Gestão em Minas: cinema 3D em penitenciária para alunos com bom desempenho escolar

A atividade foi elaborada para premiar os detentos que tiveram bom desempenho ENEM

Divulgação/Seds
Para promover o cinema, a unidade contou com a parceria do colégio João XXIII
Para promover o cinema, a unidade contou com a parceria do colégio João XXIII

Dezenove detentos da Penitenciária Professor Ariosvaldo Campos Pires, em Juiz de Fora, na Zona da Mata, tiveram uma tarde diferente nesta sexta-feira (27). Em parceria com o Colégio de Aplicação João XXIII, da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), a unidade promoveu uma sessão de cinema 3D, com exibição do filme “Homem de Honra” e com direito a pipoca e refrigerante. A atividade foi elaborada para premiar os detentos que tiveram bom desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), no supletivo e nas Olimpíadas de Matemática do ano passado.

De acordo com a diretora da penitenciária, Ândrea Valéria Andries, a ideia é montar alguma atividade diferente sempre que houver bons resultados dos presos na escola. “Acho que vai incentivar o estudo e eles vão se lembrar que foram valorizados por conta do desempenho que apresentaram”, disse.

Hoje há quase 300 detentos estudando enquanto cumprem pena na Ariosvaldo Campos Pires. Dessa vez, participaram do cinema três detentos que obtiveram boa pontuação no ENEM, dez que foram aprovados em algumas disciplinas do supletivo e seis que passaram para a segunda etapa da Olimpíada de Matemática, que aconteceu no segundo semestre do ano passado. A pedagoga da unidade, Viviane Alves de Freitas, lembra que, nas Olimpíadas, não há um exame específico para o sistema prisional. “A mesma prova aplicada em outras escolas é aplicada aos presos”, disse.

Para promover o cinema, a unidade contou com a parceria do colégio João XXIII, que montou o telão e o projetor para exibição do filme e levou os óculos 3D. No que depender da diretoria da unidade, a parceria tende a se estender para outras atividades. “Pensei em algo que pudesse deixá-los entender como funciona uma câmera e o que eles podem fazer com ela. A ideia é fazer brotar a curiosidade, a sensibilidade. Estou estudando o projeto para ver o que eles podem filmar”, contou a diretora geral.

De acordo com a Lei de Execução Penal (LEP), o estudo dá aos detentos direito à remição da pena, que é reduzida em um dia a cada 12 horas de frequência escolar.

Fonte: http://www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/cinema-3d-em-penitenciaria-para-alunos-com-bom-desempenho-escolar/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s