas pretendem comprar presentes, indicador mais otimista dos últimos cinco anos na capital mineira. Na comparação com o ano passado, a quantidade de consumidores dispostos a comprar subiu 26,47%.

De acordo com 41,9% dos entrevistados, o valor médio para os presentes deve ficar entre R$ 50 e R$ 100. A pesquisa mostra ainda que 4,7% dos entrevistados preferem presentear com flores. Porém, o que lidera a intenção de compras são as roupas, com 38,7%, e apenas 15,7% dos entrevistados aproveitarão a redução do IPI da linha branca (geladeiras, fogões e máquinas de lavar) para presentear as mães.

O cartão de crédito segue com destaque na opção de pagamento do consumidor. A pesquisa mostrou que 54,4% dos entrevistados pretendem parcelar as compras e 33% dos entrevistados preferem pagar à vista.

Importância e benefícios do documento fiscal

A orientação da Secretaria de Estado de Fazenda é de que os consumidores peçam sempre a nota ou o cupom fiscal na hora de comprar o presente da mãe. Além de contribuir para o recolhimento dos tributos, que já estão embutidos nos preços de todas as mercadorias e serviços, o documento fiscal oferece ao consumidor o direito da troca do produto adquirido.

Técnicos da Fazenda Estadual explicam que grande parte da sociedade ainda desconhece que uma parcela do valor pago em tudo aquilo que ela consome corresponde ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). No preço das mercadorias e serviços, esse imposto é cobrado do consumidor e deve ser recolhido aos cofres públicos pelas empresas que venderam os bens. Sem a emissão do documento, o dinheiro correspondente ao ICMS não chega ao erário, diminuindo a capacidade do Governo de promover investimentos em seus programas de saúde, educação e segurança pública.

A Secretaria de Estado de Fazenda salienta ainda que nem todos os documentos emitidos pelo comércio têm validade fiscal. Se no documento houver termos como “pedido”, “controle interno”, “orçamento” ou “nota de controle”, o consumidor não estará recebendo um documento fiscal.

Atualmente, vários estabelecimentos comerciais utilizam o Emissor de Cupom Fiscal (ECF), equipamento autorizado pela Fazenda, que garante o recolhimento do imposto. Se a empresa não possuir o ECF, o consumidor deve solicitar a nota fiscal tradicional. A recusa no fornecimento do documento fiscal incorre em falta grave, possibilitando autuação do lojista ou prestador de serviços pela Receita Estadual.

Torpedo Minas Legal

Para participar do Torpedo Minas Legal, basta que o consumidor, ao efetuar as suas compras, exija o cupom fiscal e envie uma mensagem via celular para o numero 97531, informando o CNPJ constante no cupom, data e valor da compra. Em seguida, ele recebe uma mensagem informando o número com o qual ele estará concorrendo ao concurso. Ao realizar essa operação, seja qual for o valor da compra, o cidadão estará automaticamente concorrendo ao sorteio de prêmios diários, semanais, mensais e trimestrais. O custo do torpedo é de R$ 0,31 + impostos.

O consumidor cadastrado no Torpedo Minas Legal concorre diariamente a cinco prêmios no valor de 500 reais, 30 mil reais em prêmios semanais e 100 mil reais em sorteios mensais. A cada trimestre, os cadastrados concorrem ainda a um prêmio em dinheiro no valor de meio milhão de reais.

Para receber os prêmios, o consumidor terá que apresentar o cupom fiscal à organização, além de comprovar a posse ou a propriedade do celular utilizado no envio da mensagem. Outras informações sobre a campanha estão no site http://www.torpedominaslegal@mg.gov.br.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/compras-do-dia-das-maes-podem-render-premios-aos-contribuintes-mineiros/

Gestão Anastasia: qualidade na assistência é tema de curso nos municípios do Sul de Minas

Superintendência Regional de Saúde realiza capacitações de profissionais para melhorar serviços prestados pelos hospitais

Divulgação / SES
Profissionais da área de saúde puderam saber mais sobre qualidade na assistência em hospitais
Profissionais da área de saúde puderam saber mais sobre qualidade na assistência em hospitais

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Superintendência Regional de Saúde de Varginha, no Sul de Minas, promove neste mês, nos municípios sob sua jurisdição, o curso de Qualidade na Assistência. De 08 a 10 de maio, o curso será ministrado aos municípios das microrregiões de Lavras e Três Pontas. Entre 15 e 17 de maio, será a vez dos municípios das microrregiões de Três Corações e Varginha.

Numa primeira etapa, que se encerrou no último dia 26 de abril, os enfermeiros e técnicos das Vigilâncias Sanitárias dos municípios da microrregião de São Lourenço tiveram a oportunidade de participar do curso, que abordou temas como Qualidade no Hospital, Objetivo dos Centros de Material e Esterilização, Indicadores (físicos, químicos e biológicos), dentre outros. Também foram discutidas as Portarias 63/2012 e 15/2012 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

A farmacêutica, Neylan Abdo, esclareceu questões acerca do processo de limpeza de artigos médicos, focando no que é essencial. Segundo ela, “o conceito de essencial que deve ser seguido baseia-se na tríade: conhecimento, habilidade e atitude”, explica.

Para a Autoridade Sanitária da VISA/SRS Varginha, Tereza Cristina, é necessário “termos a consciência de que, somente mudando a forma de pensar e enxergar a importância da qualidade dentro dos hospitais, é que realmente teremos êxito, tanto na segurança, quanto na administração dos mesmos”.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/qualidade-na-assistencia-e-tema-de-curso-nos-municipios-do-sul-de-minas/

Gestão Anastasia: etapa Microrreginal dos Jogos Escolares de Minas será em Muriáe

O maior programa esportivo-social de Minas Gerais bateu o recorde esse ano com 686 municípios inscritos

A etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG 2012 será a partir de terça-feira (8), em Muriaé, com a participação de treze municípios: a cidade-sede, Laranjal, Rosário da Limeira, Santana de Cataguases, São Francisco do Glória, São Sebastião da Vargem Alegre, Antônio Prado de Minas,Barão do Monte Alto, Miraí, Vieiras, Patrocínio do Muriaé, Eugenópolis e Palmas. Ao todo participam alunos-atletas de 22 escolas.

A cerimônia será na quadra da Escola Estadual Olavo Tostes, localizada na Rua Dr. Marcos Tarcísio, s/nº, no bairro Barra. O evento contará com a participação do secretário de Estado de Esportes e da Juventude, Braulio Braz.

No sábado (12) serão definidas as equipes classificadas para a etapa regional do JEMG.

JEMG

O Minas Olímpica/Jogos Escolares de Minas Gerais − JEMG/2012 é o maior e mais importante programa esportivo-social de Minas Gerais. É uma competição esportiva-educacional da qual podem participar as escolas públicas e particulares de ensino dos 853 municípios mineiros.

Os Jogos acontecem em quatro etapas – municipal, microrregional, regional e estadual, os alunos-atletas são divididos em dois módulos, de acordo com a idade. Participam do módulo I os alunos de 12 a 14 anos e do módulo II, alunos de 15 a 17 anos.

Os 686 municípios inscritos no JEMG deste ano – recorde na história dos Jogos – serão divididos em 56 microrregionais, que apontarão os classificados para as etapas regionais.

No JEMG/2012 serão realizadas competições de atletismo, atletismo PCD (pessoa com deficiência) , bocha, futsal, futebol de 5, futebol de 7, ginástica rítmica, ginástica de trampolim, handebol, judô, natação, natação PCD (pessoa com deficiência),peteca, taekwondo, tênis de mesa, tênis de mesa PCD (pessoa com deficiência), tênis em cadeira de rodas, vôlei, vôlei sentado e xadrez, nos naipes masculino e feminino.

A etapa regional acontece em seis municípios do Estado, no período de 25 a 30 de junho de 2012. Além das modalidades coletivas, participam os alunos-atletas do atletismo.  A etapa estadual será de 06 a 11 de agosto de 2012.

Números do programa em 2012

•             Mais de 160 mil alunos

•             Oito mil professores

•             16 mil profissionais envolvidos

•             Três mil empregos diretos

•             Oito mil indiretos

•             Cerca de 500 mil espectadores

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/etapa-microrreginal-dos-jogos-escolares-de-minas-sera-em-muriae/