Governo de Minas: taxa de desemprego na RMBH é a menor já registrada para o mês de março

Número de desempregados tem ligeira alta em relação a fevereiro, mas é o mais baixo desde 1996

A taxa de desemprego na Região Metropolitana de Belo Horizonte passou dos 5,1% registrados em fevereiro para 5,4% em março. Apesar do acréscimo, o número é o menor relativo ao mês de março, de acordo com a série histórica iniciada em 1996. Os dados são parte da Pesquisa de Emprego e Desemprego na Região Metropolitana de Belo Horizonte (PED-RMBH) e foram divulgados nesta quarta-feira (25) pela Fundação João Pinheiro, Dieese, Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete) e Fundação Seade.

Entre as sete Regiões Metropolitanas avaliadas pela PED (Distrito Federal, Fortaleza, Porto Alegre, Recife, Salvador e São Paulo), a de Belo Horizonte mantém a menor taxa de desemprego pelo 9º mês consecutivo.

O número de ocupados teve queda de 22 mil pessoas (1,0%) em relação a fevereiro e 15 mil pessoas deixaram de fazer parte do mercado de trabalho, o que resultou no acréscimo de 7 mil pessoas no número de desempregados (5,6%). No período, o tempo médio de procura por trabalho foi de 26 semanas, duas a menos em relação a fevereiro.

“Este também é o menor tempo médio de procura já registrado desde o início da série histórica. Em julho de 2004 chegamos a apresentar média de 70 semanas. Hoje, metade das pessoas que estão à procura de emprego encontram em apenas 13 semanas”, analisa a coordenadora da PED pelo Dieese, Gabrielle Selani.

Setores

Na comparação com o mês de fevereiro, o agregado “outros setores” registrou aumento de 3.000 mil empregos, enquanto que o contingente de ocupados na construção civil permaneceu estável. Em movimento contrário, comércio e indústria sofreram reduções de 10 mil vagas cada e o setor de serviços, de 5 mil.

Segundo a pesquisa, entre março de 2011 e março de 2012, houve acréscimo de 61 mil postos de trabalho no setor privado (4,9%). Foi registrada ainda relativa estabilidade no emprego público (alta de  0,3%) e o número de assalariados com carteira de trabalho assinada aumentou em 63 mil (5,7%). No período analisado, o número de empregados domésticos decresceu em 11 mil (7,0%).

“Os setores de serviços e da construção civil destacam-se com crescimentos significativos quando comparados a março do ano passado. São setores muito importantes para a economia da RMBH e ocupam atualmente cerca de 1,4 milhão de pessoas”, observa Selani.

Rendimentos

Em fevereiro, o rendimento real médio dos ocupados foi estimado em R$ 1.441, redução de 2,7% em comparação com janeiro. Já no setor privado, foi observado aumento no salário médio do comércio (2,7%) e reduções no setor de serviços (5,4%) e na indústria (3,8%).

Perspectivas

Para o secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, os números apontados são um bom indicativo de que o desemprego vai permanecer estável. “Não podemos almejar taxas mais baixas, pois há jovens em busca do primeiro emprego ou trabalhadores que estavam inativos e estão retornando ao mercado de trabalho, por exemplo, e que sempre contarão na taxa de desemprego. Mas estamos realmente felizes por termos os melhores números em todo o país”, afirmou.

Gabrielle Selani também avalia que a atual taxa de desemprego da RMBH está bastante positiva, não há espaço para uma grande redução.  “É normal haver uma pequena elevação nos meses iniciais do ano e, caso não haja surpresas na economia ao longo de 2012, as taxas poderão, inclusive, diminuir no segundo semestre”, conclui.

Fonte: http:// www.agenciaminas.mg.gov.br/noticias/taxa-de-desemprego-na-rmbh-e-a-menor-ja-registrada-para-o-mes-de-marco/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s