Anastasia se destaca em debate da Record e reafirma compromisso de ampliar ações de Aécio Neves

Em debate, Anastasia relaciona avanços em Minas ao bom planejamento

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Anastasia afirma que avanços de Minas acima da média nacional são frutos do bom planejamento do Estado e de parcerias com a sociedade

Em debate da Record, governador pede que os mineiros aproveitem os últimos dias antes da eleição de 3 de outubro para conhecer as propostas de todos os candidatos

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, destacou no debate da Rede Record, realizado na noite desta segunda-feira (20/09), que os avanços sociais e econômicos registrados em Minas Gerais, acima da média nacional, foram possíveis em razão do bom planejamento das ações e da parceria do Estado com os municípios mineiros e com a sociedade civil organizada. Anastasia destacou que os bons resultados de Minas Gerais foram reconhecidos tanto pelo governo federal quanto por organismos de fomento internacional e, principalmente, pela própria população do Estado.

“O maior reconhecimento é dos mineiros que nos aplaudem. E a minha candidatura surge exatamente com esse objetivo: continuar com esses avanços, com esse trabalho começado com Aécio Neves. É uma candidatura nascida em Minas, de Minas e para Minas. E gostaria de dizer que esses resultados, que devemos compartilhar com todos, estão aí e todos os mineiros conhecem e são testemunhas. Tivemos resultados para as pessoas. Acredito, sinceramente, que isso faz a diferença. As pessoas sentirem que o governo olha para elas”, disse Antonio Anastasia.

O governador lembrou que governo federal, por meio do Ministério da Educação, colocou Minas Gerais em primeiro lugar no ranking da educação básica no Brasil no último ano. Da mesma forma, o Ministério do Trabalho, apontou o grande crescimento do número de carteiras assinadas no Estado e o Banco Mundial, que transformou o exemplo de administração pública dos governos Aécio Neves e Antonio Anastasia em modelo em gestão pública.

“Este é um projeto vitorioso, que vem recebendo reconhecimento de todos os mineiros em diversos setores. Fizemos o governo transformador, ético, ousado, corajoso e empreendedor. Um governo baseado no binômio: planejamento e parceria. Planejamento porque sabemos que é um passo após o outro, e parceria com o governo federal, com os governos municipais, inclusive com prefeituras que não nos apoiam, com a sociedade civil, com os empresários. E conseguimos em razão disso um grande reconhecimento”, afirmou.

Durante o debate, Anastasia pediu aos eleitores mineiros que analisem bem as propostas de todos os candidatos antes da eleição, no dia 3 de outubro. Ele destacou a importância dos mineiros saberem que, verdadeiramente, tem condições de conduzir Minas Gerais no caminho dos avanços sociais e da boa gestão dos recursos públicos. Anastasia tem comparecido a todos os debates promovidos pelas emissoras de TV e universidades por acreditar que a discussão de ideias é fundamental para o eleitor conhecer suas propostas. “Peço a atenção de cada eleitor, porque é muito fácil falar. Fazer já não é tão fácil. Temos autoridade moral de quem realizou muito por Minas Gerais. Volto a dizer: ainda há muito a fazer. Sou candidato para continuar fazendo, avançando. Peço de maneira muito carinhosa e verdadeira o voto, mas mais do que o voto, eu ouso pedir a convicção, confirmando que o nosso nome é aquele que tem condições de levar Minas Gerais a um novo patamar. A um patamar de desenvolvimento, de inclusão social e de progresso e de prosperidade”, afirmou o governador.

Revitalização do Rio São Francisco
O governador Antonio Anastasia citou o Rio São Francisco para demonstrar a diferença do projeto de sua coligação em relação a outros candidatos. Ele lembrou que, enquanto o governo federal priorizou o projeto de transposição das águas do Velho Chico, o Estado, nos governos de Aécio e Anastasia, investiu R$ 1,4 bilhão na revitalização do trecho mineiro da Bacia do São Francisco e de seu principal afluente, o Rio das Velhas. Este valor é superior a previsão de gasto do governo federal para toda a extensão do rio, de sua nascente à sua foz.

“Investimos na revitalização do Rio das Velhas, a qualidade da água já melhorou muito, os peixes voltaram e temos certeza que vamos avançar bastante. A chamada Meta 2010 foi cumprida e, agora, estamos propondo em nosso Plano de Governo, a Meta 2014 para melhorarmos ainda mais a qualidade das águas próximo à Região Metropolitana de Belo Horizonte. O São Francisco, em sua bacia, é uma das grandes riquezas de Minas Gerais e do Brasil. Devemos tomar muito cuidado e muita atenção. E nós mineiros temos a responsabilidade e o dever de tomar conta dele e defendê-lo”, disse Antonio Anastasia.

Empregos
O governador aproveitou o debate para apresentar alguns dos 365 compromissos de seu Plano de Governo para os próximos quatro anos. Antonio Anastasia afirmou que pretende desenvolver programas e ações para fomentar a criação de empregos em Minas Gerais. Para ele, o emprego de qualidade é o melhor caminho para o Estado manter os seus indicadores sociais e econômicos acima da média nacional.

“Eu quero ser reconhecido como governador que cria empregos. Porque o emprego, na verdade, está na base do desenvolvimento social e econômico. Temos que nos esforçar muito para gerar empregos de qualidade em Minas. O poder público tem a obrigação de criar a infraestrutura necessária, ter a educação, as estradas, os incentivos de créditos, de tributos para chamar novas empresas para Minas Gerais. Isso tudo gerando empregos, empregos de qualidade. Com bons empregos, tenho certeza, Minas avançará ainda mais”, disse o governador.

Descentralização da Saúde
Antonio Anastasia lembrou que o Governo de Minas obteve importantes avanços no campo da saúde, a partir da descentralização do atendimento, que incluíram por meio do ProHosp a construção e investimentos na aquisição de equipamentos para 128 hospitais regionais do Estado. Além disso, foram construídas 1.600 Unidades Básicas da Saúde e o Estado tem atualmente o maior número de equipes do Programa Saúde da Família (PSF). O governador afirmou que o grande esforço do seu Plano de Governo é aproximar, cada vez mais, a população aos serviços de saúde, com a construção de hospitais regionais que ofereçam atendimento de média e alta complexidade.

“Nos últimos oito anos, sob o ponto de vista objetivo, esta política representou uma melhora dos indicadores, como a mortalidade infantil que caiu em Minas 22%. Na esfera estadual, o nosso grande esforço será levar cada vez mais a saúde para mais perto das pessoas. Por isso, vamos investir na construção de hospitais regionais, como o de Uberlândia, que está praticamente concluído, e realizar diversas parcerias com as prefeituras para termos as melhores condições”, afirmou o governador.

Antonio Anastasia afirmou ainda que o Estado priorizará ações de prevenção à saúde, por meio de programas específicos, como o Viva Vida, que garante atendimento às mulheres durante a gestação, e o Farmácia de Minas, que fornece remédios gratuitamente à população.
“Temos que ter uma atividade também preventiva, através, por exemplo, do Viva Vida, que se refere às gestantes. No projeto relativo à Farmácia de Minas,  aumentamos a produção de remédios gratuitos de 300 milhões de unidades para 1 bilhão de unidades. Tudo isso significa uma melhora, mas sou o primeiro a reconhecer a necessidade de avançarmos mais através dessa descentralização e trazer a saúde cada vez mais próximo das pessoas”, disse Antonio Anastasia.

Educação
Para o governador, a política de valorização do profissional da educação foi fundamental para que o Estado obtivesse o primeiro lugar no Brasil, pelo Índice de Educação Básica (Ideb), divulgado pelo Ministério da Educação. Ele também apresentou o programa Professor da Família, que está previsto em seu Plano de Governo.

“A educação mineira é de excelência. Conseguimos o primeiro lugar no Brasil na educação básica e o terceiro no ensino médio. As Olimpíadas de Matemática, os nossos alunos ganham todas. Vou continuar valorizando firme a educação porque sou o primeiro a reconhecer a sua importância, recuperando as escolas, investindo em novas metodologias de ensino, criando o programa Professor da Família que vai ajudar aqueles alunos que estão em situação pior. Então, isso é fundamental, investir na educação e, também, é claro, nos professores e em toda rede pública de ensino”, disse o governador.

Valorização dos servidores
Anastasia lembrou das conquistas históricas dos servidores públicos nos últimos anos do Governo do Estado. Ele ressaltou que a valorização do funcionalismo, em especial da educação, continuará sendo prioridade no seu segundo governo, caso reeleito.

“A questão dos servidores é uma prioridade absoluta em qualquer governo e do meu governo em especial, até porque eu sou servidor público de carreira do Estado, professor e filho de professora do Estado de Minas Gerais. Em primeiro lugar, vamos lembrar também que no início do nosso governo, depois de 20 anos, nós conseguimos colocar o pagamento em dia, conseguimos pagar o 13º em dia, criamos o adicional de produtividade, que é um 14º salário; criamos os planos de carreira, pagamos as verbas retidas, colocamos a casa em ordem. E os funcionários são testemunhas do que havia no passado e do que existe hoje”, disse Anastasia. E completou: “sempre digo, conceder o reajuste é excelente, mas temos também de ter condições de pagar o reajuste e não voltar ao passado, com atraso do pagamento, o não pagamento do décimo terceiro. Eu sou o aliado número um da educação, por ser professor e ter grande amor pelo tema”.

Em Pirapora, Anastasia afirma que dará continuidade à política de Aécio de ampliar parcerias com municípios para reduzir desigualdades

Parcerias com municípios reduzirão desigualdades em MG, diz Anastasia

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Em Pirapora, governador garante que, reeleito, o maior desafio de seu próximo governo será gerar mais empregos para os mineiros. Aécio e Itamar vão a Várzea da Palma e assistem de perto os resultados das parcerias do Estado com a administração municipal

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, afirmou, nesta segunda-feira (20/09), em Pirapora (Norte de Minas), que dará continuidade às parcerias com os municípios mineiros para realizar investimentos sociais com foco na redução das desigualdades regionais. Ao lado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal, Anastasia destacou a parceria entre o Governo de Minas e a Prefeitura de Pirapora na implantação de um conjunto de obras de infraestrutura e sociais fundamentais para a cidade, como a construção do centro de convenções, a modernização do hospital municipal e a ampliação do aeroporto.

“Realizamos ao longo dos últimos anos, aqui em Pirapora, numa parceria muito boa com o prefeito e com as lideranças, grande obras, feitas ao tempo do governador Aécio Neves e agora sob minha responsabilidade. O centro de convenções, toda a parte de saúde, o hospital, mas vamos continuar essas parcerias, melhorando a infraestrutura urbana, com toda a urbanização, como também do aeroporto, que é uma demanda importante aqui da cidade”, afirmou Antonio Anastasia, em entrevista.

Infraestrutura adequada
As obras realizadas pelo Governo de Minas em Pirapora, nos últimos oito anos, deram um salto no desenvolvimento do município. Foram mais de R$ 13 milhões em sete obras, que incluíram a construção do Hospital Municipal Dr. Moisés Magalhães Freire (R$ 7,5 milhões) em 2007; a construção do Centro de Convenções José Geraldo Honorato Vieira (R$ 4,4 milhões), que foi concluído em 2008 e é o único da região, além da reconstrução do dique de contenção na margem direita do Rio São Francisco (R$ 833 mil).

Além disso, o Governo de Minas incluiu o Aeroporto de Pirapora no ProAero, programa do Estado que tem o objetivo de garantir que nenhuma cidade mineira esteja a uma distância superior a 100 quilômetros de algum aeroporto. A reforma foi orçada em R$ 7,6 milhões e está aguardando licitação.

O prefeito de Pirapora, Warmillon Braga (DEM), destacou que a parceria com o Governo de Minas, com Aécio e Anastasia, foi fundamental para que o município passasse a oferecer melhor atendimento à população nos serviços de saúde e infraestrutura.

“Minas está dando certo e o nosso apoio a Anastasia se dá não apenas por gratidão a tudo o que ele fez, mas também por tudo que só ele poderá fazer. Tivemos muitas obras realizadas aqui no município, a construção do Hospital regional, do centro de convenções, a pavimentação de avenidas importantes e de dez novas unidades de saúde”, disse o prefeito.

Terminal Intermodal
Um dos principais projetos desenvolvidos na região foi a criação de um corredor logístico para o escoamento de grãos para a exportação, interligando a região Noroeste de Minas, uma das que mais crescem no país, ao Terminal de Produtos Diversos (TPD), em Vitória (ES), oferecendo para a região melhores condições de competitividade à produção local. O Terminal Intermodal de Pirapora (TIP) foi inaugurado no ano passado, a partir de uma parceria firmada entre a Vale, por meio de sua controlada Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) e o Governo de Minas Gerais. A FCA foi a responsável pela recuperação e capacitação do corredor ferroviário e na aquisição de vagões e locomotivas para atendimento à demanda.

Já o Governo de Minas realizou as obras de infraestrutura necessárias à ampliação da fronteira agrícola, pavimentou rodovias, no total de 220 quilômetros e passou a oferecer linhas de financiamento com recursos administrados pelo Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) para a FCA e parceiros.

Plano de Governo
O Plano de Governo de Antonio Anastasia para os próximos quatro anos prevê o programa Minas Logística, que pretende aproveitar a malha ferroviária instalada em Minas Gerais para o transporte de produtos de alto valor agregado. Além disso, a ideia é ampliar o corredor de transporte com a construção do ramal ferroviário ligando Unaí a Pirapora, que depende de apoio do governo federal e da iniciativa privada.

Antonio Anastasia reafirmou que, a partir de agora, o maior desafio é aprofundar a parceria para atrair mais empresas para o município e gerar mais empregos. De 2003 a 2010, o Governo de Minas conseguiu atrair R$ 180 milhões em investimentos públicos e privados nos setores têxtil, serviços, saúde, metalurgia e infraestrutura.

“Vamos continuar nos esforçando muito para trazermos o que é mais importante: empregos de qualidade para Pirapora e região”, afirmou Antonio Anastasia.

Em Pirapora, Anastasia, Aécio e Itamar foram recebidos no aeroporto pelo prefeito Warmillon Braga. Eles seguiram em carreata, acompanhada por dezenas de carros, pela avenida Brasil, Praça Tancredo Neves, ruas Felipe Sampaio, Antônio Nascimento, rua Teófilo Barbosa até a Praça Cariris, onde fizeram uma pequena caminhada e corpo a corpo com eleitores. Antes de Pirapora, os candidatos fizeram campanha também em Januária.

Várzea da Palma
Após a visita a Pirapora, Aécio Neves e Itamar Franco se deslocaram para Várzea da Palma, também no Norte de Minas. Eles foram recebidos por prefeitos e lideranças políticas da região e fizeram carreata e caminhada na cidade.

O prefeito de Várzea da Palma, Luiz Antonio Pulchério (DEM), ficou emocionado em receber dois importantes políticos de Minas. Ele afirmou que foi uma ótima oportunidade para apresentar os resultados da parceria do município com o Governo do Estado.

“A visita de Aécio e Itamar é uma consagração para Várzea da Palma. São homens importantes para Minas Gerais. Tivemos a oportunidade de mostrar a eles que na nossa gestão se aplica realmente os recursos que o Estado manda, que não há desvios, que todos aqui são honestos e trabalhadores”, afirmou.

Para o ex-governador Aécio Neves, a receptividade dos candidatos no Norte de Minas demonstra que a população reconhece o trabalho que foi realizado ao longo dos últimos oito anos e quer que estes avanços tenham continuidade, sempre em parceria com os prefeitos.

“Há uma percepção clara em Minas Gerais, hoje, de que o projeto de governo que realizamos ao longo dos últimos oito anos precisa ter continuidade. Minas é o Estado que mais se desenvolve no Brasil, econômica e socialmente. Esta região viu como é importante a parceria entre município e Estado. Foram feitos investimentos em todas as áreas e queremos continuar estes investimentos, com o governador Antonio Anastasia no Governo do Estado e o senador Itamar Franco, que vai nos ajudar a fazer com que a voz e os interesses de Minas Gerais sejam defendidos”, afirmou Aécio Neves.

Nanuque
A agenda de campanha dos candidatos ao Senado previa também hoje uma visita ao município de Nanuque, localizado no Vale do Jequitinhonha. No entanto, devido ao mau tempo, a aeronave que levaria os dois candidatos ficou impedida de aterrissar.

Prefeitos do PT e PMDB garantem apoio a Anastasia e Aécio como reconhecimento às ações republicanas do Governo de Minas

Governador Antonio Anastasia recebe manifesto de prefeitos do PT e do PMDB em reconhecimento à parceria administrativa do Estado com os municípios

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Documento foi entregue durante encontro em BH da Frente Mineira dos Municípios

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, recebeu nesta segunda-feira (20/09), um manifesto assinado por 48 prefeitos do PMDB e do PT em reconhecimento ao relacionamento imparcial e respeitoso mantido pelo Governo do Estado com os municípios mineiros nos últimos oito anos. O manifesto foi entregue durante encontro que reuniu, em Belo Horizonte, cerca de 50 prefeitos integrantes da Frente Mineira de Prefeitos, um movimento espontâneo iniciado durante a campanha eleitoral e que reúne líderes municipais de diferentes partidos e de todas as regiões do Estado.

“O nosso movimento é muito natural, vem das raízes de Minas, da vontade do povo mineiro. Nós temos muito claro que somos representantes do povo mineiro. A nossa população, os nossos munícipes, querem que os avanços continuem, que Minas continue pra frente”, disse o presidente da Frente Mineira de Municípios, o prefeito de São Gonçalo do Pará Ângelo Roncalli (PR).

Em carta aberta assinada por prefeitos do PT e do PMDB, o governador Anastasia recebeu homenagem pela maneira pela postura republicana adotada na aplicação dos investimentos e nas ações desenvolvidos pelo Governo do Estado, sem qualquer discriminação política ou partidária. Eles destacaram a importância das parcerias administrativas mantidas com o Governo de Minas, sobretudo, nas regiões mais pobres do Estado.

“Somos testemunhas do admirável poder transformador dos investimentos sociais realizados pela administração estadual e que estão mudando, de forma marcante, a vida da população”, diz o manifesto dos prefeitos de partidos de oposição. No documento, eles afirmam também que “o debate eleitoral deve ser feito com respeito à realidade e à verdade.”

O governador Anastasia recebeu o manifesto e reafirmou os compromissos do Estado com os investimentos sociais e de infraestrutura, capacitando as diversas regiões mineiras para o crescimento econômico.

“Fico muito satisfeito e muito honrado em receber aqui esse manifesto de reconhecimento de prefeitos do PT e do PMDB, que reconhecem o que é a nossa realidade. Ou seja, que tratamos durante todo esse período os prefeitos, independente de corpo partidário, todos da mesma forma, e realizamos um grande trabalho de políticas públicas em Minas. Eles reconhecem o que foi feito, como todos os mineiros”, disse o governador.

Reconhecimento dos mineiros
Anastasia destacou também que a manifestação dos prefeitos reflete o reconhecimento da população aos avanços ocorridos na educação, saúde, segurança e nas ações sociais em Minas.

“Basta ter os olhos abertos para ver o que avançamos na saúde, na educação, na segurança, na infraestrutura. Evidentemente, avançamos muito, não fizemos tudo, todos os governos têm sempre a fazer e vamos continuar fazendo. Por isso, a nossa proposta da continuidade com avanços. Mas, fico orgulhoso com o reconhecimento desses prefeitos de partidos que nos fazem oposição, mas que reconhecem os méritos do nosso governo”, afirmou o governador.

O prefeito de Leandro Ferreira, Edson Corrêa de Freitas(PMDB), que assinou o manifesto, disse que seu ato foi um reconhecimento à ação do Estado em benefício da população.

“É um voto de reconhecimento. A minha cidade é uma das 223 cidades que não tinham ProAcesso. Vim agradecer pelo que já fizeram. Minas avançou muito. Primeiro é o meu município, depois é que vem a sigla partidária”, declarou o prefeito.

O prefeito de Central de Minas, Gilmar Dornelas (PT), ressaltou que o município localizado no Vale do Rio Doce não sofreu qualquer discriminação pelo Governo do Estado em razão de sua filiação partidária.

“Minha cidade é uma cidade pequena. Sou presidente de uma associação de prefeituras e sempre que a gente vem e traz problemas, leva de volta soluções. Sempre fui tratado com o mesmo respeito, nunca teve diferenciação e isso é importantíssimo para o crescimento da nossa região”, disse Dornelas.

Datafolha confirma reconhecimento dos avanços em Minas, diz Anastasia

Antonio Anastasia diz que pesquisa Datafolha confirma reconhecimento dos mineiros aos avanços do Governo de Minas

Fonte: Coligação ” Somos Minas Gerais”

Na Zona da Mata, governador afirmou que continuará percorrendo o Estado para apresentar à população as melhores propostas para governar Minas Gerais

O governador Antonio Anastasia, candidato à reeleição, afirmou, nesta sexta-feira (17/09), na Zona da Mata, que a liderança nas pesquisas, apontada hoje pelo instituto Datafolha, confirma o reconhecimento dos mineiros ao trabalho realizado pelo Governo de Minas, ao lado de Aécio Neves, nos últimos anos. Em Goianá, Antonio Anastasia destacou que a tendência de crescimento nas pesquisas reflete o desejo dos mineiros na continuidade dos avanços em Minas.

A nova pesquisa Datafolha, divulgada hoje, confirmou a liderança de Antonio Anastasia na preferência dos eleitores mineiros, já apontada na semana passada, pelo Ibope. Na pesquisa, o governador assumiu a liderança com 40% das intenções de votos na disputa pelo Governo de Minas, mostrando crescimento de 23 pontos percentuais em pouco mais de um mês. Os números comprovam que é cada vez maior o reconhecimento da população pelo trabalho desenvolvido por Anastasia, nos últimos oito anos, ao lado do ex-governador Aécio Neves.

“Em pouco mais de um mês, aumentamos 23 pontos e nosso adversário caiu 7 pontos. Estamos à frente. Mas o mais importante não é tanto o número em si. É a tendência, a demonstração do nosso crescimento. E esse crescimento se deve, em primeiro lugar, ao reconhecimento dos mineiros ao trabalho que foi feito ao longo dos últimos anos, no Governo Itamar, no Aécio e agora no meu governo, e que há um reconhecimento que este trabalho foi bem feito. E por isso deve continuar. Claro, sempre com avanço, sempre com inovações”, afirmou Antonio Anastasia.

O Datafolha confirma que desde o início de agosto, a candidatura de Antonio Anastasia tem crescido permanentemente entre os eleitores. Na pesquisa realizada entre os dias 9 e 12 de agosto, Anastasia tinha 17% das intenções de voto. Nos números divulgados no dia 27 do mês passado, ele tinha 29%, passou para 35% na medição de 3 de setembro e atingiu 36% no dia 11 de setembro.  Agora, Anastasia já tem 40% das intenções de voto.

Mineiros querem Anastasia
Para Antonio Anastasia, os resultados refletem o sentimento observado nas viagens que vem sendo realizadas não apenas na capital e Região Metropolitana, como também pelo interior do Estado, ao lado do ex-governador Aécio Neves e do ex-presidente Itamar Franco, candidatos ao Senado Federal. Segundo Anastasia, ele manterá o empenho e o esforço para levar aos mineiros suas propostas do Plano de Governo para os próximos oito anos.

“A pesquisa reflete esse sentimento. Sentimento, aliás, que nas nossas viagens, Aécio, Itamar e eu, pelo Estado afora, na capital, na Região Metropolitana, e no interior, nas mais diversas regiões de Minas, sentimento de adesão de reconhecimento de aplauso às nossas propostas. Fico muito estimulado. Mas ainda e sempre com muita humildade, com muito esforço, com muito empenho. Vamos continuar com essa mesma estratégia, porque o importante não é pesquisa, é eleição e ganhar a eleição no dia 3 de outubro”, afirmou o governador.

Os números do Datafolha também mostram que a situação do principal adversário do governador é exatamente oposta. O candidato do PMDB, Hélio Calixto Costa, continua caindo nas pesquisas. Ele ficou estacionado durante todo o mês de agosto e, na pesquisa de hoje, apresentou queda de mais dois pontos, passando para 37%. Na pesquisa Ibope divulgada na última sexta-feira, Hélio Costa já caiu para 32%, enquanto Antonio Anastasia atingiu 41% das intenções de voto.

O número de eleitores que ainda não sabem em quem votar representa 14%, segundo o Datafolha. A nova pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 13 e 14 de setembro. Foram ouvidos 1.837 eleitores. A margem de erro é de dois pontos percentuais. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) com o número 70.959 /2010.

Coligação Somos Minas Gerais desmente Patrus Ananias e fala das ações do Programa de Combate à Pobreza Rural

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Com relação à afirmativa do candidato a vice-governador, Patrus Ananias, de que o atual Governo de Minas ficou devendo no campo social, a Coligação Somos Minas Gerais esclarece que:
Minas tem hoje o reconhecimento de especialistas em todas as áreas sociais pelos resultados que vem obtendo por meio das ações realizadas pelo Governo do Estado, todas elas viabilizadas a partir das medidas adotadas no Choque de Gestão, que permitiu ao Estado a retomada dos investimentos. Na área de assistência social stricto sensu, programas como o Travessia e o Poupança Jovem estão transformando a vida de milhares de mineiros.

O Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR), desenvolvido em parceria com o Banco Mundial, também tem criado novas oportunidades de renda para comunidades de baixo IDH no Estado. No próprio ranking elaborado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Minas foi considerada em primeiro lugar na implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Esclarecemos que, entre 2003 e 2009, o Governo de Minas investiu, em recursos próprios, R$ 4,7 bilhões em importantes ações para o desenvolvimento e redução da pobreza nas regiões mais pobres do Estado. Os Vales do Jequitinhonha e do Mucuri e o Norte de Minas receberam o maior volume de recursos do Orçamento comparativamente às demais regiões. Esses investimentos resultaram em importantes avanços, como a queda de 22,4% na taxa de mortalidade infantil, queda de 55% na taxa de desnutrição no Grande Norte e redução de 26,7% no índice de pobreza.

Por fim, é importante destacar que as políticas adotadas pelo Estado na educação, saúde e segurança pública, entre outras, constituem também investimentos fundamentais na transformação das condições de vida da população mineira, representando, assim, investimentos sociais de grande relevância.

Mentira I: TSE concede direito de resposta na TV contra Hélio Costa por mentira em relação ao ICMS das mineradoras

TSE concede direito de resposta na TV para Antonio Anastasia

Fonte: Coligação “Somos Minas Gerais”

Tribunal Superior Eleitoral concede primeiro direito de resposta na disputa em Minas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concedeu, neste sábado (18/09), direito de resposta à Coligação Somos Minas Gerais, que apoia a reeleição do governador Antonio Anastasia, em razão da veiculação de informações inverídicas durante o programa do candidato Hélio Calixto Costa (PMDB). Na decisão, o ministro Marco Aurélio Mello considerou ainda que houve tentativa de induzir o eleitor a erro ao prestar  informação falsa durante o programa eleitoral de TV e no site oficial da campanha de Costa.

A decisão refere-se à informação prestada aos eleitores sobre a cobrança de impostos na atividade de exploração de minério de ferro. O ministro do TSE considerou irregular a tentativa do candidato do PMDB de responsabilizar o governador de Minas, Antonio Anastasia, pela isenção de ICMS às empresas mineradoras no Estado, quando, na verdade, o benefício foi concedido pelo governo federal.  O ministro Marco Aurélio afirmou que a falta de veracidade das informações é incompatível com o “equilíbrio que deve reinar em uma disputa eleitoral”.

“Fazer alusão a impostos incidentes sobre produtos do dia a dia do cidadão e aludir ao fato de as mineradoras, nas exportações, não recolherem tributo implica induzimento incompatível com o equilíbrio que deve reinar em uma disputa eleitoral. A equiparação mostra-se improcedente, inverídica, visto que se refere a disciplina federal – Lei Kandir, Lei Complementar nº 87, de 13 de setembro se 1996”, conclui o ministro.

O direito de resposta ao candidato da Coligação Somos Minas Gerais, primeiro a ser concedido na campanha eleitoral ao Governo de Minas em 2010, será veiculado durante o programa eleitoral de Costa, nesta segunda-feira à noite, e ainda durante dez dias no site oficial do candidato do PMDB.

“A divulgação da resposta dar-se-á no mesmo veículo, espaço, local, horário, página eletrônica, tamanho, caracteres e outros elementos de realce usados na ofensa, em até 48 horas após a entrega da mídia física com a resposta do ofendido” , diz a decisão divulgada.